Quase 400 mil famílias deixaram de pagar os créditos devido à crise gerada pela pandemia

A crise gerada pela pandemia do novo coronavírus fez com que quase 400 mil famílias deixassem de conseguir pagar os empréstimos e tivessem de chegar a um acordo extrajudicial com os bancos.

No total, são 397 mil os novos processos abertos pelos bancos no primeiro semestre deste ano, e correspondem a devedores que deixaram de pagar 302 mil contratos de crédito, num valor global de 2,2 mil milhões de euros.

Estas famílias, não puderam aderir aos regimes de moratória no crédito que permitiriam suspenderem os pagamentos das suas prestações até ao fim de setembro de 2021. Os dados constam do relatório sobre Atividade de Supervisão Comportamental relativo à primeira metade de 2020, ontem divulgado pelo Banco de Portugal.

O relatório refere que, “no crédito aos consumidores, as instituições reportaram 359 731 novos processos PERSI – procedimento extrajudicial de regularização de situações de incumprimento, mais 13% do que no segundo semestre de 2019, abrangendo 302 076 contratos de crédito e um montante em dívida de 785,8 milhões de euros”.

Entre 27 de março e o final de agosto, os bancos receberam 788 mil pedidos de adesão a moratórias no crédito. Das aprovadas, 43% dizem respeito a empréstimos da casa.

No mesmo período, “no crédito à habitação e hipotecário, as instituições iniciaram 37 357 processos PERSI, mais 11,2% do que no segundo semestre de 2019, envolvendo 30 827 contratos e um montante total em dívida de 1449,1 milhões de euros”, adiantou.

Os bancos encerraram 35 411 processos, correspondentes a 26 708 contratos de crédito à habitação e hipotecário e a um montante total em dívida de 1271,7 milhões de euros; 69,6% foram concluídos com a regularização do incumprimento, que compara com 68,3% no semestre anterior, diz o Diário de Notícias.

Ainda assim, os consumidores continuaram a aderir às contas de serviços mínimos bancários. No primeiro semestre, “foram constituídas em Portugal 15 529 contas de serviços mínimos bancários“. Destas, 78,5% foram criadas por “conversão de uma conta de depósito à ordem já existente”.

Foram ainda encerradas 1666 contas, 85,2% das quais por iniciativa do cliente. A 30 de junho, existiam 117 491 contas de serviços mínimos bancários, mais 13,4% do que no final de 2019.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …