Há 1605 bolsas para quem for estudar para o interior no próximo ano

US Department of Education / Flickr

Uma aula de Direito na Universidade de Harvard

O programa +Superior vai ter mais 1.605 novas bolsas de estudo, com o objetivo de estimular os efeitos do corte de vagas em Lisboa e Porto com mais candidaturas a um curso no interior. O Ministério estima que este ano seja atingida a meta dos 5000 mil estudantes abrangidos pela iniciativa.

O programa visa promover a deslocação para universidades e politécnicos de regiões menos povoadas de alunos carenciados de outras zonas do país e, este ano, deverá chegar à fasquia dos 5000 estudantes abrangidos por bolsas de 1500 a 1725 euros.

“É essa a ideia. As bolsas variam. Há bolsas com três anos, quatro, cinco, mas com este aumento dos novos candidatos deve-se ultrapassar os 5000 bolseiros ativos“, disse ao Diário de Notícias o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

O aumento anunciado para o ano letivo de 2018-2019 será “o maior de sempre“, rondando os 11%. “Esse é um dos aspetos a destacar. O outro é que neste ano, pela primeira vez, divulgamos as bolsas a atribuir antes de começarem as candidaturas, o que poderá ajudar a que mais alunos decidam candidatar-se”, explicou.

“Há uma grande parte de apoios sociais que tem sido usado para levar estudantes para Lisboa e para o Porto. Agora queremos naturalmente também estimular todos aqueles que têm possibilidades de receber apoios sociais que se distribuam pelo país.”

Em 2017-2018 foram atribuídas 1.450 novas bolsas. Em termos totais, em 2017-2018 havia 3.690 bolsas ativas no âmbito do programa +Superior. Uma parte destes são estudantes que deixarão de ser apoiados – ou por já terem concluído o ciclo de estudo ou por terem perdido o direito ao apoio. No entanto, a convicção do governo é que, entre permanências e novas entradas, a fasquia dos 5000 bolseiros seja facilmente atingida.

O ministro acrescentou ainda que existe “uma concentração muito grande de estudantes em Lisboa e no Porto”, frisando que atualmente 36% dos bolseiros de ação social estão em Lisboa e Porto, sendo agora o objetivo da tutela inverter este movimento migratória para o interior”.

Para António Fontainhas Fernandes, reitor da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro  e atual presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, o anúncio da tutela “é bom, mas não é suficiente”.

O reitor da UTAD insiste que a dinamização do ensino superior das regiões do interior precisa de “medidas integradas” dirigidas aos alunos, que deem respostas a problemas como o custo do alojamento e o reforço da ação social, porque “quem tem filhos, sabe que a crise ainda não está assim tão ultrapassada”.

Programa +Superior

A iniciativa – lançada no ano letivo de 2014-15 – do ministério visa incentivar e apoiar alunos do ensino superior que optem por estudar em zonas do interior do país com menor procura. Funciona como um complemento à ação social e atribuiu bolsas de mobilidade no valor mínimo de 1500 euros anuais pagos em 10 prestações.

O programa ajuda a financiar despesas relacionadas com os materiais e as deslocações dos estudantes para fora das suas áreas de residência.

O programa está integrado no Plano Nacional de Coesão Territorial, e é apoiado por fundos comunitários, tendo ainda a missão de aumentar a atratividade das regiões menos povoadas do país, e de atrair às mesmas estudantes de outras zonas.

Para serem admitidos, os candidatos devem ser beneficiários da Ação Social Escolar e escolher, obrigatoriamente, uma universidade ou instituto politécnico de unidade territorial diferente daquela em que vivem.

As universidades da Beira Interior, de Évora, de Trás-os-Montes e Alto Douro, e os Politécnicos de Beja, Bragança, Castelo Branco, Guarda, Portalegre, Santarém, Tomar, Viana do Castelo e Viseu são as instituições selecionadas para o programa.

As candidaturas a estas bolsas ou os pedidos de novos apoios são feitos através da plataforma BeOn, da Direção-Geral do Ensino Superior, até 15 de novembro.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pirlo tem plano para gerir cansaço de Cristiano Ronaldo

O novo treinador da Juventus, Andrea Pirlo, tem um plano para gerir a forma física de Cristiano Ronaldo ao longo da temporada. O internacional português tem 35 anos e cumpre a sua 19.ª temporada como …

Entre lágrimas e após três tentativas, lista dirigente de Ventura foi aprovada

O presidente do Chega conseguiu, este domingo, à terceira tentativa, a maioria de dois terços dos votos exigida para eleger a sua direção na II Convenção Nacional, em Évora. Apenas às 20h02 foram proclamados os resultados …

Marcelo é o único que resiste ao desgaste da pandemia. Governo e oposição em queda

O único que está a conseguir resistir ao desgaste político provocado pela pandemia de covid-19 é o Presidente da República, numa altura em que o PS e o PSD surgem em queda nas intenções de …

Três camisolas e uma vitória histórica. Tadej Pogacar é o vencedor do Tour

O ciclista esloveno Tadej Pogacar (UAE Emirates) venceu a 107.ª Volta a França, ao cortar a meta, nos Campos Elísios, integrado no pelotão, no final da 21.ª e última etapa conquistada pelo irlandês Sam Bennett …

Afinal, os vikings não eram loiros nem tinham olhos azuis (e também não eram da Escandinávia)

Um estudo revelou que os Vikings afinal não eram loiros nem provenientes da Escandinávia. O estudo, realizado através da análise de ADN, conclui ainda que indivíduos que não eram vikings foram enterrados como tal. Normalmente, a …

Emmys 2020: "Succession" é a série do ano, "Schitt’s Creek" e "Watchmen" em destaque

A segunda temporada de “Succession”, da HBO, venceu esta madrugada o prémio de Melhor Série Dramática na 72.ª cerimónia dos prémios Emmy, que decorreu em Los Angeles, EUA, sem público por causa da pandemia. Centrada em …

Aulas do 1.º ciclo em escola de Lisboa suspensas. Escola em Viseu fecha portas

As aulas do 1.º ciclo na escola pública das Laranjeiras, em Lisboa, foram suspensas, devido à falta de funcionários em número suficiente, já que um destes testou positivo para a covid-19. De acordo com o Agrupamento …

PCP de "espírito aberto" para conversações sobre OE, mas recusa "chantagens"

O PCP encara as conversações sobre o Orçamento do Estado de 2021 com “espírito aberto”, sem “linhas vermelhas ou azuis”, mas recusa “chantagens” e “pressões” do primeiro-ministro, disse este domingo o secretário-geral dos comunistas. Numa conferência …

Os dinossauros conquistaram o mundo após uma extinção em massa na Terra

Uma equipa internacional de cientistas identificou um evento anteriormente desconhecido de extinção massiva da vida na Terra que ocorreu há 223 milhões de anos e desencadeou a conquista do mundo pelos dinossauros. O estudo liderado por …

FinCEN Files. Isabel dos Santos e marido envolvidos em investigação aos maiores bancos mundiais

Isabel dos Santos e Sindika Dokolo estão entre os clientes confidenciais de bancos que foram reportados às autoridades norte-americanas, segundo uma investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ). A empresária angolana Isabel dos Santos …