Votação do Brexit pode ter sido influenciada por ataque de hackers

-

O Parlamento britânico admite que um site que permitia aos cidadãos do Reino Unido registarem-se para poderem votar no referendo que decretou a saída do país da União Europeia, pode ter sido alvo de um ataque de hackers de nações estrangeiras, com vista a influenciar o sentido de voto.

Este dado consta do relatório de uma Comissão do Parlamento do Reino Unido que foi divulgado nesta quarta-feira pela agência Reuters.

O site em causa ficou indisponível pouco antes de terminar o prazo para que os britânicos pudessem inscrever-se para votar no referendo que terminou com a vitória do Brexit.

Depois disso, o governo decidiu prolongar a data final para essa inscrição, atribuindo a falha do site ao excesso de acessos.

Mas agora, o Comité de Administração Pública e Assuntos Constitucionais (PACAC na sigla original em inglês) do Parlamento britânico assume que o site pode, afinal, ter sido alvo de um ataque de hackers do tipo DOS (Denial of Service).

“O PACAC está profundamente preocupado com estas alegações quanto à interferência estrangeira”, aponta-se no relatório que faz referências à China e à Rússia, embora sem atribuir a estes países responsabilidades directas pelo ataque, conforme cita a Reuters.

Rússia e China e a psicologia de massas

“O entendimento dos EUA e do Reino Unido do “ciber” é predominantemente técnico e baseado em redes de computador. Por exemplo, a Rússia e a China usam uma abordagem cognitiva baseada no entendimento da psicologia de massas e de como explorar indivíduos”, escrevem os deputados.

“As implicações deste diferente entendimento do ciber-ataque, como puramente técnico ou como indo além do digital para influenciar a opinião pública, para interferência em eleições e referendos, são claras”, concluem os parlamentares britânicos.

A Rússia já foi acusada de ter influenciado as eleições para a presidência dos EUA, em 2016. Neste ano, surgiram também notícias sobre a eventual tentativa de influência do país da Europa de Leste nas eleições para a presidência de França.

O jornal The Guardian avança também, que o Reino Unido tem sido alvo de ataques de hackers “patrocinados pelo Estado russo” para “roubar segredos de defesa e de política internacional”, citando alegações de um elemento do GCHQ, serviço de inteligência britânica.

De acordo com o mesmo jornal, o Centro de Cibersegurança Nacional do Reino Unido bloqueou “34,550 ataques potenciais” a departamentos e a membros do governo, no decurso de apenas seis meses, o que dá “cerca de 200 casos por dia”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Continuem a tomar decisões importantes com o uso de tecnologia, depois queixem-se. Qualquer hacker de jeito, faz o que quer. Papel e caneta volta estás perdoado.

RESPONDER

Tribunal aceita afastamento de juiz Paulo Registo do caso Football Leaks

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) aceitou o pedido de escusa apresentado pelo juiz Paulo Registo, a quem foi distribuído o processo de Rui Pinto, criador do Football Leaks. Segundo o acórdão do TRL, a …

Governador do Rio de Janeiro acusado de fraude com hospitais de campanha

O Ministério Público brasileiro indicou ter reunido provas de que o governador do Rio de Janeiro comandou uma organização que defraudou a construção de hospitais de campanha, no âmbito do combate à covid-19. De acordo com …

Centeno já cativou mais de 1025 milhões de euros no Orçamento de 2020

As cativações no Orçamento do Estado (OE) para 2020 ascendem a 1025,5 milhões de euros, revelou o boletim da Direção-Geral do Orçamento relativo a abril, montante inferior ao do OE 2019. Segundo avançou o Expresso esta …

Supremo Tribunal anula presidência parlamentar de Juan Guaidó

Esta terça-feira, o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela reconheceu como presidente do parlamento Luís Parra, um dissidente da oposição. O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela (STJ) declarou nula a junta de direção da Assembleia …

Há 285 novos casos de covid-19. São quase todos na Grande Lisboa

A região de Lisboa continua a registar o maior número de novos casos de covid-19 registados no país. A Direcção Geral de Saúde (DGS) anuncia hoje 31.292 infectados com o coronavírus, mais 285 do que …

Com bens arrestados e a filha a pagar contas, é quase impossível cobrar multa de 3,7 milhões a Ricardo Salgado

O Tribunal Constitucional confirmou a multa de 3,7 milhões de euros que foi aplicada pelo Banco de Portugal ao banqueiro Ricardo Salgado, mas é quase impossível cobrar esse valor. O ex-presidente do BES tem os …

França suspende tratamentos com hidroxicloroquina

O Governo francês decidiu esta quarta-feira suspender os tratamentos à base de hidroxicloroquina para pacientes infetados com a covid-19. O Executivo revogou o decreto de 11 de maio que autorizava a prescrição e a administração …

Decisão unânime. Deputados vão pedir para ver contrato de venda do Novo Banco (e para ouvir Carlos Costa)

Os deputados da comissão de orçamento e Finanças aprovaram esta quarta-feira por unanimidade o requerimento do Bloco de Esquerda para que seja entregue ao parlamento o contrato de venda do Novo Banco ao Lone Star. Segundo …

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de Bruxelas. 15,5 mil milhões a fundo perdido

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de euros em subvenções e empréstimos no âmbito do Fundo de Recuperação da União Europeia (UE), após a crise da covid-19, que ascende a um total de 750 mil …

"Taxa covid" cobrada por clínicas e hospitais privados não é ilegal (e pode alastrar ao comércio)

Aumentaram, nos últimos dias, as queixas à DECO, a Associação de Defesa do Consumidor, relacionadas com o pagamento de taxas adicionais no acesso a hospitais e clínicas privadas. Taxas que se destinam a pagar os …