Jovem que incentivou suicídio do namorado esgota todos os recursos. Vai mesmo presa

Michelle Carter foi condenada a cumprir 15 meses de prisão por homicídio involuntário por incentivar o suicídio do namorado. Depois de vários recursos, o tribunal confirmou a sentença. Michelle, 22 anos, foi presa na segunda-feira.

O caso remonta a 2014. Michelle, de 17 anos, sabia que Conrad, o namorado de 18 anos, não estava a passar por um bom momento. O jovem sofria de depressão e estava a pensar em suicidar-se, o que acabou por acontecer nesse mesmo mês.

Numa sequência insistente de mensagens, Michelle incentivou-o e convenceu-o a fazê-lo. Conrad morreu no dia 13 de julho de 2014, sufocado com monóxido de carbono, dentro do seu próprio carro.

Aqui não és feliz, nunca serás feliz. No céu, serás feliz. Limita-te simplesmente a fazê-lo”, escreveu Michelle nas mensagens que antecederam o acontecimento. “Não podes pensar, tens só de fazê-lo”.

Conrad, com dúvidas, chegou a sair do seu carro. Mas Michelle disse-lhe “volta a entrar” numa chamada telefónica. “Tu estás preparado, tudo o que precisas de fazer é ligar o motor para seres feliz e livre. Chegou a hora de parares de esperar”, diz Michelle. E Conrad entrou.

A polícia encontrou instruções sobre como preparar o suicídio nas mensagens enviadas pela jovem – em especial a quantidade de monóxido de carbono que Conrad devia inalar para morrer.

Segundo as conversas, Michelle manteve contacto constante com o namorado – até nos momentos finais da sua vida.

As mensagens foram divulgadas pela procuradoria quando o advogado de defesa de Michelle, Joseph Cataldo, apresentou uma moção para que as acusações fosse retiradas, alegando que as mensagens estavam protegidas pelo direito à liberdade de expressão garantido pela Constituição americana. O pedido foi negado pelo juiz .

Michelle Carter foi condenada a cumprir 15 meses de prisão por homicídio involuntário. A jovem permaneceu livre enquanto apelava da decisão, mas o tribunal de Massachusetts confirmou a condenação na semana passada. Michelle, agora com 22 anos, foi presa na segunda-feira.

É muito difícil determinar a causa legal no contexto do suicídio, mas havia evidências suficientes, escreveu o Supremo Tribunal de Justiça. Mesmo quando a vítima “confusa” e “vulnerável” conseguiu sair do veículo, “foi empurrado de volta para o carro pela sua namorada no plano suicida”, disse. “Depois de o convencer a voltar para o carro cheio de monóxido de carbono, ela não fez absolutamente nada para ajudá-lo: não pediu ajuda ou disse para ele sair do carro enquanto o ouvia a morrer”.

À polícia, a jovem disse que tentou avisar a mãe de Conrad sobre os planos do filho, mas que não tinha o seu contacto.

Quando Michelle foi levada sob custódia, “não demonstrou nenhuma emoção percetível”, informou a Associated Press, “embora os seus ombros caíssem quando se levantou e se preparou para ser levada”.

Um advogado de Michelle disse ao The Washington Post que consideraria apelar o caso ao Supremo Tribunal dos EUA. “Estamos desapontados com a decisão, que adota uma narrativa que não acreditamos que a evidência apoie”, disse Daniel Marx, acrescentando que a decisão tem “implicações preocupantes para a liberdade de expressão, o devido processo legal e o exercício de discrição do Ministério Público. ”

Após a morte do namorado, Michelle criou uma conta no Twitter para celebrar a sua memória e organizou um jogo de beneficência para arrecadar fundos para entidades de assistência a jovens com depressão.

ZAP // NPR

PARTILHAR

20 COMENTÁRIOS

  1. Como é que o gajo foi dar ouvidos a um trambolho tão feio, com sobrancelhas à Cunhal? Ele deve ter querido é suicidar-se de arrependimento de ter comido uma gaja tão feia…

    Pode ser que as companheiras de cela lhe endireitem a tromba.

  2. A doença mental é tão triste. E haver quem empurre um jovem a cometer suícidio é uma coisa impensável. Eu julgo que 15 meses de prisão é muito pouco. Deveria ter uma pena pesada. Uma louca!!!!

        • E se fosse o seu filho?!?!?!?! Até costumo gostar de ler as suas opiniões, mas desta vez, e na minha opinião que conta para mim, desculpe mas considero que esteve mal…
          Eu tenho um filho prestes a fazer 16 anos; fazemos tudo para os educar, ajudar a enfrentar a vida; muitas vezes, situações destas passam-se nas “barbas” do Pais sem que estes desconfiem de nada! Se fosse comigo, não sei…
          Cumprimentos e bom fim de semana.

