De Wuhan a Santa Maria da Feira. Crise não abala a Louis Vuitton que reforça aposta no “made in Portugal”

Atepeli, Lda / Facebook

Atepeli abre fábrica em Santa Maria da Feira para produzir para a Louis Vuitton.

A marca de luxo Louis Vuitton reforçou o seu investimento em Portugal, com a abertura de mais uma fábrica para a produção de componentes de sapatos em Santa Maria da Feira. A empresa mantém a confiança na qualidade do made in Portugal numa altura em que está a investir também na expansão na China.

A Louis Vuitton já tinha fábricas em Portugal, em Ponte de Lima, em Lousada e em Penafiel, mas vai instalar-se agora em São João de Ver, no concelho de Santa Maria da Feira.

A marca de luxo trabalha com o Atepeli – Ateliers de Portugal, Lda que produz especificamente para a Louis Vuitton e que está em fase de instalação na nova fábrica.



“Recentemente terminou o período de formação inicial do primeiro grupo admitido no novo atelier de Santa Maria da Feira, para produção de componentes de calçado”, revela a Atepeli nas suas redes sociais.

São as primeiras 15 pessoas, um dia seremos mais de 200“, afiança a empresa que está a contratar trabalhadores “com experiência em costura de calçado”.

O valor do investimento da Louis Vuitton em Santa Maria da Feira não foi revelado.

O presidente da Câmara de Santa Maria da Feira, Emídio Sousa, revelou ao Dinheiro Vivo que não tem conhecimento do valor investido, mas considerando o terreno, a construção e o equipamento necessário, “estaremos sempre a falar, grosso modo, em qualquer coisa como 10 milhões de euros“, avalia.

A marca de luxo investiu 6,5 milhões de euros na unidade de Penafiel, a mais recente que abriu em Portugal.

A escolha de Santa Maria da Feira para abrir mais uma fábrica pretende aproveitar a tradição que o concelho tem na indústria do calçado.

Wuhan foi escolha simbólica e nada inocente

A líder mundial da indústria de luxo escolheu a cidade de Wuhan, onde terá tido origem a pandemia de covid-19, como ponto de partida para a sua exposição itinerante pela China intitulada “See LV”.

A exposição faz uma retrospectiva dos 160 anos da marca parisiense com o intuito de mostrar a sua autenticidade para agradar ao público fiel e para conquistar novos consumidores.

Wuhan foi uma escolha simbólica, visando reforçar a estratégia de expansão da marca na China.

Oficialmente, a Louis Vuitton refere que Wuhan foi escolhida pelo seu “património histórico e cultural rico” e pela “força” empresarial por ser “uma das maiores cidades da China”.

Mas a escolha de Wuhan é uma mensagem de confiança da marca no mercado chinês, numa altura em que o mundo ainda se debate com a pandemia.

Com as vendas a decrescerem noutros países devido ao confinamento e à pandemia, o grupo francês tem expectativas de que o mercado de luxo cresça na China cerca 30% só até ao fim deste ano. Assim, está empenhado em reforçar os bons resultados no mercado asiático.

Estudos realizados antes da pandemia estimavam que, até 2025, a maioria dos consumidores chineses do segmento de luxo compraria os seus produtos preferidos no interior da China. A crise de covid-19 deverá reforçar essa tendência.

“Pandemia reforçou as marcas mais fortes”

Apesar da crise pandémica, o grupo a que a Louis Vuitton pertence, o LVMH, conseguiu limitar as perdas, com uma redução das vendas inferior ao que estava previsto no terceiro trimestre do ano. A queda foi de apenas 7% quando as expectativas eram de 12%.

Além disso, o grupo registou uma recuperação visível na Ásia, com um aumento de 13% nas vendas fora do Japão.

“Estes números mostram, claramente, que o apetite pelos produtos de luxo não desapareceu com a crise de covid-19″, salienta uma análise do banco de investimentos Bryan Garnier.

“Acreditamos mesmo que a pandemia reforçou as marcas mais fortes e as mais icónicas em detrimento das mais pequenas”, realça ainda a instituição financeira.

A Louis Vuitton mostra a sua resiliência em tempos adversos, também numa altura em que a sua imagem ficou abalada depois da suspensão controversa do processo de aquisição da joalharia norte-americana Tiffany por 16 mil milhões de dólares.

  SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Comissão de inquérito ao Novo Banco. PSD frisa "maioria popular", PS queixa-se de "partidarite"

Os partidos apreciaram, esta sexta-feira, o relatório final da comissão de inquérito ao Novo Banco, aprovado em julho, com o PSD a destacar a "maioria popular" nas conclusões e o PS a criticar a "partidarite" …

"Falta de respeito". Patrões abandonam Concertação Social e pedem audiência a Marcelo

As quatro confederações patronais suspenderam, esta sexta-feira, a sua participação nas reuniões da Concertação Social e decidiram solicitar uma audiência ao Presidente da República, perante a "desconsideração do Governo pelos parceiros sociais" na discussão sobre …

Parlamento aprova diplomas para alargar gratuitidade das creches e "direito ao esquecimento"

O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, um projeto-lei para o alargamento da gratuitidade das creches e de soluções equiparadas e ainda um diploma que consagra o "direito ao esquecimento". A Assembleia da República aprovou um projeto-lei do …

Costa está muito empenhado num acordo pelo OE, mas não "a qualquer preço"

O primeiro-ministro disse, esta sexta-feira, que o Governo vai fazer tudo ao seu alcance para chegar a um acordo sobre o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), mas advertiu que "um acordo não se obtém …

Evergrande escapa por um triz ao default e garante o pagamento de juros de 71.7 milhões de euros

A gigante imobiliária chinesa conseguiu cumprir com o pagamento dos juros no limiar do fim da extensão do prazo. No entanto, persistem os receios sobre a possibilidade da crise na China contagiar a economia mundial. A …

Pessoas a andar na rua em Viena, Áustria

Em caso de apagão geral, Áustria é o primeiro país europeu a ter um Plano B(lackout)

E se houvesse um apagão que afetasse todo o continente europeu? O cenário é o argumento que o Ministério da Defesa austríaco tem usado para enviar um aviso à população desde o início deste mês. A …

Só um terço das empresas em Portugal têm gestores com um curso superior

O estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos refere que este valor é negativo para o país já que a formação superior dos gestores está associada à produtividade e há maior probabilidade da empresa começar …

Governo avança com desconto de 10 cêntimos por litro nos combustíveis para as famílias

O Governo vai criar um desconto de dez cêntimos por litro nos combustíveis para todas as famílias, até 50 litros por mês. Uma medida que estará em vigor entre novembro deste ano e março do …

Inês Sousa Real, porta-voz do PAN

PAN já enviou memorando de entendimento ao Governo

O partido Pessoas–Animais–Natureza enviou ao Governo, esta sexta-feira, o memorando de entendimento com cerca de 60 propostas, no âmbito do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "O PAN fez chegar ao Governo um memorando do qual …

Alterações ao Orçamento de 2021 custaram, afinal, muito mais do que o estimado pelo Governo

Apenas duas das 291 medidas adicionadas representaram um impacto anual de 88 milhões de euros, com o Governo a calcular, durante a especialidade, que a totalidade custaria 3,2 milhões de euros. As alterações feitas ao Orçamento …