2.200 mortos no sismo do Nepal, violenta réplica abala o Everest

Narendra Shrestha / EPA

Habitantes de Katmandu procuram sobreviventes entre os escombros após o sismo de magnitude 7.9 que atingiu o Nepal

Habitantes de Katmandu procuram sobreviventes entre os escombros após o sismo de magnitude 7.9 que atingiu o Nepal

O número de mortos na sequência do forte sismo de magnitude 7,8 na escala de Richter que sacudiu, este sábado, o Nepal, ascende a 2.200. As fortes réplicas que se sentem hoje no Nepal continuam a provocar avalanches na região do Monte Everest e a levar pânico à população.

O porta-voz da Polícia Nacional do Nepal, Kamal Singh Ban, afirmou que no Nepal o número de vítimas mortais subiu para 2.152

Fontes oficiais da Índia, que também foi afetada pelo terramoto, reviram em alta o balanço de 34 para 57 mortos. Há 17 mortos causados pelo sismo na China.

Estimativas divulgadas hoje pela ONU indicam que o sismo afetou cerca de 6,6 milhões de pessoas em 30 distritos do Nepal.

Comunidade internacional envia ajuda

As manifestações de solidariedade para com o Nepal têm-se multiplicado, com inúmeros governos e organizações internacionais a oferecerem ajuda.

Índia e China, afetadas pelo abalo telúrico, anunciaram o envio de equipas para Katmandu, à semelhança de outros países e territórios da região, como Japão, Sri Lanka, Paquistão, Singapura ou Taiwan.

Os Estados Unidos anunciaram ainda no sábado, dia da catástrofe, o envio de uma equipa de especialistas em resposta a catástrofes, à semelhança da União Europeia, tendo Washington prometido de igual modo um milhão de dólares em ajuda para responder às primeiras necessidades pós-sismo.

Em comunicado, a União Europeia indicou estarem a caminho de Katmandu especialistas humanitários para as zonas mais afetadas. “A dimensão total das mortes e danos ainda é desconhecida, mas informações indicam ser elevada, tanto em termos de perdas humanas, feridos como ao nível do património cultural”.

Alemanha, Reino Unido e Espanha também prometeram assistência, com a Noruega a anunciar que vai facultar 30 milhões de coroas (3,5 milhões de euros) em ajuda humanitária.

Hoje, Austrália e Nova Zelândia também anunciaram o envio de apoio ao Nepal, devastado por aquela que é pior tragédia da sua história recente, enquanto procuram localizar centenas de cidadãos nacionais referenciados como estando no país.

Camberra comprometeu-se com uma ajuda de 5 milhões de dólares australianos (3,6 milhões de euros), enquanto a Nova Zelândia — que ainda se recupera do mortífero sismo de 2011 que atingiu a sua segunda maior cidade, Christchurch – vai canalizar 1 milhão de dólares neozelandeses (700 mil euros).

Narendra Shrestha / EPA

As violentas réplicas do sismo causam pânico junto da população nepalesa

As violentas réplicas do sismo causam pânico junto da população nepalesa

Réplica do sismo com magnitude 6,7 sentida hoje

Uma violenta réplica do sismo, de magnitude 6,7 na escala de Richter abalou hoje novamente o Nepal, anunciou o Instituto Norte-Americano de Geofísica, USGS.

A réplica atingiu uma zona situada no noroeste de Katmandu, não muito longe da fronteira com a China, a uma profundidade de 10 quilómetros, precisou o USGS.

O abalo foi sentido até na região do Monte Everest, nos Himalaias, onde provocou novas avalanches, segundo montanhistas que estão no local.

O montanhista Jim Davidson escreveu na rede social Twitter que o abalo foi sentido no campo base do Everest, menor que o primeiro, mas que também provocou avalanches na região.

Pelo menos 17 alpinistas morreram e 51 ficaram feridos como resultado de avalanches na região do Monte Everest após o terramoto de sábado. Entre os feridos, 41 estão em estado grave, segundo uma fonte do Ministério do Turismo nepalês.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal regista cinco mortos e 649 novos casos de covid-19

Este sábado, Portugal regista mais cinco mortes e 649 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

"É preciso fazer mais, muito mais." Empresários insatisfeitos com Plano de Recuperação

Os empresários não estão satisfeitos com o documento e alertam para "sérios riscos" associados à implementação do Plano de Recuperação e Resiliência. A Associação Empresarial de Portugal (AEP) alerta para “sérios riscos” associados à implementação do …

Nova Zelândia avança com lei de mudança climática que nenhum outro país se atreveu a aprovar

A Nova Zelândia vai forçar o setor financeiro a fornecer informações sobre impacto ambiental. A primeira-ministra Jacinda Ardern prometeu que o país vai alcançar a neutralidade nas emissões de carbono até 2050. A Nova Zelândia vai …

Task force muda regras. Vai ser mais difícil saber qual a vacina que será administrada

Vai ser mais difícil para as pessoas acima dos 60 anos saber com antecedência qual será a vacina que vão receber (AstraZeneca, Pfizer e Moderna). Todas as semanas, as três vacinas passam a "rodar de …

Antigo rito sagrado "entre irmãos" pode ter sido, na verdade, o casamento homossexual

A adelfopoiese era uma cerimónia praticada historicamente na tradição cristã para unir duas pessoas do mesmo sexo - normalmente homens - num relacionamento reconhecido pela igreja, análogo ao irmão. Segundo documentos históricos, com 20 anos, Simeão …

Derek Chauvin, acusado de matar George Floyd, recusa-se a testemunhar em tribunal

Derek Chauvin, o antigo agente da polícia acusado de ter asfixiado o cidadão afro-americano George Floyd, informou o tribunal de que não vai testemunhar no processo. Derek Chauvin decidiu que não vai testemunhar. "Invoco hoje o …

Sporting recusou Haaland por 2,5 milhões em 2018 (agora o avançado vale 150 milhões)

Erling Haaland, avançado norueguês, é a grande pérola do momento no futebol europeu, sendo cobiçado por clubes como Barcelona e Real Madrid. Em 2018, o Sporting poderia tê-lo contratado, mas achou-o "demasiado caro". Com 33 golos …

Subsídio de risco pago aos profissionais de saúde é uma "esmola"

O subsídio extraordinário de risco para os profissionais de saúde envolvidos no combate à covid-19 já começou a ser pago em alguns hospitais, mas está a ser alvo de críticas. Os sindicatos falam em valores "irrisórios", …

A presidente da Câmara de Portimão, Isilda Gomes

Portimão "revoltado" com atraso no desconfinamento. Autarca do PS encosta Governo à parede

Portimão é um dos municípios forçados a um retrocesso no desconfinamento devido ao número de novos casos de covid-19 e a presidente da Câmara local, a socialista Isilda Gomes, não se conforma, criticando a "falta …

A brilhar na Alemanha, André Silva pode sair por preço de saldo

Cada vez mais clubes estão interessados na contratação de André Silva. O internacional português tem uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros. André Silva tem passado por altos e baixos na sua ainda curta …