76 anos depois, nem Hawking consegue explicar o mistério da sua longevidade

ntnu-trondheim / Flickr

O físico Stephen Hawking

Desafiando a ciência e as previsões que lhe davam apenas dois anos de vida quando, aos 21 anos, foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica, Stephen Hawking, o físico e cosmólogo britânico, fez nesta segunda-feira, 8 de Janeiro, 76 anos de idade.

A longevidade de Hawking é extraordinária entre pacientes de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa que causa a morte das células nervosas que controlam os movimentos musculares voluntários, nomeadamente os que envolvem a mastigação, o andar, o falar e o respirar.

Hawking foi diagnosticado com ELA quando tinha apenas 21 anos de idade e, na altura, deram-lhe apenas dois anos de vida. Contra todas as previsões, o físico atingiu a 8 de Janeiro de 2018 uns respeitosos 76 anos.

Em 1985, quando ficou doente com uma pneumonia, Hawking foi colocado em coma induzido e os médicos aconselharam a família a desligar as máquinas que o mantinham vivo. Mas a mulher, Jane, recusou-se a fazê-lo, como o próprio Hawking conta no documentário autobiográfico lançado em 2013.

“Ela recusou e fez questão que eu fosse transferido para Cambridge”, conta o cosmólogo britânico, confessando que os dias que se seguiram foram os piores da sua vida.

Foi, nessa altura, que “ganhou” a sua famosa voz gerada por computador, depois de ter sido forçado a realizar uma traqueotomia – um procedimento que implica fazer uma abertura no pescoço para permitir a passagem de oxigénio, sem o uso do nariz ou da boca.

Um ano depois desta operação, teve acesso ao programa de computador “Equalizer”, criado por Walter Woltosz para ajudar a sua sogra, que também sofria de ELA, a comunicar.

Hawking foi perdendo, gradualmente, o controlo motor sobre o seu corpo e vive agarrado a uma cadeira de rodas há décadas. Mas o seu intelecto fervilha continuamente e é, hoje em dia, um dos cientistas e das figuras públicas mais respeitadas do mundo, especialmente no campo da cosmologia.

Já escreveu vários livros, alguns dos quais são sucessos de vendas, comparece regularmente em conferências, em documentários e em programas de televisão, além de redigir trabalhos científicos. E ainda tem tempo para fazer livros infantis em parceria com a filha Lucy.

O peso da genética

O segredo para esta extraordinária longevidade de Hawking é um mistério que nem o próprio físico, conhecido como um cientista genial, consegue explicar. O facto de ter sido diagnosticado na juventude pode ajudar a explicá-la, já que a maioria dos pacientes de ELA só são diagnosticados já depois dos 50 anos, começando os tratamentos tardiamente.

“A progressão da doença varia dependendo da pessoa”, explica o Live Science, notando que a esperança média de vida de pacientes de ELA é de cerca de três anos. “Cerca de 20% das pessoas vivem cinco anos após os seus diagnósticos, 10% vivem 10 anos e 5% vivem 20 anos ou mais”, de acordo com dados da Associação de ELA norte-americana citados pela mesma publicação.

A genética pode ser um factor fundamental neste processo, já que “há mais de 20 genes diferentes envolvidos na ELA”, como nota no Live Science o director do Centro Neuromuscular do Instituto Northwell de Neurociência da Saúde, em Nova Iorque, nos EUA, Anthony Geraci.

“A ELA carrega, provavelmente, 20 ou mais doenças diferentes quando se consideram os seus fundamentos genéticos”, conclui Geraci.

Susana Valente SV, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “76 anos depois, nem Hawking consegue explicar o mistério da sua longevidade” – Então mas ele já estava a pensar nisso quando nasceu?

  2. Este mistério é tão grande como o gajo não mexer os músculos. Ainda assim foi passear de avião em gravidade zero e na foto está a rir que nem um louco…
    Bate record duma forma tão absurda que não há como não dar ouvidos às teorias malucas sobre ele

RESPONDER

CDS-PP quer manter corridas de touros na RTP e contrariar a “política de gosto”

A bancada parlamentar do CDS-PP questionou hoje o Governo sobre o eventual fim das transmissões televisivas de corridas de touros nos canais públicos da RTP, mostrando-se contra a “tutela política” a ditar “uma política de …

Cabeceiras de Basto recua no desconfinamento. Quatro concelhos podem agora avançar

A ministra Mariana Vieira da Silva apresentou um quadro geral da situação em Portugal e revela que há um concelho que vai recuar no desconfinamento: Cabeceiras de Basto. A ministra de Estado e da Presidência acrescentou …

Aeroporto no Montijo pode levar à perda das principais áreas de alimentação das aves migratórias

Caso o Montijo venha mesmo a receber um novo aeroporto, poderá levar à perda de até 30% das principais áreas de alimentação das aves migratórias que passam o Inverno no estuário do Tejo. A conclusão está …

Príncipe de Liechtenstein acusado de matar Arthur, o maior urso da Roménia

Grupos ambientalistas acusaram um príncipe da família real de Liechtenstein de matar o maior urso da Roménia, violando a proibição da caça de grandes carnívoros. Em comunicado citado pelo jornal britânico The Guardian, a ONG romena …

França e Reino Unido mobilizam navios para Jersey e aumentam a tensão no Canal da Mancha

A Marinha francesa respondeu esta quinta-feira ao envio de dois navios-patrulha britânicos para Jersey, na véspera, e mobilizou as suas próprias embarcações militares para as imediações da ilha, contribuindo, dessa forma, para o aumento da …

Governo aprova a criação da tarifa social de internet. Preço ainda vai ser definido

O Governo aprovou esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, a criação de uma tarifa social de acesso a serviços de internet em banda larga, conhecida como tarifa social de internet, anunciou o ministro de Estado …

Cerca sanitária em Odemira diminuiu casos para menos de metade, garante Governo

O ministro da Administração Interna salientou hoje que a cerca sanitária em Longueira-Almograve e São Teotónio permitiu baixar os casos de infeção por covid-19 em Odemira para menos de metade e acusou a direita de …

Joshua Wong condenado a mais dez meses de prisão por participar em vigília que lembrava "massacre de Tiananmen"

O ativista de Hong Kong Joshua Wong foi condenado a dez meses de prisão por participar em 4 de junho de 2020 numa vigília para lembrar o chamado "massacre de Tiananmen", que Pequim não reconhece. A …

Um polícia morto e vários feridos em tiroteio durante operação no Rio de Janeiro

Um polícia morreu e várias outras pessoas ficaram feridas num tiroteio esta quinta-feira durante uma operação da polícia contra o tráfico de droga na comunidade de Jacarezinho, no Rio de Janeiro, Brasil, noticiou a imprensa. Segundo …

Austrália vai manter fronteiras fechadas até 2022. Índia com novo máximo de casos

O Governo australiano vai manter as fronteiras internacionais fechadas até 2022 devido a incertezas sobre vacinas e novas estirpes, disse o ministro das Finanças do país, Simon Birmingham. "As incertezas sobre a velocidade da vacinação e …