Gastou 18 milhões de euros no Harrods. Agora tem de justificar a fortuna

Zamira Hajiyeva gastou 18 milhões de euros, durante uma década, nos armazéns de luxo de Londres. Agora, a justiça britânica quer saber de onde veio o dinheiro.

Zamira Hajiyeva é a primeira pessoa a ser alvo de uma nova lei de combate ao enriquecimento ilícito no Reino Unido. A mulher do antigo presidente do Banco Internacional do Azerbeijão, Jahangir Hajiyev, terá de explicar à justiça britânica a fortuna que gastou ao longo da última década em propriedades e artigos de luxo.

Segundo o Público, nestes artigos de luxo estão incluídos mais de 18 milhões de euros gastos nos armazéns Harrods, em Londres. Aliás, foram os hábitos de consumo excêntricos e invulgares que levaram as autoridades britânicas a abrirem uma investigação.

O nome da azeri surge agora na imprensa depois de ter perdido uma batalha legar para manter o seu anonimato. Sabe-se agora que a mulher, que está a cumprir uma pena de 15 anos prisão naquela ex-república soviética por desvio de fundos, é uma cliente assídua do armazéns de luxo.

Além disso, adianta o jornal, a investidora já gastou 11 milhões de euros na compra de um clube de golfe e 36 milhões num jato privado Gulfstream G550.

Nos Harrods, Zamira gastou 114 mil euros em joias Cartier numa só compra e, noutro dia, comprou 171 mil euros em produtos da marca Boucheron. Numa outra ocasião gastou 2060 euros em vinho. Ao longo da última década, e usando 35 cartões de crédito emitidos pelo banco dirigido pelo marido, Zamira gastou 18 milhões ao ritmo de 4580 euros por dia, em média.

O problema não está nos gastos, destacam as autoridades, mas sim na origem do dinheiro. de acordo com a justiça do Azerbeijão, o marido é responsável por um rombo de milhares de milhões de euros no banco estatal que dirigia, tendo sido condenado à devolução de 34 milhões de euros.

As autoridades acreditam que os fundos desviados foram utilizados para comprar uma casa luxuosa no bairro londrino de Knightsbridge, junto aos Harrods, no valor de 13 milhões de euros, entre outros negócios. Esta compra terá sido feita através de uma offshore nas Ilhas Virgens Britânicas.

Esta e outras tantas compras são incompatíveis com o salário oficialmente auferido pelo marido, de 62 mil euros mensais, que não justificam o património que o casal conseguiu reunir em Londres.

“Como funcionário público entre 1993 e 2015, é muito improvável que uma posição destas tenha gerado tanto dinheiro para financiar as aquisições de propriedades”, disse Jonathan Hall, que representa a Agência Nacional de Crime, ao The Guardian.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Sabe-se agora que a mulher, que está a cumprir uma pena de 15 anos prisão naquela ex-república soviética por desvio de fundos, é uma cliente assídua do armazéns de luxo.
    Favor clarifiquem-me : Está presa e é cliente assídua do armazem ???

  2. O ministério dos negócios estrangeiros do governo português da «GERICOnsa» já a devia ter informado há muito a Exma Sra. D. Zamira Hajiyeva da existência em PORTUGAL dos “vistos gold”! Pelo breve curriculum que a notícia apresenta, é pessoa que preenche os requisitos necessários, para ser uma ilustríssima migrante ou refugiada política, e como tal cidadã da U.E.

    • É… e tu estivesses minimamente informado saberias que há vistos gold em todos os paises, principalmente no Reino Unido, ou achas que os milionários árabes e russos foram para Londres pelo clima?!

  3. O mais chocante na noticia toda não é, os actos que a mulher e o marido são acusados, mas sim o salário que o marido tinha mensal na gerência do Banco Estatal desse país ex-sovietico, 62 mil euros! Fiquei Bege

RESPONDER

Um restaurante acabou de abrir a um quarteirão da Casa Branca. Chama-se "Comida de Imigrante"

Um restaurante chamado "Immigrant Food" ("Comida de Imigrante") abriu a um quarteirão da Casa Branca. O local quer fazer com que ajudar imigrantes seja tão fácil como pedir comida de um menu. Assim, além de comida, …

Trump admite testemunhar no inquérito para a sua destituição

O Presidente dos EUA admitiu, esta segunda-feira, "considerar seriamente" a possibilidade de testemunhar por escrito no inquérito para a sua destituição, que decorre no Congresso. "Embora não tenha feito nada de errado e não goste de …

INE espanhol está a "espiar" telemóveis para estudo estatístico

Um estudo do INE espanhol está a receber duras críticas por alegadamente infringir a privacidade de dados dos cidadãos. O gabinete irá monitorizar os telemóveis dos espanhóis. O Instituto Nacional de Estatística (INE) de Espanha deu …

Donald Tusk vai presidir o Partido Popular Europeu

O presidente do Conselho da União Europeia (UE) é o único candidato à presidência do Partido Popular Europeu (PPE) e vai suceder no cargo ao francês Joseph Daul. Esta será a primeira vez que um europeu …

EUA. Casal vegan vai ser julgado por homicídio depois da morte do filho de 18 meses

Um casal americano, que segue uma alimentação vegan, vai ser julgado por homicídio depois da morte do filho de 18 meses, por malnutrição. Ambos vão permanecer detidos até à data do julgamento, em dezembro. Segundo noticiou …

Carrinha com 52 migrantes entra em Ceuta após derrubar barreiras fronteiriças

Uma carrinha com 52 migrantes rompeu, esta madrugada, as barreiras fronteiriças entre Marrocos e Espanha para entrar no enclave espanhol de Ceuta, incidente que a Guarda Civil espanhola já está a investigar. A carrinha lançou-se a toda …

Chef que renunciou à estrela Michelin espera sair do Guia em 2020

O chef Henrique Leis, que em julho renunciou à estrela Michelin que o seu restaurante detinha há 19 anos, afirma que o seu "compromisso com a Michelin acabou" e espera não ver renovada a distinção …

Morreu a fadista Argentina Santos

A fadista portuguesa morreu, esta segunda-feira, aos 95 anos de idade. As exéquias realizam-se, a partir das 17h00, na Basílica da Estrela, em Lisboa. A fadista Argentina Santos, que esta segunda-feira morreu aos 95 anos, despediu-se …

Governo apresenta queixa no Ministério Público contra 21 pedreiras

O ministro do Ambiente e da Ação Climática anunciou que 21 pedreiras, de um universo de 185, estão em incumprimento por falta de vedações, exigidas pelo levantamento do Governo, tendo sido apresentada queixa ao Ministério …

Adeus EDP Universal. Vem aí a SU Eletricidade, mas os preços não mudam

A EDP Serviço Universal vai deixar de existir a partir de 15 de Janeiro de 2020. Em seu lugar vai nascer a SU Eletricidade, a nova marca do universo EDP que vai abranger os clientes …