Yulia Skripal já recebeu alta hospitalar

Yulia Skripal / Facebook

Yulia Skripal foi encontrada inconsciente num banco, no Reino Unido

A filha do ex-espião russo, envenenada no passado dia 4 de março em Salisbury, teve alta hospitalar e foi transportada para um lugar seguro.

Segundo a BBC, Julia Skripal, filha do antigo espião russo Sergei Skripal – que também foi alvo do suposto ataque com gás nervoso – tinha comunicado na semana passada, através das autoridades policiais britânicas, que estava a recuperar.

A russa de 33 anos afirmou que foi alvo de um incidente “desconcertante” mas que a sua “força aumenta de dia para dia” e pediu respeito à sua privacidade neste momento de recuperação.

Esta terça-feira, uma fonte anónima confirmou à BBC que Yulia já teve alta hospitalar e foi transportada para um local seguro.

Na última sexta-feira, o hospital também informou que o ex-espião russo já não está em estado crítico e a sua saúde está a melhorar “rapidamente”.

Os Skripal foram alvo de um ataque com gás nervoso de fabrico militar identificado como Novichok produzido na Rússia, o que levou o Governo britânico a levar a cabo represálias contra Moscovo, expulsando de Londres 23 diplomatas russos.

De seguida, vários países da União Europeia, assim como EUA e Canadá, também decidiram expulsar diplomatas russos em solidariedade com o Reino Unido.

Moscovo continua a negar qualquer envolvimento no envenenamento e os cientistas britânicos ainda não conseguiram provar que o veneno usado seja russo.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • E como sabe isso? Tem provas? Então se tem, comunique à May… É que ela não tem (como “diz” no último parágrafo)… Provavelmente isso não acontece na Rússia, mas na Europa (onde existe um Estado e direito) são TODOS inocentes antes de provar que são culpados (ou inocentes). Se queremos ser “melhores” que o Putin não podemos considerar que são culpados antes de ser provado (ou não) seja o que fôr. A menos que o José seja a favor de uma ditadura…

RESPONDER

Internamentos voltam a diminuir. Há mais 979 casos e 41 mortes

Portugal registou esta quarta-feira 979 novos casos de infeção por covid-19 e mais 41 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Festas ilegais aumentaram nos últimos 15 dias. PSP já deixa avisos para a Páscoa

Numa altura em que a população já está confinada há mais de um mês, a tendência é cada vez mais para sair de casa e procurar algum contacto social. Por isso mesmo, a PSP já …

Pediatras pedem reabertura urgente das escolas. Professores querem ser consultados na elaboração do plano

A Sociedade Portuguesa de Pediatria defende a reabertura urgente das escolas especialmente o ensino pré-escolar e nos 1º e 2º ciclos do ensino básico, chamando a atenção para as consequências do fecho no desenvolvimento das …

Ventura propõe tirar subvenções a políticos condenados a mais de três anos de prisão

O deputado único do Chega entregou esta terça-feira no parlamento um projeto de lei para retirar, incluindo retroativamente, as subvenções vitalícias a ex-titulares de cargos políticos condenados por crimes "com pena de prisão superior a …

PGR analisa carta que culpa o Governo por "borla fiscal" à EDP na venda de barragens

O Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) está a analisar uma carta do Movimento Terra de Miranda que questiona a autorização dada pelo Governo à venda de seis barragens transmontanas por parte da …

Biden prevê vacinas para todos os adultos antes do fim de maio

Joe Biden assegura que até maio o país terá vacinas suficientes contra o covid para todos os adultos do país, dois meses antes do previsto. O presidente do EUA anunciou que até ao final de maio …

Pandemia não é “uma competição ou um concurso de beleza entre países”

O presidente da Aliança Global para as Vacinas (GAVI), Durão Barroso, defende que o processo de vacinação mundial contra a covid-19 não deve ser “uma competição ou um concurso de beleza entre países” e lança …

Sarkozy admite recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos

O ex-Presidente francês admite recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos contra a sua condenação a três anos de detenção, um em prisão efetiva, por corrupção e tráfico de influência. Numa entrevista ao jornal Le Figaro, …

Apoio à família vai ser alargado a mais pais em teletrabalho. Tudo graças à oposição

Esta quarta-feira, vai subir a plenário o texto final que altera o apoio excecional à família para que chegue a mais portugueses. O alargamento do universo de potenciais beneficiários está no horizonte, nomeadamente com a …

"Espiar, atacar, reprimir". Militares em Myanmar usam tecnologia ocidental para enfraquecer manifestantes

Durante quase 50 anos de ditadura militar, os generais birmaneses usavam "ferramentas totalitárias" arcaicas. Agora, os militares que tomaram o poder em Myanmar têm "um arsenal muito mais sofisticado à sua disposição" Desde que o golpe …