Vítimas de tráfico de seres humanos isentas de taxas moderadoras

As vítimas de tráfico de seres humanos vão ficar isentas do pagamento de taxas moderadoras na saúde e de taxas e emolumentos no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Esta quarta-feira, foi anunciado o apoio para a autonomização das vítimas de tráfico de seres humanos pela secretária de Estado da Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro, no decorrer do seminário “Tráfico de Seres Humanos – Intervenção com Vítimas”, em Lisboa.

Segundo a governante, está previsto que já a partir deste ano, enquadrado no novo Plano Nacional contra o tráfico de seres humanos, as vítimas deste crime passem a ter direito a um apoio financeiro para a sua autonomização, tal como já acontece com as vítimas de violência doméstica.

De acordo com a informação enviada à Lusa, estão previstos 32.200 euros, através dos jogos sociais, para o desenvolvimento de medidas de autonomização. Esta verba será distribuída consoante os projetos e poderá servir para pagar a renda de uma casa como para tirar a carta de condução ou para regressar ao país com a família.

“Há aspetos que estavam de facto a descoberto e por isso mesmo decidimos que era importante fazer este investimento com esta verba de autonomização, que vamos utilizar das verbas dos jogos sociais precisamente para responder a esta necessidade, para apoiar a sua capacitação e a sua fase de transição e de reorganização da vida”, explicou a secretária de Estado.

Rosa Monteiro adiantou que há um “conjunto de aspetos” que precisam ser revistos no sentido de reforçar os direitos das vítimas de tráfico de seres humanos e que estão incluídos no novo plano, previsto para avançar ainda neste ano.

À Lusa, o gabinete da secretária de Estado adiantou que o novo Plano Nacional contra o Tráfico de Seres Humanos contempla a isenção do pagamento de taxas moderadoras no Serviço Nacional de Saúde e a gratuitidade dos procedimentos, bem como a isenção das taxas e emolumentos no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

A secretária de Estado frisou também que, além da proteção das vítimas, o novo plano aposta nos mecanismos de deteção e combate ao fenómeno.

No decorrer do seminário, a governante salientou que o tráfico de seres humanos é uma das atividades criminosas mais lucrativas e que está associada a formas extremas de violência, nomeadamente exploração sexual, servidão doméstica ou casamentos forçados.

Para Rosa Monteiro, este é um tipo de crime que tem uma dimensão de género, já que são sobretudo as mulheres e as raparigas as mais afetadas, o que obriga a olhar de outra forma para a vítima.

Apontou que o “flagelo do tráfico” assume formas cada vez mais “diversificadas, complexas e sofisticadas”, o que “implica uma orientação estratégica muito alinhada com a agenda 2030 das Nações Unidas”. Assim, defendeu a criação de uma política de segurança coordenada e eficaz, responder aos principais riscos e assegurar uma proteção eficaz.

Anunciou ainda que, dentro do novo plano, está previsto um estudo sobre a dimensão de género do fenómeno, muitas ações de formação e a promoção da luta contra as redes de crime organizado, com o desmantelamento dos modelos de negócio e das cadeias de tráfico.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Se não pararmos de comer carne, vamos acabar com o planeta

Cada cidadão deverá reduzir em 75% o seu consumo de carne de vaca, 90% de carne de porco, comer metade da quantidade de ovos e triplicar o consumo de sementes e frutos secos. Segundo um estudo …

Encontrado o mais antigo registo sobre Jerusalém

Especialistas da Autoridade de Arqueologia de Israel (AAI) encontraram uma pedra com uma inscrição de dois mil anos de idade na qual se lê "Jerusalém" em hebraico. Encontrada numa escavação subterrânea por baixo do Centro de …

NASA tem esperança que os ventos de Marte reanimem a Opportunity

Os ventos fortes, que se fazem sentir em Marte num determinado período do ano, poderão ajudar a limpar a poeira dos painéis solares do rover Opportunity, que está adormecido desde junho. De acordo com a …

Dormir muito é tão prejudicial como dormir pouco

Um novo estudo descobriu que dormir muito pode ter consequências tão prejudiciais para a saúde como dormir pouco, reduzindo igualmente as capacidades cognitivas.  Um grupo de cientistas da Universidade norte-americana de Ontario conduziu em junho de 2017 …

Cientistas desenvolveram uma retina humana em laboratório

Cientistas da Johns Hopkins University, nos Estados Unidos, desenvolveram a partir do zero tecido da retina humana para aprender como é que são compostas as células que nos permitem ver o mundo a cores. Os cientistas …

Asteróide deixa cientistas perplexos com a sua superfície incomum

Cientistas receberam os primeiros dados e fotos do rover MASCOT, que pousou recentemente na superfície do asteroide Ryugu, e ficaram completamente perplexos. Os dados obtidos apontam para uma quantidade extremamente baixa de poeira na superfície do …

Ossadas contam história de criança neandertal devorada por pássaro gigante da Idade do Gelo

Arqueólogos descobriram os restos humanos mais antigos já encontrados na Polónia. Análises posteriores revelaram pertencerem a uma criança neandertal que terá sido devorada por um pássaro gigante. Apesar de as ossadas terem sido recuperadas há já …

Cientistas descobrem de que são feitos os exoplanetas semelhantes à Terra

Investigadores da Universidade de Zurique analisaram a composição e estrutura de exoplanetas distantes usando ferramentas estatísticas. A sua análise indica se um planeta é parecido com a Terra, se é composto por rocha pura ou …

10% dos homens são daltónicos

Um em cada 10 homens sofre de daltonismo, uma perturbação caracterizada pela incapacidade de diferenciar todas ou algumas cores. O daltonismo, também conhecido como discromatopsia ou discromopsia, é uma perturbação da perceção visual caracterizada pela incapacidade …

O fundador da Ethereum prevê uma crise financeira até 2021

Vitalik Buterin, fundador da Ethereum, não é um entendido em economia global, mas prevê uma crise financeira até 2021. Vitalik Buterin, o prodígio de programação de apenas 24 anos que inventou a plataforma Ethereum aos 19 anos, …