Encontrados 40 plágios no doutoramento do presidente de Torres Vedras

Carlos Bernardes / Facebook

O presidente da Câmara de Torres Vedras, Carlos Bernardes

O Ministério Público identificou quatro dezenas de plágios na tese de doutoramento do presidente da Câmara de Torres Vedras, Carlos Bernardes.

Entre o material copiado encontra-se um texto de um dos orientadores da tese académica, que trabalhou naquela autarquia durante duas décadas e já garantiu publicamente não ter existido plágio nenhum.

Quando defendeu a sua tese de doutoramento na área do turismo, no final de 2015, Carlos Bernardes tinha acabado de ser eleito para a presidência do município de Torres. Na década anterior desempenhara o cargo de vice-presidente, tendo até aí sido vereador.

Dedicada às linhas de Torres Vedras como destino turístico estratégico para Portugal, a dissertação foi apresentada no Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT). Entre os sete membros que integravam o júri contava-se Carlos Guardado da Silva, um dos seus dois orientadores e responsável pelo arquivo municipal de Torres, no qual tinha trabalhado durante duas décadas.

A tese recebeu um “aprovado” do júri e, cerca de um ano mais tarde, a editora Colibri transformou o trabalho do autarca em livro.

Um professor eleito como independente nas listas do PS durante dois mandatos, Jorge Ralha, disse ao Público que foi ao ler a publicação que se apercebeu das diferenças de vocabulário, sintaxe e estrutura morfológica entre o capítulo dedicado aos agradecimentos e o corpo da tese.

“Comecei a introduzir frases do livro de Carlos Bernardes no Google e apareciam frases semelhantes”, descreve o antigo vereador, que contabilizou 17 situações de plágio. “Há mesmo um caso em que um trecho do texto que conferiu o doutoramento tem a mesma fonte inspiradora de uma prova de Bicicleta Todo-o-Terreno realizada em 2011”.

À sua denúncia pública seguiu-se uma queixa ao Ministério Público. Num artigo de opinião intitulado “Em defesa da minha honra e bom nome”, o presidente da câmara explica que, por razões de saúde familiar, só aos 40 anos lhe foi possível ingressar no ensino superior. Licenciou-se no Instituto Superior Politécnico do Oeste, do grupo Lusófona.

Negando o plágio, Carlos Bernardes explica que “não tendo sido utilizados gestores bibliográficos automatizados, é natural que haja a falta de uma ou outra citação, atenta a extensão da obra”.

A Universidade de Lisboa, em dezembro, declarou nula a deliberação do júri de doutoramento – decisão que está a ser contestada no tribunal administrativo pelo autarca. O advogado de Carlos Bernardes insiste em que tudo não passa de perseguição política de rivais do seu cliente.

O Ministério Público chegou a equacionar a suspensão provisória deste processo judicial, mecanismo que evitaria que Carlos Bernardes fosse julgado em tribunal. Mas acabou por descartar esta possibilidade, uma vez que o arguido “não reconhece a prática criminosa, negando os factos”.

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Este burro queria ser gerico !
    Meus Deus !
    Mas para que tanta vaidade…

    No desempenho quatidiano apenas deve ser um: enganador,lembe botas,pilagalinha,lixo.

  2. Há mais !
    Relvas,Socrates e outros.
    Deveriam ficar para toda a vida proibidos de exercer fosse o que fosse na herarquia publica.
    Gentalha com essa natureza(trafulhas,vigaristas,mentiroso,larapios étc.) são capaz de tudo.

  3. A mim não me incomoda absolutamente nada, muitos que andam por aí são tratados por doutores e nem Têm o liceu feito, tao pouco sou invejoso, preocupa-me mais ser um Senhor que ser um doutor, e pelos vistos há muitos que não são uma coisa nem a outra.

