76 anos depois, nem Hawking consegue explicar o mistério da sua longevidade

ntnu-trondheim / Flickr

O físico Stephen Hawking

Desafiando a ciência e as previsões que lhe davam apenas dois anos de vida quando, aos 21 anos, foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica, Stephen Hawking, o físico e cosmólogo britânico, fez nesta segunda-feira, 8 de Janeiro, 76 anos de idade.

A longevidade de Hawking é extraordinária entre pacientes de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa que causa a morte das células nervosas que controlam os movimentos musculares voluntários, nomeadamente os que envolvem a mastigação, o andar, o falar e o respirar.

Hawking foi diagnosticado com ELA quando tinha apenas 21 anos de idade e, na altura, deram-lhe apenas dois anos de vida. Contra todas as previsões, o físico atingiu a 8 de Janeiro de 2018 uns respeitosos 76 anos.

Em 1985, quando ficou doente com uma pneumonia, Hawking foi colocado em coma induzido e os médicos aconselharam a família a desligar as máquinas que o mantinham vivo. Mas a mulher, Jane, recusou-se a fazê-lo, como o próprio Hawking conta no documentário autobiográfico lançado em 2013.

“Ela recusou e fez questão que eu fosse transferido para Cambridge”, conta o cosmólogo britânico, confessando que os dias que se seguiram foram os piores da sua vida.

Foi, nessa altura, que “ganhou” a sua famosa voz gerada por computador, depois de ter sido forçado a realizar uma traqueotomia – um procedimento que implica fazer uma abertura no pescoço para permitir a passagem de oxigénio, sem o uso do nariz ou da boca.

Um ano depois desta operação, teve acesso ao programa de computador “Equalizer”, criado por Walter Woltosz para ajudar a sua sogra, que também sofria de ELA, a comunicar.

Hawking foi perdendo, gradualmente, o controlo motor sobre o seu corpo e vive agarrado a uma cadeira de rodas há décadas. Mas o seu intelecto fervilha continuamente e é, hoje em dia, um dos cientistas e das figuras públicas mais respeitadas do mundo, especialmente no campo da cosmologia.

Já escreveu vários livros, alguns dos quais são sucessos de vendas, comparece regularmente em conferências, em documentários e em programas de televisão, além de redigir trabalhos científicos. E ainda tem tempo para fazer livros infantis em parceria com a filha Lucy.

O peso da genética

O segredo para esta extraordinária longevidade de Hawking é um mistério que nem o próprio físico, conhecido como um cientista genial, consegue explicar. O facto de ter sido diagnosticado na juventude pode ajudar a explicá-la, já que a maioria dos pacientes de ELA só são diagnosticados já depois dos 50 anos, começando os tratamentos tardiamente.

“A progressão da doença varia dependendo da pessoa”, explica o Live Science, notando que a esperança média de vida de pacientes de ELA é de cerca de três anos. “Cerca de 20% das pessoas vivem cinco anos após os seus diagnósticos, 10% vivem 10 anos e 5% vivem 20 anos ou mais”, de acordo com dados da Associação de ELA norte-americana citados pela mesma publicação.

A genética pode ser um factor fundamental neste processo, já que “há mais de 20 genes diferentes envolvidos na ELA”, como nota no Live Science o director do Centro Neuromuscular do Instituto Northwell de Neurociência da Saúde, em Nova Iorque, nos EUA, Anthony Geraci.

“A ELA carrega, provavelmente, 20 ou mais doenças diferentes quando se consideram os seus fundamentos genéticos”, conclui Geraci.

SV, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “76 anos depois, nem Hawking consegue explicar o mistério da sua longevidade” – Então mas ele já estava a pensar nisso quando nasceu?

  2. Este mistério é tão grande como o gajo não mexer os músculos. Ainda assim foi passear de avião em gravidade zero e na foto está a rir que nem um louco…
    Bate record duma forma tão absurda que não há como não dar ouvidos às teorias malucas sobre ele

Responder a Bruna Cancelar resposta

A Microsoft quer usar a inteligência artificial para salvar a nossa história

https://vimeo.com/349508365 Muitas pessoas olham para a tecnologia como a ameaça que vai condenar a nossa espécie, mas a Microsoft planeia agora usar inteligência artificial para preservar a nossa cultura, linguagem e história. O projeto "AI for Good", …

Uber cobrou 100 vezes mais a passageiros nos Estados Unidos

Vários passageiros da Uber nos Estados Unidos denunciaram que a empresa lhes cobrou 100 vezes mais do que o preço inicialmente apresentado na aplicação, noticia a BBC. A Uber já reagiu, dizendo que o problema …

Barbie alia-se à ESA para mostrar que as mulheres também podem ser astronautas

A Barbie e a Agência Espacial Europeia (ESA) deram as mãos para incentivar as crianças a tornarem-se na próxima geração de astronautas, engenheiras e cientistas espaciais, realçando as conquistas da única astronauta viva da Europa, …

Filho de Júlio Iglesias e portuguesa querem a sua parte da herança, que pode chegar aos 30 milhões

Agora que foi reconhecido, pelo tribunal, como filho de Júlio Iglesias, Javier Sánchez quer ter direito à sua parte da herança - 30 milhões de euros - e a uma indemnização por danos morais. Segundo divulgou …

Na terceira semana de julho contam-se cisnes no rio Tamisa (e é um assunto real)

Há vários séculos que contar cisnes no rio Tamisa é um assunto sério e real. Swan upping é o nome desta tradição que conta com a participação da coroa britânica. A tradição manda: na terceira semana …

Ciborgues vão dominar a Terra até ao final do século XXI, diz cientista

A ideia de que as máquinas com inteligência artificial irão coexistir, dominar ou até mesmo destruir a humanidade tem ganho destaque na ficção científica. Esta ideia está presente e tem ganho grande popularidade como, por exemplo, …

Concorrência acusa associações de anunciantes e de agências de publicidade de violarem regras de mercado

A Autoridade da Concorrência (AdC) acusou a Associação Portuguesa de Anunciantes (APAN) e a Associação Portuguesa de Agências de Publicidade, Comunicação e Marketing (APAP) "de limitarem o normal funcionamento do mercado ao estipularem uma regra …

Vídeo raro mostra últimos índios isolados da Amazónia para evitar um genocídio

Imagens da tribo isolada Awá, que não mantém contacto com o exterior e que está ameaçada pelo avanço dos madeireiros, na Amazónia, foram divulgadas pela organização não-governamental (ONG) Survival International como uma forma de alerta …

KLM citou estudo sobre lugares onde é mais provável sobreviver

Citando um estudo da Time, a companhia aérea KLM escreveu que "a taxa de mortalidade para os assentos no meio do avião é maior" e foi muito criticada. Após a polémica recente em que a tripulação …

Elefantes são os nossos aliados na luta contra as alterações climáticas

Os elefantes-da-floresta desempenham um papel importantíssimo na luta contra as alterações climáticas, nomeadamente no armazenamento de carbono. No entanto, a espécie está em vias de extinção. Isto de acordo com um novo estudo publicado esta segunda-feira …