Will Smith abandona academia dos Óscares e diz-se disponível para aceitar consequências adicionais

6

(cv)

O momento em que Will Smith esbofeteou Chris Rock.

O momento em que Will Smith esbofeteou Chris Rock.

Em comunicado, o ator voltou a pedir desculpa, incluindo à Academia e aos restantes vencedores da noite.

Will Smith anunciou ontem que vai abdicar do seu estatuto de membro da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood na sequência do incidente da última semana, no qual o ator bofeteou o humorista Chris Rock durante a 94.ª cerimónia de entrega dos Óscares. Num comunicado, o ator referiu-se às suas ações como “chocantes, dolorosas e sem desculpas”, adicionando que aceita qualquer consequência adicional que o Conselho da Academia decida.

“A lista daqueles que eu magoei é longa e incluiu o Chris, a sua família, muitos dos meus amigos e familiares, todos na cerimónia, e o público em todo o mundo. Traí a confiança da Academia. Impedi outros nomeados e vencedores da sua oportunidade de celebrar e serem celebrados pelo seu trabalho extraordinário. Estou destroçado.”

Na declaração, Will Smith também admitiu que as suas ações prejudicaram o reconhecimento dos outros vencedores da noite. “Quero devolver o foco àqueles que merecem a atenção pelas suas conquistas e permitir à Academia a retoma do incrível trabalho que faz para apoiar a criatividade e a arte no cinema.”

O comunicado terminou com uma promessa de mudança: “mudar demora o seu tempo e estou comprometido em trabalhar de modo a assegurar que nunca mais permita que a violência se sobreponha à razão.”

A agressão de Will Smith a Chris Rock aconteceu no seguimento de uma piada que o humorista fez acerca de Jada Pinkett Smith, mulher de Will, que remetia para o seu cabelo rapado, uma consequência da alopecia, doença de que a atriz sofre. Na quarta-feira, a Academia já havia anunciado a abertura de um processo contra o ator, com a possibilidade de este ser expulso.

  ZAP //

6 Comments

  1. “disponível para aceitar”?
    Que remédio tem ele!…
    Lá por ser milionário não tem direito de andar por aí a agredir pessoas, ainda por cima, em público!

    • O provocador é o que foi agredido em público?
      E que esse levou um estadão numa cerimónia vista em todo o mundo e, quem se riu bastante, momentos antes disso, foi quem lho deu – agora tem se responsabilizar pelos seus actos.

  2. O ministro da economia do Brasil disse a empresários que a esposa do presidente frances era “velha e feia”, ganhou risadas. Depois do ato do Will teríamos um corajoso para subir no palanque e dar-lhe um tapa bem dado? E para a assessora do mesmo ministro que disse ser bom morrer velhos de Covid para beneficiar a “saúde” da Previdencia do Governo nazi-fascista? E o presidente Bozofrênico que imitou uma pessoa morrendo de Covid-19, com falta de ar? Como não dar-lhe um tapa? Temos mais casos nojentos.

  3. Nao podemos atirar pedras. Todos temos telhados de vidro o que é apedrejado verbalmente estánum sofimento terrível e ainda leva uma pedrada. Em pessoas “ditas civilizadasisto não devia acontecer”. Eu já passei por uma situação dessas .Não reagi à bofetada mas não fiquei calada. Em memória da minha falecida filha deixo o meu comentário

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.