VPN do Facebook espia os utilizadores

O Facebook está a incluir na sua aplicação para telemóveis uma nova opção intitulada “Protect” que, afinal, serve sobretudo para fazer espionagem empresarial, permitindo à rede social roubar ideias e ganhar vantagem sobre a concorrência.

O alerta é lançado pelo site de tecnologia TechCrunch que explica que a opção “Protect” (Proteger em português) direcciona os utilizadores da aplicação para telemóveis do Facebook para a App Store, desafiando-os a instalar o serviço Virtual Private Network (VPN) chamado Onavo.

A Onavo surge, assim, como uma ferramenta VPN, ou seja, um sistema de protecção de dados e de privacidade que permite encriptar as informações dos utilizadores quando estes visitam sites, de modo a não serem rastreados.

Embora “mascarem” a actividade dos utilizadores, não permitindo a terceiros a recolha de dados dos mesmos, as VPN´s podem registar tudo o que os seus clientes fazem online. E é precisamente isso que a Onavo faz, mas sob a “máscara” da protecção e com um intuito que passa precisamente pela recolha de dados para uso próprio – já que o Facebook não é uma empresa de Segurança Informática.

Na App Store nota-se que que a Onavo “guarda com segurança os logins de websites e informações pessoais, como contas bancárias e números dos cartões de crédito”, protegendo as “informações privadas dos websites móveis maliciosos, de phishing e não seguros, que podem ver e partilhar as suas informações privadas”.

Aquilo que não se explica é que a Onavo permite ao Facebook saber tudo o que as pessoas fazem nos seus telemóveis, mesmo fora do âmbito da rede social. A ferramenta permite à empresa monitorizar os hábitos no uso da Internet global, conseguindo rastrear informações sobre outras aplicações e sobre a forma como os utilizadores interagem com ela.

É, assim, uma ferramenta preciosa em termos de espionagem empresarial. A Onavo “permite ao Facebook monitorizar a actividade dos utilizadores entre aplicações”, o que dá à rede social “uma grande vantagem em termos de detectar novas tendências em todo o vasto ecossistema mobile“, explica o TechCrunch.

O Facebook pode através da ferramenta perceber em primeira mão que “aplicações estão a tornar-se grandes sucessos”, quais estão a crescer mais lentamente e que “características novas” dessas aplicações estão a resultar melhor com os utilizadores, refere o site tecnológico.

Onavo permitiu “esmagar” rede social em crescimento

A rede social de Mark Zuckerberg já terá tirado partido dos dados da Onavo para ober vantagem relativamente à concorrência, nomeadamente na “batalha com o Snapchat”, segundo o TechCrunch.

Um artigo de Agosto de 2017 do The Wall Street Journal mencionava precisamente este dado, realçando que o Facebook conseguiu perceber antecipadamente que o lançamento da funcionalidade “Histórias” no Instagram, rede social de que é proprietária, estava a afectar negativamente o crescimento do Snapchat, a rede social focada nos telemóveis que se baseia na criação de mensagens instantâneas para Android e iOS.

O TechCrunch acrescenta que a Onavo também permitiu ao Facebook “esmagar” uma outra rede social, vocacionada para adolescentes, que não chegou a afirmar-se, integrando uma das suas funcionalidades que estaria a ter grande sucesso nos telemóveis.

A VPN do Facebook não estará disponível para os utilizadores de todo o mundo. A rede social confirma ao TechCrunch que a Onavo está neste momento disponível nos EUA em dispositivos iOS. Mas o site frisa que terá também utilizadores no Brasil e na Índia e que já terá sido detectada, em 2016, no Reino Unido.

O Gestor de Produto da Onavo, Erez Naveh, explica ao site tecnológico que “como outras VPNs”, esta “actua como uma ligação segura para proteger as pessoas de sites potencialmente perigosos”.

Naveh também reconhece que “a aplicação pode recolher dados de tráfego mobile para ajudar a reconhecer tácticas que agentes maus utilizam”, destacando que isso “ajuda a ferramenta a funcionar melhor” ao longo do tempo, mas não confirmando os aspectos maliciosos da Onavo.

