Vítimas de tráfico de seres humanos isentas de taxas moderadoras

As vítimas de tráfico de seres humanos vão ficar isentas do pagamento de taxas moderadoras na saúde e de taxas e emolumentos no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Esta quarta-feira, foi anunciado o apoio para a autonomização das vítimas de tráfico de seres humanos pela secretária de Estado da Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro, no decorrer do seminário “Tráfico de Seres Humanos – Intervenção com Vítimas”, em Lisboa.

Segundo a governante, está previsto que já a partir deste ano, enquadrado no novo Plano Nacional contra o tráfico de seres humanos, as vítimas deste crime passem a ter direito a um apoio financeiro para a sua autonomização, tal como já acontece com as vítimas de violência doméstica.

De acordo com a informação enviada à Lusa, estão previstos 32.200 euros, através dos jogos sociais, para o desenvolvimento de medidas de autonomização. Esta verba será distribuída consoante os projetos e poderá servir para pagar a renda de uma casa como para tirar a carta de condução ou para regressar ao país com a família.

“Há aspetos que estavam de facto a descoberto e por isso mesmo decidimos que era importante fazer este investimento com esta verba de autonomização, que vamos utilizar das verbas dos jogos sociais precisamente para responder a esta necessidade, para apoiar a sua capacitação e a sua fase de transição e de reorganização da vida”, explicou a secretária de Estado.

Rosa Monteiro adiantou que há um “conjunto de aspetos” que precisam ser revistos no sentido de reforçar os direitos das vítimas de tráfico de seres humanos e que estão incluídos no novo plano, previsto para avançar ainda neste ano.

À Lusa, o gabinete da secretária de Estado adiantou que o novo Plano Nacional contra o Tráfico de Seres Humanos contempla a isenção do pagamento de taxas moderadoras no Serviço Nacional de Saúde e a gratuitidade dos procedimentos, bem como a isenção das taxas e emolumentos no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

A secretária de Estado frisou também que, além da proteção das vítimas, o novo plano aposta nos mecanismos de deteção e combate ao fenómeno.

No decorrer do seminário, a governante salientou que o tráfico de seres humanos é uma das atividades criminosas mais lucrativas e que está associada a formas extremas de violência, nomeadamente exploração sexual, servidão doméstica ou casamentos forçados.

Para Rosa Monteiro, este é um tipo de crime que tem uma dimensão de género, já que são sobretudo as mulheres e as raparigas as mais afetadas, o que obriga a olhar de outra forma para a vítima.

Apontou que o “flagelo do tráfico” assume formas cada vez mais “diversificadas, complexas e sofisticadas”, o que “implica uma orientação estratégica muito alinhada com a agenda 2030 das Nações Unidas”. Assim, defendeu a criação de uma política de segurança coordenada e eficaz, responder aos principais riscos e assegurar uma proteção eficaz.

Anunciou ainda que, dentro do novo plano, está previsto um estudo sobre a dimensão de género do fenómeno, muitas ações de formação e a promoção da luta contra as redes de crime organizado, com o desmantelamento dos modelos de negócio e das cadeias de tráfico.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Bastonária dos Enfermeiros aumentou salários na Ordem à "socapa" (e com retroativos)

A Bastonária dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, está a ser acusada por antigos responsáveis da Ordem e outros profissionais de saúde de aprovado “à socapa” um subsídio de função, que a beneficia financeiramente, bem como …

Bancos emprestaram 47 milhões por dia às famílias

Os bancos emprestaram, em média, 47 milhões por dia desde janeiro. Os créditos concedidos para compra de casa e bens de consumo continuam a subir. Só no mês de junho, foram emprestados mil milhões para crédito …

Glisofato encontrado em cereais de criança

O herbicida glisofato, que causou cancro a um jardineiro, foi encontrado em 43 dos 45 cereais à base de aveia e barras de snack numa amostra recolhida nos Estados Unidos. O glisofato é um herbicida muito …

Funcionários da Google em protesto contra motor de busca censurado para a China

Mais de mil funcionários do gigante da Internet Google assinaram uma petição em protesto contra o plano secreto da empresa para criar um motor de busca que vai cumprir com as exigências da censura chinesa. O …

Pasteleiro que recusou fazer bolo de casamento homossexual volta a tribunal

Jack Phillips avançou com uma ação em tribunal contra o estado, alegando discriminação religiosa. Em causa está o facto de a Comissão de Direitos Civis do Colorado ter deliberado contra o pasteleiro, depois de este …

Em 2017, só 387 funcionários públicos esperaram pelos 70 anos para se reformar

No ano passado, só 387 funcionários públicos esperaram pelos 70 anos para se aposentarem. Este valor representa 3.1% de todas as novas pensões concedidas em 2017 pela Caixa Geral de Aposentações. As categorias profissionais mais altas …

Costa preocupado com aumento de risco de incêndio no interior norte do país

O primeiro-ministro manifestou-se preocupado com as previsões meteorológicas que indiciam um aumento do risco de incêndio a partir de sexta-feira. António Costa relembrou ainda os comportamentos que devem ser evitado no fim-de-semana. “As previsões podem implicar …

Pode ter sido encontrada a solução para comer sem engordar

Uma equipa de investigadores pode ter descoberto como resolver o problema da obesidade, e como comer sem engordar. Eles conseguiram bloquear a absorção de gordura por parte do corpo, mas, para já, só em ratos. Esta …

Nova moeda na Venezuela obriga banca a paralisar serviços eletrónicos por 24 horas

A reconversão monetária vai obrigar a banca venezuelana a paralisar o serviço eletrónico durante 24 horas, a partir das 18h00 horas locais de domingo (22h30 horas em Lisboa), anunciou o ministro venezuelano do Interior, Justiça …

Governo italiano admite ser "inevitável" que número de mortos em Génova aumente

O Governo de Itália admitiu nesta quinta-feira que será "inevitável" que o número de mortos na sequência da queda de uma ponte na terça-feira em Génova aumente à medida que os trabalhos de resgate prosseguem …