76 anos depois, nem Hawking consegue explicar o mistério da sua longevidade

ntnu-trondheim / Flickr

O físico Stephen Hawking

Desafiando a ciência e as previsões que lhe davam apenas dois anos de vida quando, aos 21 anos, foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica, Stephen Hawking, o físico e cosmólogo britânico, fez nesta segunda-feira, 8 de Janeiro, 76 anos de idade.

A longevidade de Hawking é extraordinária entre pacientes de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa que causa a morte das células nervosas que controlam os movimentos musculares voluntários, nomeadamente os que envolvem a mastigação, o andar, o falar e o respirar.

Hawking foi diagnosticado com ELA quando tinha apenas 21 anos de idade e, na altura, deram-lhe apenas dois anos de vida. Contra todas as previsões, o físico atingiu a 8 de Janeiro de 2018 uns respeitosos 76 anos.

Em 1985, quando ficou doente com uma pneumonia, Hawking foi colocado em coma induzido e os médicos aconselharam a família a desligar as máquinas que o mantinham vivo. Mas a mulher, Jane, recusou-se a fazê-lo, como o próprio Hawking conta no documentário autobiográfico lançado em 2013.

“Ela recusou e fez questão que eu fosse transferido para Cambridge”, conta o cosmólogo britânico, confessando que os dias que se seguiram foram os piores da sua vida.

Foi, nessa altura, que “ganhou” a sua famosa voz gerada por computador, depois de ter sido forçado a realizar uma traqueotomia – um procedimento que implica fazer uma abertura no pescoço para permitir a passagem de oxigénio, sem o uso do nariz ou da boca.

Um ano depois desta operação, teve acesso ao programa de computador “Equalizer”, criado por Walter Woltosz para ajudar a sua sogra, que também sofria de ELA, a comunicar.

Hawking foi perdendo, gradualmente, o controlo motor sobre o seu corpo e vive agarrado a uma cadeira de rodas há décadas. Mas o seu intelecto fervilha continuamente e é, hoje em dia, um dos cientistas e das figuras públicas mais respeitadas do mundo, especialmente no campo da cosmologia.

Já escreveu vários livros, alguns dos quais são sucessos de vendas, comparece regularmente em conferências, em documentários e em programas de televisão, além de redigir trabalhos científicos. E ainda tem tempo para fazer livros infantis em parceria com a filha Lucy.

O peso da genética

O segredo para esta extraordinária longevidade de Hawking é um mistério que nem o próprio físico, conhecido como um cientista genial, consegue explicar. O facto de ter sido diagnosticado na juventude pode ajudar a explicá-la, já que a maioria dos pacientes de ELA só são diagnosticados já depois dos 50 anos, começando os tratamentos tardiamente.

“A progressão da doença varia dependendo da pessoa”, explica o Live Science, notando que a esperança média de vida de pacientes de ELA é de cerca de três anos. “Cerca de 20% das pessoas vivem cinco anos após os seus diagnósticos, 10% vivem 10 anos e 5% vivem 20 anos ou mais”, de acordo com dados da Associação de ELA norte-americana citados pela mesma publicação.

A genética pode ser um factor fundamental neste processo, já que “há mais de 20 genes diferentes envolvidos na ELA”, como nota no Live Science o director do Centro Neuromuscular do Instituto Northwell de Neurociência da Saúde, em Nova Iorque, nos EUA, Anthony Geraci.

“A ELA carrega, provavelmente, 20 ou mais doenças diferentes quando se consideram os seus fundamentos genéticos”, conclui Geraci.

SV, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “76 anos depois, nem Hawking consegue explicar o mistério da sua longevidade” – Então mas ele já estava a pensar nisso quando nasceu?

  2. Este mistério é tão grande como o gajo não mexer os músculos. Ainda assim foi passear de avião em gravidade zero e na foto está a rir que nem um louco…
    Bate record duma forma tão absurda que não há como não dar ouvidos às teorias malucas sobre ele

RESPONDER

23 ex-gestores do BPN recebem carros topo de gama do Estado

A Parvalorem atribuiu a um grupo de altos quadros da empresa, ex-responsáveis do antigo BPN, 23 "viaturas familiares" topo de gama e várias regalias associadas como o pagamento do combustível até 300 euros por mês. O …

Preços praticados pela Airbnb não cumprem lei europeia

A plataforma Airbnb tem até ao final do mês de agosto para explicar os preços que pratica, dado que violam a legislação da União Europeia. A plataforma online de reserva de alojamento tem agora até ao …

Sarcófago negro encontrado no Egito pode pertencer a Alexandre, o Grande

O maior sarcófago já descoberto na cidade de Alexandria, no Egito, vai ser aberto nos próximos dias, depois de permanecer totalmente intacto mais de dois milénios. Os especialistas têm esperanças que o artefacto negro encontrado …

Vagas no Superior com aumento residual em ano de cortes em Lisboa e Porto

O concurso nacional de acesso ao Ensino Superior volta a registar um aumento de vagas, pelo terceiro ano consecutivo, ainda que residual e em ano de corte de vagas em Lisboa e Porto, por determinação …

A primavera chegou a Marte. E com ela, as misteriosas "aranhas marcianas"

A NASA publicou fotografias de um fenómeno peculiar avistado na superfície de Marte, que se assemelha com "aranhas". As imagens foram capturas na semana passada pela câmara HiRISE, instalada a bordo da nave espacial Mars …

As pessoas estão a ficar doentes após comerem salada do McDonald's

Mais de 100 pessoas apresentaram sintomas de contaminação pelo protozoário Cyclospora cayetanensis depois de comerem a salada do McDonald's, nos Estados Unidos. Mesmo que seja com a melhor das intenções, pedir uma salada no McDonald's pode …

Descobertas 12 novas luas em torno de Júpiter

Cientistas nos Estados Unidos descobriram mais 12 luas em torno do planeta Júpiter, conjeturando que as suas órbitas opostas resultam de colisões entre outros corpos celestes maiores. Com a descoberta das luas, que foram vistas pela …

Há 3.500 anos, os egípcios já faziam cosméticos

Cientistas sintetizaram tintas e cosméticos com cerca de 3.500 anos, uma descoberta feita graças ao facto de a equipa ter desenvolvido uma nova técnica de datação de compostos carbonatados inorgânicos. Uma equipa de cientistas internacional sintetizou …

Encontrados restos de pão de há 14.400 anos na Jordânia

Um grupo de investigadores encontrou vestígios de pão, feito por caçadores-recoletores que viveram há 14.400 anos, quatro milhares de anos antes do surgimento da agricultura. Esta é a mais antiga prova da existência de pão …

Governo indiano ordena inspeção a todos os centros da congregação da Madre Teresa

O Governo da Índia ordenou uma inspeção a todos os centros para crianças geridos pela congregação católica da Madre Teresa no país, após a detenção de uma das suas freiras por alegadamente vender bebés. A ministra …