20 milhões de pessoas podem morrer de fome nos próximos 6 meses

-

A ONU alerta que “se nada for feito, cerca de 20 milhões de pessoas podem morrer de fome nos próximos seis meses”. Um “número assustador” que evidencia a crise humanitária que se vive em África, nomeadamente por causa da seca e da guerra.

Num apelo à acção das nações mundiais, o director geral da ONU para a Agricultura e a Alimentação (FAO), José Graziano da Silva, alerta que “se nada for feito, cerca de 20 milhões de pessoas podem morrer de fome nos próximos seis meses”.

Um aviso lançado na abertura do Conselho da FAO para a necessidade de agir para salvar as vidas de milhões de pessoas que estão à beira de morrer de fome em países como o Sudão do Sul, a Somália, a Nigéria e o Iémen.

“A fome não mata apenas pessoas, contribui para a instabilidade social e também perpetua o ciclo de pobreza e a dependência de ajuda que subsiste durante décadas”, salienta ainda Graziano da Silva.

O elemento da FAO nota que em algumas comunidades rurais, de certos países africanos, vivem-se situações “desesperadas”, nomeadamente devido às secas provocadas pelas alterações climáticas.

Além dos casos de seca extrema, há também zonas com conflitos armados que subsistem há vários anos, nomeadamente no Sudão do Sul, na Somália e na Nigéria, levando milhares de refugiados a deslocarem-se para países próximos. Estas pessoas ficam assim, dependentes de ajuda alimentar.

A falta de resposta da comunidade internacional tem mantido estes conflitos activos e o fluxo de refugiados em constante crescimento.

O responsável pela Organização Não Governamental (ONG) Handicap International, Xavier Duvauchelle, destaca que em 2011, a crise de comida provocou a morte de 271 mil pessoas em África. Mas ele alerta que estamos agora a enfrentar “um desastre muito maior”.

“Sem uma intervenção drástica, vamos testemunhar um nível de sofrimento humano como nunca vimos nos últimos 70 anos”, aponta Duvauchelle, realçando que “20 milhões de pessoas no Sudão do Sul, na Somália, no Iémen e na Nigéria enfrentam níveis críticos de insegurança de comida”.

“Todos os dias, durante meses, cada uma destas 20 milhões de pessoas tem tentado encontrar comida suficiente para se sustentar e aos seus entes queridos. Tragicamente, em algumas áreas, as pessoas já estão a morrer de fome e de doenças relacionadas“, aponta o responsável da ONG.

Trata-se de “um número assustador”, constituindo “um terço da população de França”, conforme sublinha Duvauchelle.

O dirigente da Handicap International cita o exemplo dos refugiados do Sudão do Sul que têm chegado ao Uganda e à Etiópia, nos últimos meses, realçando que há particular “preocupação” com “o número de crianças com menos de 5 anos que estão a chegar num estado de má nutrição severa e aguda“.

Duvauchelle frisa que estas crianças enfrentam um “risco extremamente elevado de infecção”, além de que o seu “desenvolvimento cognitivo e o crescimento” podem ser afectados. Assim, apela à importância de destinar fundos de emergência para o combate à fome e à guerra em África.

SV, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Isso deveria ser um compromisso dos mais ricos do mundo e de quem “manda” nos países: acabar com a fome. Isto era num mundo perfeito. Infelizmente, não vivemos num assim, nem eles têm vergonha na cara.

    • Isto é um compromisso de todos nós, sem exceção. Enquanto que continuam a morrer pessoas (e o que me choca ainda mais é morrerem crianças, pois todos as deveriamos proteger – são completamente inocentes nestas guerras de poder), não temos o direito de nos apelidarmos de seres civilizados, com qualquer dignidade e sensibilidade. Tornamo-nos nos piores dos seres vivos, pois supostamente deveriamos de ser seres conscientes dos nossos atos e melhorarmos com toda a aprendizagem que vamos assimilando ao longo da nossa passagem pela Terra…

  2. Em pleno século XXI, estas situações não devia acontecer.

    Porque tudo tem de ser resolvido com guerras, que em 99% são pagas com a vidas dos cidadãos inocentes.

    O problema é que o dinheiro não tem rosto.

RESPONDER

Homem na casa dos 20 anos morre de peste no Novo México

Um homem na casa dos 20 anos morreu de peste septicémica no estado norte-americano do Novo México, anunciaram as autoridades de saúde deste estado. A vítima, cuja identidade não foi revelada publicamente, viva em Rio …

Cara do pintor italiano Rafael reconstruida para resolver mistério do seu túmulo

Uma equipa de especialistas fez uma reconstrução em 3D da cara do pintor italiano renascentista Rafael. Assim, confirmaram o seu aspeto físico e resolveram o mistério relativamente ao seu túmulo. O rosto do pintor italiano Rafael …

Novo método não-invasivo permite diagnosticar cancro cerebral sem fazer incisões

Diagnosticar tumores cerebrais pode ser difícil e muito invasivo. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu um método para detetar cancro no cérebro sem ser necessária qualquer incisão. Os tumores cerebrais são normalmente diagnosticados através de imagens …

A última plataforma de gelo intacta do Canadá colapsou. Criou um icebergue maior do que o Porto

A plataforma de gelo Milne, no Canadá, fragmentou-se no final do mês de julho, formando vários icebergues, dois dos quais de grandes dimensões. Cientistas ouvidos pela agência noticiosa AP referem que esta era uma plataforma especial, …

Ícones da moda de luto: a indústria fashion nunca mais será a mesma

Muitas são as áreas da economia a ser gravemente afetadas pela pandemia de covid-19. A indústria da moda não foge à tendência e já são muitos os líderes de grandes marcas a "declarar morte" à …

Covid-19: Cigarros eletrónicos aumentam riscos de infeção em cinco a sete vezes para jovens

O risco de contrair covid-19 entre adolescentes e jovens adultos que fumam cigarros eletrónicos é cinco a sete vezes superior, segundo um estudo liderado pela faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. O …

Apenas 10% da população escreve com a mão esquerda. Cientistas lutam para explicar porquê

Em praticamente qualquer lugar do globo, apenas 10% das pessoas são canhotas, isto é, têm maior habilidade com o lado esquerdo do corpo, especialmente com a mão, comparativamente com o lado direito. Os cientistas tentam há …

Para reavivar o turismo, esta pequena cidade está a contar com a ajuda dos "vampiros"

A pequena cidade de Forks, em Washington, nos Estados Unidos, é lar de 3.600 pessoas, cujos meios de subsistência nos últimos 15 anos foram impulsionados por uma indústria do turismo alimentada por "Crepúsculo", a série …

Tim Cook acaba de se juntar ao clube dos milionário à boleia de recorde histórico da Apple

O diretor-executivo (CEO) da Apple, Tim Cook, acaba de se juntar à lista de multimilionários do mundo, depois de a gigante tecnológica norte-americana atingir um valor de mercado histórico. De acordo com os cálculos da …

Cientistas calculam probabilidade de contágio ao viajar de comboio

Investigadores da Universidade de Southampton, no Reino Unido, calcularam a probabilidade de contrair covid-19 ao viajar numa carruagem de comboio com uma pessoa infetada. Em colaboração com a Academia Chinesa de Ciências, a Academia Chinesa de …