Web Summit continua em Portugal por mais 10 anos

Miguel A. Lopes / Lusa

Abertura da Web Summit, em Lisboa

A Web Summit veio para ficar. A cimeira de tecnologia e inovação vai continuar a ser realizada em Lisboa por mais uma década, anunciou oficialmente a organização nesta quarta-feira.

“Paddy Cosgrave, CEO do Web Summit, António Costa, Primeiro-ministro de Portugal, e Fernando Medina, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, anunciaram hoje que Lisboa continuará a ser a cidade anfitriã do Web Summit durante a próxima década“, anunciou a organização através de um comunicado.

A continuidade da Web Summit na capital portuguesa por mais 10 anos foi anunciada oficialmente, numa cerimónia que decorreu na Altice Arena, no Parque das Nações, local que tem acolhido a cimeira nos últimos dois anos, a par da FIL.

O anúncio contou com a presença de Paddy Cosgrave, António Costa e Fernando Medina. Na cerimónia esteve presente também o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, que participou na sessão de perguntas e respostas, após a saída do primeiro-ministro.

“Os apoios anunciados são de 11 milhões por ano“, disse o ministro da Economia, acrescentando que no acordo está contemplada uma “cláusula de rescisão. Caso a Web Summit sair há uma indemnização prevista para compensar o esforço que Portugal está a fazer”, apontou.

De seguida, o presidente da Câmara explicou que parte do investimento será alocado ao Fundo de Desenvolvimento Turístico do município. A par disto, será também feita a expansão da FIL, que ficará com instalações “quase duas vezes e meia a área atual”, disse Fernando Medina, apontando que a intervenção será realizada “em vários anos”.

Quanto ao investimento para esta obra, Medina escusou-se a estimar um número, mas afirmou que o dinheiro também será proveniente do fundo criado com a Taxa Municipal Turística, a par de investimento privado.

A notícia foi avançada pela Antena 1 nesta terça-feira, que dava conta que o Governo e a organização da feira tecnológica – uma das maiores do mundo – já tinham acertado a continuidade na cidade de Lisboa.

A renovação do acordo entre os organizadores e Lisboa acontece por “cinco anos, que são renováveis por mais cinco”. A edição deste ano, a terceira realizada no país, vai ocorrer entre os dias 5 e 8 de novembro.

A informação, que foi depois confirmada pela à Lusa, surgiu no mesmo dia em que a organização da Web Summit partilhou, através das suas redes sociais, uma publicação revelando que tinha “novidades” sobre o evento.

Existiam várias cidades na corrida pela cimeira tecnológica, entre as quais a cidade espanhola de Valência, que apresentou a sua candidatura a 4 de junho. Madrid e Londres estavam também na corrida.

A Web Summit nasceu na Irlanda em 2010. O governo irlandês pagou 700 mil euros para ter a sede da cimeira em Dublin durante três anos e Portugal investiu 3,9 milhões para ser anfitrião do evento em Lisboa até 2018. O contrato vigente previa a possibilidade de extensão do contrato por mais dois anos, nota o Sapo 24.

Na segunda edição do evento em Portugal, em 2017, participam 59.115 pessoas de 170 países, entre os quais mais de 1.200 oradores, duas mil startups, 1.400 investidores e 2.500 jornalistas.

Na edição deste ano – que decorre de 5 a 8 de novembro -, são esperados cerca de 70 mil participantes oriundos de 170 países de todo o mundo.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Supremo Tribunal da Austrália anula sentença do cardeal George Pell, condenado por pedofilia

O Supremo Tribunal da Austrália anulou esta terça-feira a sentença de seis anos de prisão imposta ao cardeal George Pell, ex-tesoureiro do Vaticano, por abuso sexual de dois menores nos anos 90. O plenário dos juízes …

Morreu Catarina Sena, subdiretora-geral da Saúde, aos 47 anos

Catarina Sena, subdiretora-geral da Saúde, morreu esta segunda-feira, aos 47 anos, vítima de doença prolongada. Administradora hospitalar e especialista em planeamento em gestão, era subdiretora-geral da Saúde desde 2008, tendo trabalhado com Francisco George e …

Quarentena deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus estão a deixar a Terra mais silenciosa - pelo menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. A atividade humana, como a circulação de pessoas e …

Descobertas duas anãs brancas que orbitam entre si a cada 20 minutos

Cientistas do Harvard & Smithsonian Center, nos Estados Unidos, descobriram uma anã branca binária composta por duas estrelas com um núcleo de hélio que orbitam entre si a cada 1.201 segundos, isto é, pouco mais …

Dispositivo de grafeno pode transformar sinais de Wi-Fi em energia

A tecnologia do carregamento sem fio não é muito mais útil do que conectar o telemóvel a um cabo, já que, de qualquer das maneiras, precisamos de estar em contacto com o carregador. No entanto, …

Descobertas filmagens inéditas de um centro de espionagem da II Guerra Mundial

Foi descoberta uma rara filmagem da instalação militar secreta Bletchley Park, no Reino Unido. Este centro de espionagem atuou durante a II Guerra Mundial e foi responsável por decifrar códigos alemães durante o período nazi. O …

Montezemolo revelou o sonho que Ayrton Senna não cumpriu

O antigo presidente da equipa da Ferrari, Luca di Montezemolo, revelou que o seu maior arrependimento foi não ter conseguido levar Ayrto Senna para a equipa. Em 1994, Ayrton Senna morreu de forma trágica quando perdeu o …

Friends: atores já terminaram as gravações do episódio especial

Ainda antes de os talk shows serem suspensos devido à COVID-19, Matt LeBlanc foi um dos convidados do The Kelly Clarkson Show, onde confirmou que as gravações do episódio especial de FRIENDS estavam concluídas. O programa …

YouTube remove vídeos com teoria da conspiração que liga covid-19 ao 5G

A onda de teorias falsas que ligam a pandemia da COVID-19 ao 5G levou a uma série de incidentes, incluindo ameaças a funcionários de operadoras e ataques a antenas de telecomunicações. Agora, o YouTube está …

Engenheiros construiram um ventilador caseiro. Pode servir como "último recurso"

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, construiu um ventilador caseiro que pode ser usado como último recurso. A pandemia de covid-19 continua a desafiar as comunidades médicas e uma das ameaças …