Universidade confirma “erros grosseiros” na tese de autarca acusado de plágio

Câmara Municipal Torres Vedras / Facebook

Carlos Bernardes, presidente da Câmara de Torres Vedras

Carlos Bernardes, presidente da Câmara de Torres Vedras

A comissão do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT) da Universidade de Lisboa nomeada para verificar eventuais indícios de plágio na tese de doutoramento do presidente da Câmara de Torres Vedras detetou “erros grosseiros” em citações.

A diretora do instituto, Lucinda Fonseca, que em 2015 foi também membro do júri na prova de defesa da tese, afirmou por escrito à Lusa que a comissão por si nomeada no final de janeiro concluiu que “há indícios que podem justificar a abertura de inquérito” por terem sido detetados “erros grosseiros na forma de citação de algumas fontes”.

“Apesar de considerarmos que os trechos da dissertação identificados, que aparentemente reproduzem textos não citados ou indevidamente citados, não representam parte materialmente significativa na tese, nem fundamental, somos do parecer de que há indícios que podem justificar a abertura de inquérito”, esclareceu a diretora do IGOT, citando as conclusões do relatório.

O autarca Carlos Bernardes (PS) referiu à Lusa que a tese “As linhas de Torres, um destino turístico estratégico para Portugal”, publicada em livro em outubro, é um estudo inovador, apesar de admitir “eventuais falhas” na identificação das fontes, que está disponível a corrigir.

Não tendo sido utilizados gestores bibliográficos automatizados, é natural que haja uma ou outra citação”, justificou.

A universidade tem um ‘software’ para deteção de plágios que, aquando da defesa da tese, em 2015, esteve temporariamente sem funcionar, a aguardar autorização do Ministério das Finanças para a aquisição de novas licenças, um problema ultrapassado em janeiro de 2016, esclareceu Lucinda Fonseca

Uma vez que o grau de doutor é atribuído pela universidade, o IGOT enviou o relatório da comissão ao reitor da instituição, que determinou a abertura de um inquérito interno e decidiu participar os factos apurados ao Ministério Público.

Em fevereiro, o Ministério Público abriu um inquérito para investigar o alegado plágio. As suspeitas foram levantadas num artigo de opinião de um antigo vereador da Câmara, Jorge Ralha (PS), no jornal Badaladas, de Torres Vedras, a 20 de janeiro.

O antigo autarca acusou Carlos Bernardes de plágio em 47 das 200 páginas da tese, através quer de “cópias integrais de partes de estudos sem identificar a fonte” bibliográfica, quer de “transcrições, sem aspas, de diversos autores”, ou “tentativa de disfarce de plágio alterando termos e expressões e não o conteúdo científico”.

De acordo com Jorge Ralha, são presumíveis visados os investigadores Vasco Gil Mantas, da Universidade de Coimbra, enquanto autor do artigo “Linhas fortificadas e vida quotidiana: da muralha da China à Muralha do Atlântico”; Luís Ferreira, do Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo, como autor do artigo “Planeamento estratégico de destinos turísticos”; e o próprio coorientador da tese de doutoramento, Carlos Guardado da Silva, autor de bibliografia sobre as Linhas de Torres Vedras.

Contactados pela Lusa, os investigadores optaram por não prestar declarações e aguardam pela conclusão do inquérito.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Salgado. "A montanha vai parir um rato" (mas ainda vamos saber o que aconteceu)

A defesa de Ricardo Salgado disse, esta sexta-feira, que ficou claro, na instrução da Operação Marquês, que o mais provável é a absolvição do ex-presidente do BES dos crimes de corrupção e que “a montanha …

Covid alastra na América. EUA bate recorde diário com mais de 60 mil infetados

Os Estados Unidos registaram 754 mortos e 60.383 infetados (um novo recorde) por covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com um balanço da Universidade Johns Hopkins. Depois de a Europa ter sucedido à China como …

Os maiores tubarões do mundo têm pequenos "dentes" nos olhos (e já se sabe porquê)

Uma investigação sobre os olhos dos tubarões-baleia, os maiores tubarões do mundo, revelaram que os seus olhos estão cobertos por pequenos dentes chamados "dentículos dérmicos". O tubarão-baleia (Rhincodon typus) é o maior peixe do oceano, com …

Astrónomos localizaram com precisão o centro do Sistema Solar

Pela primeira vez, uma equipa internacional de cientistas foi capaz de localizar com precisão o centro de gravidade do Sistema Solar. De acordo com o portal Science Alert, que recorda que o baricentro (centro gravidade) …

Misteriosa cruz de mármore com 1.200 anos encontrada no Paquistão

Uma cruz de mármore foi recentemente descoberta no cimo das montanhas do Baltistão, no Paquistão. Os investigadores acreditam que tem cerca de 1.200 anos e que pode ser um sinal da presença de uma antiga …

Nona Sinfonia de Beethoven revela novos detalhes sobre o cérebro humano

A Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, 250 anos após a sua criação, ajudou a demonstrar a existência de células conceituais no cérebro. Quase 200 anos depois da morte de Beethoven, a maior obra do músico …

Governo vai suspender devolução dos manuais escolares

O ministro da Educação informou hoje que o Governo vai suspender a devolução de manuais escolares, em curso desde 26 de junho, cumprindo a decisão do parlamento, que aprovou uma proposta nesse sentido. O plenário da …

Cuba prestes a abrir portas ao turismo (exceto aos cubano-americanos)

Depois de fechar as suas fronteiras para os turistas no final de março por causa da pandemia da covid-19, Cuba prepara-se agora para reabrir várias das suas baías ao turismo - mas há algumas exceções. …

Cidade do México enterrou os rios para prevenir doenças, mas a covid-19 resiste e prospera

Na tentativa de evitar a disseminação de doenças como a malária e a cólera, a Cidade do México enterrou os seus rios. Agora, como consequência, criou inadvertidamente as condições necessárias para a covid-19 prosperar. A Cidade …

Descoberto sistema de túneis da I Guerra onde estarão enterrados dezenas de soldados

A Agência do Património da Bélgica anunciou esta semana a descoberta de um sistema de túneis alemão da I Guerra Mundial, onde estarão, muito provavelmente, dezenas de soldados enterrados. Em comunicado, citado pela Russia Today, …