Voltar à normalidade “não está longe, mas não é já”, avisa Pfizer

O administrador executivo da Pfizer, Albert Bourla, apelou na quarta-feira para que os governos de todo o mundo não reabram as suas economias demasiado depressa devido ao otimismo gerado pelas vacinas de covid-19.

Bourla, de 59 anos, admitiu que as primeiras campanhas de vacinação contra a covid-19 poderão ter um impacto significativo, porque serão direcionados para os grupos de população mais vulneráveis, como os idosos e os trabalhadores da área da saúde, mas apelou a que não haja uma descompressão imediata, noticiou a agência Lusa.

“Pela pressão para reabrir a economia, [os governos] não devem cometer este erro e descomprimir imediatamente. A vacina é uma ferramenta no controlo desta doença. O momento em que vamos voltar à normalidade não está longe, mas definitivamente não é já”, alertou o administrador executivo.

As declarações de Bourla foram proferidas no dia em que o Reino Unido se tornou no primeiro país a aprovar a vacina contra o novo coronavírus, desenvolvida pela Pfizer e pela empresa alemã de biotecnologia BioNTech.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, classificou como “fantástica” a aprovação do uso da vacina contra covid-19, salientando que vai ajudar as pessoas a recuperar as suas vidas.

“É a proteção das vacinas que no final nos permitirá recuperar as nossas vidas e reiniciar a economia”, acrescentou Johnson que, horas mais tarde, procurou moderar as expectativas sobre a velocidade de distribuição da vacina.

“Penso que, nesta fase, é muito, muito importante que as pessoas não tenham esperanças muito altas sobre a velocidade com que seremos capazes de implementar esta vacina”, corrigiu, durante o debate semanal no parlamento.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Garcia de Orta alerta para risco de pré-catástrofe. Hospital de Loures com doentes ventilados na urgência

O Hospital Garcia de Orta (HGO), em Almada, apresentava, este sábado, um total de 169 doentes com covid-19 internados, dos quais 18 em cuidados intensivos. Já o Hospital de Loures tinha 187 doentes com covid-19 …

Os novos robôs da Samsung fazem pequenas tarefas domésticas (e ainda lhe servem um copo de vinho)

O Samsung Galaxy S21 não é a única surpresa que a empresa tem preparada para 2021. A Samsung apresentou algumas propostas de robôs domésticos, na primeira grande feira de tecnologia do ano. A Samsung levantou um …

Cientistas desenvolveram mini-cérebros (quase) humanos

Cientistas norte-americanos enviaram para a Estação Espacial Internacional (EEI) aglomerados de células nervosas, chamadas de mini-cérebros, que estão, agora, a desenvolver-se de formas que os investigadores não imaginavam ser possível. Os organóides foram criados a partir …

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está …

"Bola de fogo" cruzou o céu sobre o Mediterrâneo a 105 mil quilómetros por hora

Uma "bola de fogo" atravessou o mar Mediterrâneo e o norte de Marrocos na noite de quarta-feira, a 105.000 quilómetros por hora. A bola de fogo foi observada por um projeto científico espanhol a uma velocidade …

Duterte rejeita que a filha o vá suceder na liderança das Filipinas. "Isto não é para mulheres"

O líder das Filipinas, Rodrigo Duterte, descartou, na quarta-feira, a hipótese de a filha o vir a suceder no próximo ano, acrescentando que a presidência não é tarefa para uma mulher por causa das …

"Uma memória a flutuar no oceano." Encontrada, dois anos depois, uma mensagem numa garrafa

Uma mensagem no interior de uma garrafa sobreviveu a uma viagem de dois anos pelo oceano. Recentemente, chegou às mãos de um ativista ecológico, enquanto limpava uma praia da Papua Nova Guiné. Em novembro do ano …

As células imortais de Henrietta Lacks revolucionaram a Ciência

O ano de 1951 foi muito importante no campo da biotecnologia e, surpreendentemente, tudo começou com a chegada de Henrietta Lacks a um hospital norte-americano. Descendente de escravos, Loretta Pleasant nasceu a 1 de agosto de …

Humanidade não será capaz de controlar máquinas superinteligentes, avisam cientistas

Uma equipa de investigadores do Instituto Max Planck para o Desenvolvimento Humano sugere que seria impossível controlar máquinas superinteligentes. A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) continua a evoluir de vento em popa, enquanto alguns cientistas e …

Em 1950, a vacinação em massa salvou a Escócia

Em 1950, Glasgow, na Escócia, viu-se a braços com um surto de varíola e o cenário era muito semelhante ao que vivemos hoje: as autoridades sanitárias tentavam rastrear todos os contactos de pessoas portadoras do vírus, …