Mais de 62 mil alunos candidataram-se ao Superior. É o número mais elevado em 25 anos

Bobo Boom / Flickr

Os candidatos à primeira fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior público atingiram os 62.675, o maior número “nos últimos 25 anos”, anunciou esta segunda-feira o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

“Candidataram-se 62.675 estudantes à 1.ª fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA) ao Ensino Superior público no ano letivo de 2020-2021, representando um aumento de 11.384 candidatos face a 2019 (quando se tinham candidatado 51.291 estudantes até igual momento, tendo sido consideradas 51.036 candidaturas como válidas)”, pode ler-se num comunicado do ministério liderado por Manuel Heitor.

De acordo com o ministério, o número de candidatos é “o mais elevado desde 1996”.

A tutela estima que o número de novos ingressos no Ensino Superior “em todos os ciclos de estudos, públicos e privados, atinja cerca de 90 mil novos estudantes matriculados no próximo ano letivo de 2020/21”, contra 84 mil no ano passado.

Estes dados incluem o CNA que, segundo o ministério, representa cerca de dois terços dos ingressos, outras formas de entrada no sistema público, formações curtas (cursos técnicos superiores profissionais) e sistema privado.

Resultados publicados a 28 de setembro

Os resultados da 1.ª fase do concurso nacional de acesso serão divulgados em 28 de setembro, no sítio da Direção-Geral do Ensino Superior, podendo ainda ser consultados através da aplicação ES Acesso, refere a tutela.

Para o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, “o aumento de candidatos nesta fase do acesso ao Ensino Superior público representa um sinal de confiança dos jovens e das suas famílias na formação superior e nas suas instituições, bem como nas vantagens decorrentes da qualificação superior, especialmente no contexto da crise internacional emergente associada à covid-19”.

“O aumento inédito do número de candidatos promove o alargamento da base social de apoio do Ensino Superior e é um sinal muito significativo para a qualificação progressiva da população residente em Portugal”, continua o ministério.

No documento, a tutela sublinha que apesar de, pela primeira vez, metade dos jovens de 20 anos estarem a estudar no Ensino Superior, “as metas para as quais Portugal se deve orientar no contexto Europeu exigem atingir uma taxa média de frequência no Ensino Superior de seis em cada 10 jovens com 20 anos até 2030, assim como alargar as qualificações de toda a população, garantindo atingir 40% de graduados de educação terciária na faixa etária dos 30-34 anos até 2023 e 50% em 2030″.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Anúncios de TV promovem mais os brindes do que o próprio fast food (e violam diretrizes do setor)

Para uma criança, a melhor parte de uma refeição de fast food não é a comida, mas o brinde que vem juntamente com a refeição. Os anúncios televisivos de fast food são regidos por diretrizes que …

“Se querem sucesso, têm de depender do sistema“. Empresário chinês é preso após disputa com o Estado

Sun Dawu, um dos empresários mais bem sucedidos da China, corre o risco de ser condenado a 25 anos de prisão, caso seja provado que cometeu os crimes dos quais está a ser acusado. O empresário …

Cientistas criam verniz para superfícies que mata bactérias em poucos minutos

Uma equipa multidisciplinar de cientistas desenvolveu um verniz para superfícies que mata bactérias, mesmo as mais resistentes, em apenas 15 minutos, anunciou a Universidade de Coimbra (UC). Trata-se de “uma solução segura e eficaz para prevenir …

Num país marcado pelo racismo, Jane Bolin fez história tornando-se a primeira juíza negra dos EUA

A 22 de julho de 1939, Jane Bolin fez história ao prestar juramento como juíza na cidade de Nova Iorque. A jovem ocupou o cargo durante 40 anos e só saiu de cena quando atingiu …

A petrolífera Exxon está a culpá-lo pelas alterações climáticas

Nos últimos anos, as empresas petrolíferas têm-se afastado do discurso de negação das alterações climáticas. Gigantes globais de energia como a Total, a Exxon, a Shell e a BP reconhecem abertamente que a mudança climática …

"Muita fraternidade”. Portugal enviou vacinas para Cabo Verde

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta segunda-feira que os indicadores da pandemia de covid-19 em Portugal permanecem "muito estáveis" e que a última grande abertura no plano de desconfinamento não teve …

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre bullying na escola, diz relatório

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre 'bullying' na escola, alertou esta segunda-feira a UNESCO, por ocasião do Dia Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia. A Organização Internacional de Jovens e Estudantes LGBTQI (IGLYO) e …

Telescópio vai "caçar" a luz de 30 milhões de galáxias para mapear Universo e "revelar" energia escura

Um instrumento de um telescópio nos Estados Unidos vai capturar nos próximos cinco anos a luz de quase 30 milhões de galáxias e outros objetos cósmicos, permitindo aos cientistas mapearem o Universo e desvendarem os …

Portugal ficou acima da média europeia quanto ao teletrabalho

Dados do Eurostat sobre o teletrabalho durante a pandemia revelaram que Portugal registou uma média ligeiramente superior (13,9%) à da União Europeia (12,3%) entre as pessoas com idade dos 15 e os 64 anos. Em anos …

"Idiotas". Bolsonaro critica pessoas que mantêm isolamento social na pandemia

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, criticou os brasileiros que seguem as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e mantêm isolamento social na pandemia, a quem chamou de 'idiotas', em conversa com os seus …