Vladimir Putin anuncia candidatura às eleições presidenciais de 2018

Konstantin Zavrajin / Kremlin / Sputnik / EPA

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

Vladimir Putin anunciou hoje que vai candidatar-se a um quarto mandato nas presidenciais, marcadas para 18 de março de 2018, na Rússia.

O atual presidente russo, Vladimir Putin, anunciou esta quarta-feira que vai recandidatar-se à presidência do país, nas próximas eleições, em 2018.

“Anuncio a minha candidatura ao cargo de presidente da Rússia”, disse Putin durante um encontro com operários da fábrica automóvel GAZ, em Nijni Novgorod, no Volga, transmitido em direto pela televisão. “Não podia encontrar um sítio nem um momento melhor” para o anúncio, disse, sendo fortemente aplaudido pelos operários.

Putin cumpriu dois mandatos presidenciais sucessivos, entre 2000 e 2008. Impedido constitucionalmente de se recandidatar, exerceu posteriormente funções de primeiro-ministro, enquanto o aliado Dmitri Medvedev, no cargo de presidente, alargava o mandato presidencial para seis anos.

Em 2012, quando terminou o mandato de Medvedev, Vladimir Putin voltou a candidatar-se e a ser eleito presidente.

A data da eleição vai ser oficialmente marcada pelo Conselho da Federação, a câmara alta do parlamento russo, entre 7 e 17 de dezembro. No poder há 17 anos e com uma taxa de popularidade de 80%, Putin tem a vitória praticamente assegurada. Caso vença, ficará no poder até 2024.

Os “candidatos veteranos” dos últimos anos – o líder comunista Guenadi Ziuganov, o ultranacionalista Vladimir Jirinovski e o liberal Grigori Iavlinski – já anunciaram a intenção de se recandidatar. A par deles, Ksenia Sobchak, uma vedeta da televisão, também deve ser candidata nestas eleições.

Alexei Navalny, o rival de Putin, quer ser candidato, mas está impedido de o fazer por ter sido condenado judicialmente em casos que, segundo o líder da oposição, tiveram motivação política.

Horas antes do anúncio, Putin foi mais evasivo, ao ser questionado sobre uma candidatura num encontro com jovens voluntários em Moscovo. “Estou sempre convosco”, respondeu quando lhe perguntaram se “estará sempre” com os russos.

“É sempre uma decisão muito importante seja para quem for, porque a motivação deve vir unicamente da vontade de melhorar a vida no país, de o tornar mais poderoso e mais seguro”, disse.

“Se tomar essa decisão, terei o vosso apoio e o dos que pensam como vocês?”, questionou, ouvindo da audiência gritos de “Sim!”, seguidos de fortes aplausos.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

“Os Maias” vão deixar de ser de leitura obrigatória no Secundário

Já a partir de setembro, os "Maias" e "A Ilustre Casa de Ramires", obras de Eça de Queirós, deixam de ser leituras obrigatórias no Ensino Secundário. Agora, cabe aos alunos em conjunto com os seus …

23 ex-gestores do BPN recebem carros topo de gama do Estado

A Parvalorem atribuiu a um grupo de altos quadros da empresa, ex-responsáveis do antigo BPN, 23 "viaturas familiares" topo de gama e várias regalias associadas como o pagamento do combustível até 300 euros por mês. O …

Preços praticados pela Airbnb não cumprem lei europeia

A plataforma Airbnb tem até ao final do mês de agosto para explicar os preços que pratica, dado que violam a legislação da União Europeia. A plataforma online de reserva de alojamento tem agora até ao …

Sarcófago negro encontrado no Egito pode pertencer a Alexandre, o Grande

O maior sarcófago já descoberto na cidade de Alexandria, no Egito, vai ser aberto nos próximos dias, depois de permanecer totalmente intacto mais de dois milénios. Os especialistas têm esperanças que o artefacto negro encontrado …

Vagas no Superior com aumento residual em ano de cortes em Lisboa e Porto

O concurso nacional de acesso ao Ensino Superior volta a registar um aumento de vagas, pelo terceiro ano consecutivo, ainda que residual e em ano de corte de vagas em Lisboa e Porto, por determinação …

A primavera chegou a Marte. E com ela, as misteriosas "aranhas marcianas"

A NASA publicou fotografias de um fenómeno peculiar avistado na superfície de Marte, que se assemelha com "aranhas". As imagens foram capturas na semana passada pela câmara HiRISE, instalada a bordo da nave espacial Mars …

As pessoas estão a ficar doentes após comerem salada do McDonald's

Mais de 100 pessoas apresentaram sintomas de contaminação pelo protozoário Cyclospora cayetanensis depois de comerem a salada do McDonald's, nos Estados Unidos. Mesmo que seja com a melhor das intenções, pedir uma salada no McDonald's pode …

Descobertas 12 novas luas em torno de Júpiter

Cientistas nos Estados Unidos descobriram mais 12 luas em torno do planeta Júpiter, conjeturando que as suas órbitas opostas resultam de colisões entre outros corpos celestes maiores. Com a descoberta das luas, que foram vistas pela …

Há 3.500 anos, os egípcios já faziam cosméticos

Cientistas sintetizaram tintas e cosméticos com cerca de 3.500 anos, uma descoberta feita graças ao facto de a equipa ter desenvolvido uma nova técnica de datação de compostos carbonatados inorgânicos. Uma equipa de cientistas internacional sintetizou …

Encontrados restos de pão de há 14.400 anos na Jordânia

Um grupo de investigadores encontrou vestígios de pão, feito por caçadores-recoletores que viveram há 14.400 anos, quatro milhares de anos antes do surgimento da agricultura. Esta é a mais antiga prova da existência de pão …