Em 2020, vai haver um novo sinal de trânsito na estrada

Vai começar a ver um novo sinal de trânsito. Com fundo azul, esta nova placa vai indicar que são zonas usadas por peões e por veículos, com regras de trânsito especiais.

Com a publicação de um decreto regulamentar vem alterar o Regulamento de Sinalização do Trânsito em harmonia com a última alteração efetuada ao Código da Estrada, o Governo criou uma nova placa, de fundo azul, que indica a aproximação de zona residencial ou de coexistência.

De acordo com o decreto publicado em Diário da República, citado pelo jornal ECO, “são criados os sinais que permitem implementar as zonas de residência ou de coexistência, que são zonas usadas por peões e por veículos, com regras de trânsito especiais”.

“Estas zonas são identificadas através de um sinal especial de trânsito: sinal de informação de zona residencial ou de coexistência”, acrescenta o mesmo documento, apresentando, de seguida, uma imagem deste novo sinal. De fundo azul, apresenta um adulto e uma criança a jogar à bola na estrada, com um veículo a aproximar-se

Além do novo sinal, inserido num “decreto regulamentar promove a segurança rodoviária com vista à diminuição da sinistralidade, no âmbito do Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária — PENSE 2020”, este decreto “procede, ainda, à distinção entre sinais de trânsito, sinais de agentes reguladores de trânsito e sinais dos condutores”.

“Respondendo à evolução social introduzem-se novos sinais de informação, novos símbolos de indicação turística, geográfica, ecológica e cultural, bem como novos quadros com a representação gráfica dos sinais dos condutores, dos agentes reguladores do trânsito e a representação gráfica dos sinais luminosos”, lê-se no mesmo documento.

A entrada em vigor do decreto regulamentar acontece “180 dias após a data da sua publicação” – ou seja, dentro de seis meses, em abril de 2020.

ZAP //

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

    • E?!
      Que evolução… o que seria do mundo sem este sinal…
      Na Holanda existe desde 1970… demorou 10 anos a chegar à Alemanha… e era só atravessar a fronteira…
      .
      Tu também podias evoluir e fazer alguma coisa útil, mas preferes ser assim…

  1. mas é isto que vai fazer alguma mudança no que acontece nas estradas? o problema é ninguém perceber de codigo e crespeito na estrada

    • Ninguém?
      Isso não será muita gente?
      .
      Claro que os sinais não mudam o que “acontece nas estradas” – quem pode mudar alguma coisa são as pessoas!!
      Podes começar por ti!…

  2. Para que existem campos de jogos? jardins protegidos, areas de desporto? ????Agora também se pode jogar à bola nas ruas? Vão também fechar a marginal para jogar futebol, basket, andebol???

    Os automóveis devem passar a ser tratados com igualdade de direitos; devem poder circular nos jardins, nos passeios e campos desportivos.
    E porque não os pedestres que andam nas ruas não pagarem também IUC???

  3. Com milhares de sinais de trânsito tapados com vegetação por este país fora e outros tão mal posicionados e estradas que levaram linhas contínuas ou descontínuas e que nunca mais viram tinta, haveria aqui muito por onde rectificar tanta coisa que está mal e põe em risco a segurança de todos, talvez os novos sinais sejam mais uns tantos a candidatos ao desprezo total.

    • Esqueceste de mencionar o uso do STOP em zonas que deviria ser um “seda prioridade” que serve unicamente para a caça á multa e um “seda prioridade” em vez de STOP o que por vezes leva a acidentes.

  4. Este sinal de informação de zona residencial ou de coexistência não é novo.
    Existe há muitos anos na entrada da Rua Direita em Portimão.

RESPONDER

Cientistas criam algoritmo para identificar covid-19 a partir do som da tosse

Investigadores de vários países criaram um algoritmo que afirmam poder identificar se uma pessoa tem covid-19 a partir do som da sua tosse. Cientistas do México, Estados Unidos, Espanha e Itália, liderados por uma equipa do …

Para proteger o fundo do mar, novo sistema permite atracar vários barcos com uma só "âncora"

Quando vários barcos se amontoam numa enseada durante a noite, cada um deles lança uma âncora que pode potencialmente danificar os corais e a vida marinha no fundo do mar. O sistema Seafloat foi criado …

Japão e Estados Unidos assinam acordo de cooperação para exploração da Lua

O Ministério da Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia do Japão e a agência espacial dos Estados Unidos (NASA) assinaram um acordo de colaboração entre os dois países no programa Artemis, para a exploração da …

Washington Redskins mudam de nome por ser considerado racista

A equipa de futebol americano, até aqui denominada de Washington Redskins, vai abandonar essa designação, considerada de teor racista, para designar nativos da América do Norte. Em comunicado, a equipa de Washington explicou que, depois de uma …

Flores precisaram de cerca de 50 milhões de anos para se tornarem o que são hoje

As plantas com flor evoluíram há cerca de 100 milhões de anos, mas precisaram de outros 50 milhões de anos para diversificar e tornarem-se aquilo que são hoje, sugere uma equipa de investigadores. Os cientistas documentaram …

Estudo sugere que imunidade à covid-19 pode desaparecer em poucos meses

A imunidade adquirida por anticorpos após a cura da covid-19 pode desaparecer em alguns meses, o que poderá complicar o desenvolvimento de uma vacina eficaz a longo prazo, sugere um estudo britânico divulgado esta segunda-feira. "Este …

60 anos depois, já se sabe o que aconteceu aos 9 russos que desapareceram na Montanha da Morte

Passados 61 anos, o mistério da morte de nove esquiadores russos que faziam uma caminhada pelos Montes Urais, perto da chamada Montanha da Morte, foi finalmente resolvido. Em 1959, nove viajantes russos que faziam uma caminhada …

Médicos Sem Fronteiras é "institucionalmente racista", acusam atuais e ex-colaboradores

Uma declaração assinada por mil atuais e ex-funcionários revela que a Organização Não Governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF) é "institucionalmente racista" e reforça o colonialismo e a supremacia branca no trabalho humanitário que pratica. Na …

Empresa culpada pela crise de opioides fez contribuições políticas após declarar falência

A Purdue Pharma, empresa culpada pela crise de opioides nos Estados Unidos, fez contribuições políticas após ter sido processada e declarado falência. Os opioides são usados para aliviar a dor, mas também provocam uma sensação exagerada …

Norte-americano morre após ir a festa para provar que a covid-19 é uma farsa

Um norte-americano de 30 anos, de San Antonio, no estado do Texas, morreu de covid-19 depois de ir a uma festa para provar que a doença era uma farsa, informou a media local. O homem foi …