          • Lamento, mas não percebo a indignação…
            Se fosse meu filho, não sei, mas estes dois, claramente, tinham problemas mentais graves e, ela incentivou-o ao suicídio com frases como: “Aqui não és feliz, nunca serás feliz. No céu, serás feliz. Limita-te simplesmente a fazê-lo”, portanto, sinceramente, acho que lhe deveria ter feito companhia!
            Acho que seria melhor do que a prisão perpétua ou pena de morte, como muitos defendem!…
            Eu lembro-me desta noticia e logo na altura achei que ela era completamente culpada; veja a noticia/vídeos da altura e diga-me o que deverá achar a família do rapaz da atitude da namorada:
            https://zap.aeiou.pt/adolescente-pode-ser-julgada-por-incentivar-o-suicidio-do-namorado-81514

            • Caro “Eu!”, muito obrigado pela resposta. Fui ver a notícia de 2015 e sim, talvez os Pais do rapaz fossem o problema… há criaturas neste mundo que de pais, não têm nada; fazem coisas inacreditáveis aos filhos; a julgar pela notícia de 2015 e pese-se o surreal de tudo isto, talvez esta rapariga o quisesse “salvar”, para quem acredita nessas coisas… para mim, quando se morre, acaba. É mesmo tudo muito complicado….

  3. Quanto a mim pena demasiado leve, se era conhecedora do problema do rapaz havia que tentar prestar-lhe ajuda através de alguém, foi desumana e irresponsável.

RESPONDER

"Ninguém quer trabalhar" na Casa Pia. Pais em protesto devido à falta de pessoal

Os pais e encarregados de educação do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria Pia, em Lisboa, vão entregar na segunda-feira um abaixo-assinado à tutela para pedir a abertura de concursos externos para reforço de pessoal …

Trump elogiou Erdogan, depois de uma reunião que descreveu como "maravilhosa e produtiva"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou na quarta-feira o seu relacionamento com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan. Os dois líderes encontraram-se para tentar superar várias diferenças, incluindo a situação na Síria e a compra …

MH17. Novas provas revelam contactos frequentes entre a Rússia e separatistas ucranianos

A equipa internacional que conduziu a investigação sobre a queda do voo MH17 em 2014 no leste da Ucrânia divulgou novas provas que apontam para contactos muito frequentes entre a Rússia e os rebeldes separatistas …

Imunidade diplomática deixa em liberdade suspeito de tentar matar com ácido sulfúrico

O suspeito de homicídio, na forma tentada, ficou em liberdade depois de ter apresentado o passaporte diplomático às autoridades, que impede que seja detido ou constituído arguido. De acordo com a TVI24, um alto responsável da …

Zivkovic quer rescindir contrato com o Benfica

O extremo sérvio quer chegar a acordo com o Benfica para ficar livre a ano e meio do final do seu contrato mas, pelos vistos, a SAD encarnada nem quer ouvir falar dessa hipótese. De acordo …

Cigarros eletrónicos. Primeiro duplo transplante de pulmões feito em jovem de 17 anos em situação de "morte iminente"

Em risco de "morte iminente" por lesões causadas pelo uso de cigarros eletrónicos, um jovem de 17 anos foi submetido a um duplo transplante de pulmões, no estado norte-americano do Michigan. Este caso é considerado …

Parlamento Europeu levanta imunidade do eurodeputado José Manuel Fernandes

O Parlamento Europeu decidiu levantar a imunidade ao eurodeputado do PSD José Manuel Fernandes, após um pedido feito pela justiça e pelo próprio, relativo a uma eventual ação judicial por um alegado crime de prevaricação. Em …

"Agiu de forma premeditada". Mãe que deixou bebé no lixo vai continuar presa

O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou esta quinta-feira o pedido de habeas corpus para a libertação da jovem de 22 anos que terá deixado o seu filho recém-nascido num caixote do lixo em Lisboa. A …

Mau tempo nas próximas 48h. Proteção Civil alerta para cheias e quedas de árvores

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil alertou para a possibilidade de lençóis de água e de gelo nas estradas, cheias rápidas e queda de árvores, devido ao mau tempo nas próximas 48 horas …

Bolsonaro terá recusado descendente de D. Pedro para vice por desconfiar que ele era gay

O deputado Luiz Philippe de Orléans e Bragança, conhecido por "príncipe" por ser descendente de D. Pedro, herdeiro da família imperial do Brasil, não é vice-presidente de Jair Bolsonaro por causa da sua sexualidade. Esta é …