Adolescente pode ser julgada por incentivar o suicídio do namorado

“Aqui não és feliz, nunca serás feliz. No céu, serás feliz. Limita-te simplesmente a fazê-lo”.

Foi o que escreveu Michelle Carter, uma jovem americana de 17 anos, durante uma conversa electrónica com o namorado, Conrad Roy, em julho do ano passado.

Michelle sabia que Roy não estava a passar por um bom momento. O jovem sofria de depressão e estava a pensar em suicidar-se, o que acabou por acontecer nesse mesmo mês.

Conrad morreu sufocado com monóxido de carbono, dentro do seu próprio carro.

Agora, Michelle Carter vê-se acusada de ter incitado o suicídio do jovem, e poderá ir a julgamento por homicídio involuntário.

Segundo a procuradoria da cidade de Bristol, no Estado americano do Massachusetts, a jovem Michelle terá convencido o namorado a tirar a própria vida.

Como prova, os advogados apresentaram mais de mil mensagens trocadas pelo casal, inclusivamente algumas poucos momentos antes do suicídio.

Segundo a BBC, os dois jovens tinham-se conhecido em 2012. Roy contou a Michelle os seus problemas pessoais. Tinha um relacionamento complicado com os pais, e falou-lhe em suicídio como forma de escape.

Michelle ajudou Conrad a cometer suicídio, ajudando-o a superar as dúvidas e pressionando-o para levar a cabo o acto num curto espaço de tempo”, explicou em comunicado a procuradoria.

Segundo as conversas electrónicas divulgadas esta semana, Michelle manteve contacto constante com o namorado, até nos momentos finais de sua vida.

Conrad terá mesmo saído de dentro do carro, quando percebeu que estava a ficar sufocado com monóxido de carbono.

Mas numa troca de mensagens, Michelle parece convencer Conrad a desistir de abortar o plano de se envenenar.

A namorada incentivou-o a voltar para o interior do veículo.

“Tu estás preparado, tudo o que precisas de fazer é ligar o motor para seres feliz e livre. Chegou a hora de parares de esperar”, diz Michelle.

As mensagens foram divulgadas pela procuradoria quando o advogado de defesa de Michelle, Joseph Cataldo, apresentou uma moção para que as acusações fosse retiradas, alegando que as mensagens estavam protegidas pelo direito à liberdade de expressão garantido pela Constituição americana.

O pedido foi negado pelo juiz e uma nova audiência está marcado para 2 de outubro. A jovem foi indiciada em fevereiro.

“As provas mostram que não estamos a falar de homicídio”, afirmou Cataldo à CNN no início da semana.

“A minha cliente tentou consolar Conrado Roy, em várias ocasiões, e aconselhou-o a procurar ajuda”, acrescenta o advogado.

“Este é um caso perigoso, que sugere que apenas palavras causaram o suicídio do rapaz”, acusa Cataldo.

No entanto, a polícia encontrou até instruções sobre como preparar o suicídio nas mensagens enviadas pela jovem – em especial a quantidade de monóxido de carbono que Conrad devia inalar para morrer.

Após a morte do namorado, Michelle criou uma conta no Twitter para celebrar sua memória e até organizou uma partida de benefeciência de basebol para arrecadar fundos para entidades de assistência a jovens com depressão.

Segundo o jornal americano Washington Post, a polícia terá também obtido mensagens enviadas por Michelle para amigos, nas quais a jovem admitia que o conteúdo da sua comunicação com o namorado poderia causar-lhe problemas.

À polícia, a jovem disse que tentou avisar a mãe de Conrad sobre os planos do filhos, mas que não tinha o seu contacto.

No entanto, quando a polícia examinou o seu telemóvel, descobriu que Michelle tinha apagado, após a morte de Conrad, mensagens que tinha trocado com a mãe do jovem, nas quais dizia que Conrad gostava dela.

A jovem aguarda agora julgamento em liberdade, sob fiança. Foi proibida pelas autoridades de usar as redes sociais.

ZAP / BBC

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …

Depois do coro de críticas, brasões da Praça do Império passam do jardim para a calçada

Os brasões florais que representam as capitais de distrito e as ex-colónias portuguesas vão mesmo ser retirados da Praça do Império, em Lisboa, mas passarão a estar representados em pedra da calçada. É a solução …

Vulcão, La Palma

Aeroporto de Las Palmas inoperacional devido à acumulação de cinzas

O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou hoje a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo …

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …

Fuse Valley, Matosinhos

Está a nascer em Matosinhos a Silicon Valley portuguesa (e até Siza Vieira está "espantado")

O "Fuse Valley" promete ser a Silicon Valley portuguesa, em Matosinhos, num empreendimento inovador da Farfetch e da Castro Group que até deixa o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "espantado". A abertura está prevista …

Portugal aguarda "luz verde" da EMA para avançar com terceira dose aos idosos

Portugal aguarda a autorização da Agência Europeia de Medicamentos para avançar com a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 a maiores de 65 anos. Com base nos resultados de dois grandes estudos científicos …

E depois de Merkel? Alemanha já sente falta da Chanceler que saiu da sombra para salvar o seu "delfim"

Angela Merkel tinha prometido ficar afastada das eleições legislativas deste domingo, na Alemanha, mas saiu da sombra para apoiar o seu "delfim", o candidato da CDU, Armin Laschet, que deverá disputar a vitória com o …