Mais de 62 mil alunos candidataram-se ao Superior. É o número mais elevado em 25 anos

Bobo Boom / Flickr

Os candidatos à primeira fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior público atingiram os 62.675, o maior número “nos últimos 25 anos”, anunciou esta segunda-feira o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

“Candidataram-se 62.675 estudantes à 1.ª fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA) ao Ensino Superior público no ano letivo de 2020-2021, representando um aumento de 11.384 candidatos face a 2019 (quando se tinham candidatado 51.291 estudantes até igual momento, tendo sido consideradas 51.036 candidaturas como válidas)”, pode ler-se num comunicado do ministério liderado por Manuel Heitor.

De acordo com o ministério, o número de candidatos é “o mais elevado desde 1996”.

A tutela estima que o número de novos ingressos no Ensino Superior “em todos os ciclos de estudos, públicos e privados, atinja cerca de 90 mil novos estudantes matriculados no próximo ano letivo de 2020/21”, contra 84 mil no ano passado.

Estes dados incluem o CNA que, segundo o ministério, representa cerca de dois terços dos ingressos, outras formas de entrada no sistema público, formações curtas (cursos técnicos superiores profissionais) e sistema privado.

Resultados publicados a 28 de setembro

Os resultados da 1.ª fase do concurso nacional de acesso serão divulgados em 28 de setembro, no sítio da Direção-Geral do Ensino Superior, podendo ainda ser consultados através da aplicação ES Acesso, refere a tutela.

Para o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, “o aumento de candidatos nesta fase do acesso ao Ensino Superior público representa um sinal de confiança dos jovens e das suas famílias na formação superior e nas suas instituições, bem como nas vantagens decorrentes da qualificação superior, especialmente no contexto da crise internacional emergente associada à covid-19”.

“O aumento inédito do número de candidatos promove o alargamento da base social de apoio do Ensino Superior e é um sinal muito significativo para a qualificação progressiva da população residente em Portugal”, continua o ministério.

No documento, a tutela sublinha que apesar de, pela primeira vez, metade dos jovens de 20 anos estarem a estudar no Ensino Superior, “as metas para as quais Portugal se deve orientar no contexto Europeu exigem atingir uma taxa média de frequência no Ensino Superior de seis em cada 10 jovens com 20 anos até 2030, assim como alargar as qualificações de toda a população, garantindo atingir 40% de graduados de educação terciária na faixa etária dos 30-34 anos até 2023 e 50% em 2030″.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Regiões portuguesas entre as que mais colocaram trabalhadores em teletrabalho

  Apesar dos números elevados registados em Portugal, futuro do modelo está ainda em aberto, face à preferência dos patrões em ter os funcionários a trabalhar em ambiente de escritório. De acordo com dados revelados pelo Eurostat, …

Reino Unido em choque. Sabina Nessa pode ter sido assassinada por um estranho ainda em liberdade

Sabina Nessa, de 28 anos, terá sido assassinada enquanto caminhava pelo Cator Park, no sudeste de Londres, na passada sexta-feira. O percurso da sua casa até a um bar ia demorar apenas cinco minutos, mas …

A corrida a secretário-geral da UGT terá dois candidatos

É a primeira vez que a corrida à liderança da UGT conta com dois candidatos: além de José Abraão, atual dirigente da Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap), Mário Mourão, presidente do Sindicato dos …

Colapso da Evergrande. China pede a governos regionais que se "preparem para a possível tempestade"

As autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais para se prepararem para um possível colapso da Evergrande. O The Wall Street Journal noticia, esta quinta-feira, que as autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais …

Governo vai testar 35 mil funcionários de creches e pré-escolar até 3 de outubro

Os funcionários das creches, do pré-escolar e a rede nacional de amas começaram esta quinta-feira a ser testados à covid-19, numa ação que até 3 de outubro abrangerá 35 mil pessoas em todo o país. O …

Bem-vindo à última fase do desconfinamento: fim do certificado em restaurantes, máscara em transportes e lares

"Estamos em condições para avançar para a terceira fase de desconfinamento." Foi com esta frase que António Costa deu início à conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta quinta-feira. Portugal vai avançar para a …

EUA reabrirá campo de detenção de migrantes perto da prisão de Guantánamo

A administração do Presidente dos Estados Unidos (EUA) Joe Biden se prepara para reabrir um campo de detenção de migrantes na Baía de Guantánamo, após um aumento de migrantes e requerentes de asilo no sul …

Défice desce para 5,3% do PIB no 2.º trimestre do ano

O défice orçamental do primeiro semestre deste ano é de 5,5% do PIB. A meta do ministro das Finanças para o ano de 2021 é de 4,5%.  O défice orçamental fixou-se em 5,3% do PIB no …

É a maior contração desde 1995. INE revê queda do PIB para 8,4%

A queda foi pior do que se esperava: o Produto Interno Bruto (PIB) recuou 8,4% e não 7,6%, indicam os recentes dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). O Produto Interno Bruto (PIB) caiu 8,4% em …

EUA aprovam terceira dose da Pfizer para maiores de 65 anos e grupos de risco

A Food and Drugs Adminustration (FDA) anunciou, na noite de quarta-feira, ter dado luz verde à administração de uma terceira dose da vacina da Pfizer em alguns casos. O organismo que regula a comercialização de medicamentos …