SV, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. edge-chat.facebook.com,0-edge-chat.facebook.com,1-edge-chat.facebook.com,2-edge-chat.facebook.com,3-edge-chat.facebook.com,4-edge-chat.facebook.com,5-edge-chat.facebook.com,6-edge-chat.facebook.com
    O facebook já nos espia diariamente basta ligar e estamos constantemente a ser monitorizados por 7 paginas que mostram que está online ou esteve á 1 minuto no facebook mesmo com o chat desligado.
    por isso o facebook não tem privacidade nenhuma.

  2. A partir do momento em que as nossas mensagens passam pelo server de alguém, esse alguém pode ver – nao tenhamos ilusões. Mesmo que sejam cifradas, esemplo whatsapp: são eles que cifram as mensagens.
    Nem mesmo os SMS’s escapam, também passam pelos servers dos operadores/fornecedores de telefonia móvel.
    O único modo è cifrar ANTES de enviar, con software independente que não se baseie em servers de ninguém.

  3. isto ja começa a cheirar a paranoia , e no entanto todos os dias temos escandalos de milhoes,ameças a nossa segurança, pelos vistos gastam rios de dinheiro a espiar o cidadao comum e quem supostamente devia ser mais controlado,anda impune

RESPONDER

Planetas anormalmente gigantes detetados a orbitar uma estrela jovem

Investigadores identificaram uma jovem estrela com quatro planetas do tamanho de Júpiter e de Saturno em órbita, a primeira vez que tantos enormes planetas foram detetados num sistema tão jovem. O sistema também quebrou o recorde …

Diminuição de insetos tem efeitos "inimagináveis" para os seres humanos

A diminuição do número de insetos é um problema muito mais grave do que se julgava. Nova investigação afirma que essa diminuição põe em causa cadeia alimentar e traz "consequências inimagináveis para os seres humanos". O …

Cientistas confirmam que os eletrões são perfeitamente redondos

Com uma precisão sem precedentes, cientistas mediram a forma da carga de um eletrão confirmando que é extremamente redonda. O resultado apoia o Modelo Padrão das Partículas Física e força a revisão de várias teorias …

Morte de Khashoggi foi um "erro monumental". Riade diz não saber do corpo

Em entrevista à Fox News, o ministro dos Negócios Estrangeiros saudita, Adel al-Jubeir, afirmou neste domingo não saber onde se encontra o corpo do jornalista Jamal Khashoggi, considerando que a sua morte foi um "erro monumental". …

Médicos voltam a integrar Conselho Nacional de Saúde após renúncia do presidente

A Ordem dos Médicos decidiu voltar a integrar o Conselho Nacional de Saúde, após a renúncia ao cargo do atual presidente do organismo, disse à agência Lusa o bastonário. De acordo com Miguel Guimarães, o Conselho …

Numa vila turca, os muçulmanos têm rezado na direção errada durante décadas

Os muçulmanos de uma pequena aldeia no oeste da Turquia foram obrigados a ajustar as suas orações, depois de descobrirem que estavam a rezar na direção errada durante décadas.  A descoberta partiu do imã Isa Kaya, …

Há um superaglomerado de galáxias escondido no Universo primitivo

É a maior estrutura astronómica alguma vez conhecida do antigo Universo. As evidências sugerem que a sua massa seja equivalente às maiores estruturas encontradas no Universo atual. A equipa de investigadores, liderada por Olga Cucciati, do …

Trump anuncia saída dos EUA de tratado nuclear com a Rússia

Os Estados Unidos vão retirar-se de um tratado sobre armas nucleares assinado com a Rússia durante a Guerra Fria, anunciou hoje o presidente norte-americano, Donald Trump, acusando Moscovo de violar o acordo “há muitos anos”. “A …

Os portugueses têm menos filhos do que gostariam

A diretora da representação do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) disse que em Portugal a fertilidade desejada está bastante abaixo da realizada, tendo o país uma taxa de fecundidade baixa. Mónica Ferro, que neste …

"Piranha" da era dos dinossauros aterrorizou os mares do Jurássico

Uma nova espécie de peixe, semelhante a uma piranha e que viveu há 150 milhões, no tempo dos dinossauros, é descrita na edição desta sexta-feira da revista científica Current Biology. O peixe ósseo tinha dentes como …