  4. típico do funcionalismo publico! aproveitam estatutos de trabalhador estudante para tirar cursos que só vao servir para progredir na carreira!
    como tal não interessa o que se aprende mas sim ter o canudo! seja por portas e travessas!
    venham para o publico e com 40 anos tentem tirar cursos superiores a estudar! è um desafio que lanço. Tentem também manter o trabalho enquanto usufruem do estatuto de trabalhador estudante…
    Pena não ser caso único…

  5. Bem, este caso realmente é exemplar. 40?
    E o outro que fez um exame num domingo, foi 1.º ministro de todos os Portugueses, enganou meio mundo e o outro já estava enganado.
    Realmente somos um país de “esternocleidomastoideu”, bem bem bem, onde já ouvi isto ou será que vi? …

  6. A xuxalhada larápia está por todo o lado. Já em Castelo Branco foi o mesmo filme. Quem será o próximo a ser apanhado ? Eles são tantos…

RESPONDER

Alcochete. Arguido iliba Mustafá de dar ordem para o ataque à academia

O arguido Valter Semedo disse hoje em tribunal que o objetivo da ida a Alcochete no dia da invasão à academia do Sporting consistia em mostrar aos jogadores "descontentamento de uma maneira não simpática". Além …

Arábia Saudita vai lançar campeonato de futebol feminino

A Arábia Saudita, que procura afastar a imagem de um reino ultraconservador, vai lançar um campeonato de futebol feminino, com o objetivo de reforçar a participação das mulheres no desporto. A primeira temporada da competição acontecerá …

"Ténis, digo-te adeus". Maria Sharapova anuncia final da carreira

A tenista russa Maria Sharapova, antiga líder do ranking mundial e detentora de cinco títulos do Grand Slam, anunciou hoje o final da sua carreira, através de um artigo publicado nas revistas Vogue e Vanity …

Amazon abre o primeiro supermercado sem caixas registadoras

A Amazon, do empresário Jeff Bezos, abriu 25 supermercados nos Estados Unidos (EUA), cujas instalações não têm caixas registadoras. Segundo avançou o TechCrunch, citado pelo Jornal Económico (JE), para fazerem comprar nestes supermercados, os consumidores têm …

Ricardo Salgado "perplexo" com condenação por violação de prevenção de branqueamento

O ex-presidente do BES declarou hoje, ao Tribunal da Concorrência, em Santarém, a sua “perplexidade” pela condenação, pelo Banco de Portugal (BdP), por violação de normas de prevenção de branqueamento de capitais e financiamento do …

Portugal continua na lista negra das economias com "desequilíbrios"

Bruxelas mantém Portugal na lista das 12 economias da União Europeia (UE) com "desequilíbrios" macroeconómicos, de acordo com um novo relatório divulgado esta quarta-feira pela Comissão Europeia. O documento, um relatório de análise no âmbito …

Câmara de Lisboa fez contratos de 12 milhões de euros com empresa que tem falso engenheiro

A Câmara de Lisboa assinou vários contratos públicos, alguns por ajuste directo, com uma empresa que está a ser investigada pelo Ministério Público por ter, alegadamente, um falso engenheiro. Em causa estão mais de 12 …

Projeto do Chega sobre castração de pedófilos é "inconstitucional" (mas debate ainda é hipótese)

A Comissão de Assuntos Constitucionais decidiu hoje, por maioria, que o projeto-lei do Chega sobre castração química não preenche os requisitos constitucionais para subir a plenário, mas remeteu a decisão do seu agendamento para o …

Velório de Laura Ferreira será reservado à família

O velório de Laura Ferreira, mulher do ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, que morreu na terça-feira, durante a noite, em Lisboa, será esta quarta-feira, no centro funerário de Cascais, disse à Lusa fonte próxima da família. A …

Governo que estar em "contacto direto com cada região". Iniciativa arranca em Bragança

O executivo socialista ruma esta quarta-feira ao distrito de Bragança, para o arranque da iniciativa "Governo mais próximo", que, até quinta-feira, inclui visitas à região de ministros e secretários de Estado e uma reunião do …