Votação do Brexit pode ter sido influenciada por ataque de hackers

-

O Parlamento britânico admite que um site que permitia aos cidadãos do Reino Unido registarem-se para poderem votar no referendo que decretou a saída do país da União Europeia, pode ter sido alvo de um ataque de hackers de nações estrangeiras, com vista a influenciar o sentido de voto.

Este dado consta do relatório de uma Comissão do Parlamento do Reino Unido que foi divulgado nesta quarta-feira pela agência Reuters.

O site em causa ficou indisponível pouco antes de terminar o prazo para que os britânicos pudessem inscrever-se para votar no referendo que terminou com a vitória do Brexit.

Depois disso, o governo decidiu prolongar a data final para essa inscrição, atribuindo a falha do site ao excesso de acessos.

Mas agora, o Comité de Administração Pública e Assuntos Constitucionais (PACAC na sigla original em inglês) do Parlamento britânico assume que o site pode, afinal, ter sido alvo de um ataque de hackers do tipo DOS (Denial of Service).

“O PACAC está profundamente preocupado com estas alegações quanto à interferência estrangeira”, aponta-se no relatório que faz referências à China e à Rússia, embora sem atribuir a estes países responsabilidades directas pelo ataque, conforme cita a Reuters.

Rússia e China e a psicologia de massas

“O entendimento dos EUA e do Reino Unido do “ciber” é predominantemente técnico e baseado em redes de computador. Por exemplo, a Rússia e a China usam uma abordagem cognitiva baseada no entendimento da psicologia de massas e de como explorar indivíduos”, escrevem os deputados.

“As implicações deste diferente entendimento do ciber-ataque, como puramente técnico ou como indo além do digital para influenciar a opinião pública, para interferência em eleições e referendos, são claras”, concluem os parlamentares britânicos.

A Rússia já foi acusada de ter influenciado as eleições para a presidência dos EUA, em 2016. Neste ano, surgiram também notícias sobre a eventual tentativa de influência do país da Europa de Leste nas eleições para a presidência de França.

O jornal The Guardian avança também, que o Reino Unido tem sido alvo de ataques de hackers “patrocinados pelo Estado russo” para “roubar segredos de defesa e de política internacional”, citando alegações de um elemento do GCHQ, serviço de inteligência britânica.

De acordo com o mesmo jornal, o Centro de Cibersegurança Nacional do Reino Unido bloqueou “34,550 ataques potenciais” a departamentos e a membros do governo, no decurso de apenas seis meses, o que dá “cerca de 200 casos por dia”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Continuem a tomar decisões importantes com o uso de tecnologia, depois queixem-se. Qualquer hacker de jeito, faz o que quer. Papel e caneta volta estás perdoado.

RESPONDER

O Ciclo Solar 25 vai afetar a vida na Terra (e a NASA explica como)

A cada 11 anos, o Sol inicia um novo ciclo solar, marcado por períodos de violentas erupções e explosões magnéticas. Em dezembro de 2019, teve início um novo ciclo solar. Na semana passada, a NASA e …

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …