Vladimir Putin anuncia candidatura às eleições presidenciais de 2018

Konstantin Zavrajin / Kremlin / Sputnik / EPA

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

Vladimir Putin anunciou hoje que vai candidatar-se a um quarto mandato nas presidenciais, marcadas para 18 de março de 2018, na Rússia.

O atual presidente russo, Vladimir Putin, anunciou esta quarta-feira que vai recandidatar-se à presidência do país, nas próximas eleições, em 2018.

“Anuncio a minha candidatura ao cargo de presidente da Rússia”, disse Putin durante um encontro com operários da fábrica automóvel GAZ, em Nijni Novgorod, no Volga, transmitido em direto pela televisão. “Não podia encontrar um sítio nem um momento melhor” para o anúncio, disse, sendo fortemente aplaudido pelos operários.

Putin cumpriu dois mandatos presidenciais sucessivos, entre 2000 e 2008. Impedido constitucionalmente de se recandidatar, exerceu posteriormente funções de primeiro-ministro, enquanto o aliado Dmitri Medvedev, no cargo de presidente, alargava o mandato presidencial para seis anos.

Em 2012, quando terminou o mandato de Medvedev, Vladimir Putin voltou a candidatar-se e a ser eleito presidente.

A data da eleição vai ser oficialmente marcada pelo Conselho da Federação, a câmara alta do parlamento russo, entre 7 e 17 de dezembro. No poder há 17 anos e com uma taxa de popularidade de 80%, Putin tem a vitória praticamente assegurada. Caso vença, ficará no poder até 2024.

Os “candidatos veteranos” dos últimos anos – o líder comunista Guenadi Ziuganov, o ultranacionalista Vladimir Jirinovski e o liberal Grigori Iavlinski – já anunciaram a intenção de se recandidatar. A par deles, Ksenia Sobchak, uma vedeta da televisão, também deve ser candidata nestas eleições.

Alexei Navalny, o rival de Putin, quer ser candidato, mas está impedido de o fazer por ter sido condenado judicialmente em casos que, segundo o líder da oposição, tiveram motivação política.

Horas antes do anúncio, Putin foi mais evasivo, ao ser questionado sobre uma candidatura num encontro com jovens voluntários em Moscovo. “Estou sempre convosco”, respondeu quando lhe perguntaram se “estará sempre” com os russos.

“É sempre uma decisão muito importante seja para quem for, porque a motivação deve vir unicamente da vontade de melhorar a vida no país, de o tornar mais poderoso e mais seguro”, disse.

“Se tomar essa decisão, terei o vosso apoio e o dos que pensam como vocês?”, questionou, ouvindo da audiência gritos de “Sim!”, seguidos de fortes aplausos.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Benfica - Aves | Triunfo de águia exuberante e perdulária

O Benfica respondeu ao triunfo do FC Porto no sábado com uma vitória caseira sobre o Desportivo das Aves, por 2-0. O resultado pode indicar algumas dificuldades por parte da formação “encarnada”, mas pode-se dizer, sem …

Aquecimento global no Pleistoceno elevou nível do mar até 13 metros

O aquecimento global no final do período do Pleistoceno, com temperaturas similares às previstas para este século, reduziu a camada de gelo da Antártida oriental e elevou o nível do mar até 13 metros acima …

Autor dos mais famosos estudos sobre comida viu 13 artigos retirados

O famoso investigador norte-americano está envolvido numa polémica, depois de 13 dos seus estudos científicos terem sido retirados de algumas publicações. É provável que nunca tenha ouvido falar de Brian Wansink mas, tal como recorda o …

NASA observa movimentos tectónicos recentes em Marte

A sonda Mars Express da NASA observou fissuras proeminentes em Marte causadas devido à ação de falhas tectónicas que atingiram a superfície do planeta há menos de dez milhões de anos. As imagens foram capturadas …

Mulher que acusa de abuso juiz nomeado por Trump para o Supremo aceita depor

Christine Blasey Ford, a mulher que acusou de agressão sexual o juiz Brett Kavanaugh, nomeado por Donald Trump para o Supremo Tribunal dos Estados Unidos, aceitou testemunhar perante o Senado, na próxima semana, disse neste …

Hubble deteta radiação nunca antes vista numa estrela de neutrões

Uma invulgar emissão de radiação infravermelha, de uma estrela de neutrões próxima, detetada pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA, pode indicar novas características nunca antes vistas. Uma possibilidade é que exista um disco poeirento em redor …

Sócrates acusa direita de estar "empenhada" no processo Marquês

O antigo primeiro-ministro José Sócrates acusou este sábado a direita política portuguesa de estar "empenhada no processo Marquês através da manutenção da procuradora-geral da República". O ex-governante, que esteve neste sábado em Vila do Conde, distrito …

André Ventura vai lançar movimento para destituir Rui Rio

O vereador do PSD em Loures André Ventura vai lançar na próxima semana o movimento Chega, para substituir Rui Rio na liderança e colocar o partido no “espetro ideológico do centro-direita português”. Em comunicado, André Ventura …

Universidade brasileira cria gelado que reduz efeitos colaterais da quimioterapia

Foi criado no Brasil um gelado que ajuda a diminuir os efeitos colaterais da quimioterapia em pacientes com cancro. Desenvolvido por investigadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), o gelado tem três sabores: morango, …

Irmãos portugueses que combatiam pelo Daesh dados como mortos na Síria

Os irmãos Celso e Edgar foram dados como mortos na Síria, revela o jornal Expresso neste sábado. Os dois portugueses eram jiadistas que combatiam pelo autodenominado Estado Islâmico (Daesh). Em Raqqa eram conhecidos pelo seu nome …