Vocalista dos Eagles of Death Metal emociona-se na primeira entrevista após atentados

O vocalista dos Eagles of Death Metal, banda de rock que atuava no Bataclan na noite dos atentados de Paris, prestou um tributo emocionado às vítimas que assistiam ao concerto, afirmando que muitos morreram porque não quiseram abandonar os amigos.

“Uma das razões pelas quais tanta gente morreu foi porque muitos não quiseram deixar para trás os seus amigos”, disse Jesse Hughes à revista Vice, que este domingo divulgou alguns excertos da entrevista.

“Houve pessoas que se colocaram à frente de outras para as proteger”, acrescenta o vocalista dos Eagles of Death Metal.

Com uma voz trémula, Jesse Hughes revelou que todos os jovens que se esconderam no camarim da banda foram assassinados pelos terroristas, à exceção de um que se escondeu debaixo do seu casaco de cabedal.

Entraram no nosso camarim e mataram toda a gente, exceto um miúdo que se escondeu debaixo do meu casaco”, contou o vocalista da banda, num testemunho emocionado sobre o que se passou durante o ataque ao Bataclan na noite de 13 de novembro.

Na entrevista, que vai ser transmitida na íntegra na próxima semana, o vocalista da banda estava sentado ao lado do cofundador dos Eagles of Death Metal, Josh Homme, que não estava no concerto do Bataclan, mas que tinha também um rosto marcado pela tristeza.

Os diversos ataques simultâneos em Paris, reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico, fizeram 130 mortos, dos quais 85 na sala de espetáculos Bataclan.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Surto de sarampo leva Samoa a fechar escolas e serviços. Ativista anti-vacinação detido

Com o objetivo de conter o surto de sarampo que já matou 60 pessoas, o governo de Samoa está a pedir à população que coloque uma bandeira vermelha em frente às casas nais as pessoas …

Poluição do ar leva Sarajevo a cancelar todos os eventos públicos

As autoridades bósnias consideram que a poluição na capital do país, Sarajevo, atingiu níveis perigosos nos últimos dias. Perante a densa nuvem de nevoeiro que paira na cidade, o governo regional decidiu cancelar todos os …

A banana colada à parede que custou 108 mil euros foi comida

A banana mais cara do mundo, presa a uma parede com fita adesiva, foi descascada e comida por um artista que visitava o stand da galeria Perrotin, na feira de arte contemporânea Art Basel, nos …

Empresas norte-americanas reforçam domínio na venda global de armas

O Instituto Internacional de Estudos de Paz de Estocolmo (SIPRI) revelou esta segunda-feira que as empresas norte-americanas aumentaram o domínio no comércio global de armas em 2018, para 59% do volume total entre as 100 …

Faltam medicamentos para doenças crónicas nas Farmácias (e ninguém sabe porquê)

Há medicamentos para doenças crónicas que estão, constantemente, em falta nas Farmácias Portuguesas. Uma situação preocupante, sobretudo para os pacientes que deles precisam, e que não tem uma explicação. A Associação Nacional de Farmácias está …

Mais de dois mil coalas mortos devido aos incêndios na Austrália

O presidente da Aliança das Florestas do Nordeste da Austrália disse que os incêndios florestais que deflagram no leste do país, desde o início de novembro, provocaram a morte a mais de dois mil coalas. O …

Regionalização sem referendo é “golpe de estado palaciano”

Luís Marques Mendes falou este domingo, no habitual espaço de comentário político na SIC, sobre a regionalização, os "tempos difíceis para a direita", Greta Thunberg e Joe Berardo. Houve ainda tempo para falar sobre o …

China diz que detidos em Xinjiang estão "formados" e "vivem felizes"

Um alto quadro do regime chinês afirmou, esta segunda-feira, que os membros de minorias étnicas chinesas de origem muçulmana mantidos em "centros de treino vocacional" no extremo oeste do país já se "formaram" e levam …

Greve geral volta a parar França. Filas de trânsito chegam aos 620 quilómetros

Os acessos a Paris estão, esta manhã, muito complicados devido ao quinto dia de greve contra a reforma das pensões e que afeta sobretudo a rede de transportes na capital francesa. De acordo com as autoridades, …

"Mário Centeno está a perder influência no Governo". Os (maus) sinais para o Orçamento de Estado 2020

A proposta de Orçamento do Estado para 2020 [OE 2020] vai ser apresentada daqui a uma semana e alguns economistas antecipam os riscos do documento, falando de uma "situação potencialmente perigosa para as contas públicas" …