Facebook remove (acidentalmente) página oficial de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa

O Facebook apagou a página de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa. O município passou um mês a apelar à rede social para repor a página.

“Recebemos uma mensagem no Facebook e também percebemos que estava desaparecida”, disse Benoît Kieffer, autarca de Ville de Bitche, em declarações à CNN. “No início, perguntamo-nos se houve um problema técnico. Porém, com o passar do tempo, pode ser considerada uma censura real”.

A cidade, que tem cerca de 5.100 habitantes, criou uma nova página no Facebook chamada Mairie 57230, baseada no seu código postal.

“O nome da nossa cidade parece ter sido mal interpretado”, afirmou Kieffer, em comunicado.

A página foi restabelecida esta terça-feira, com um pedido de desculpas pessoal do presidente do Facebook de França.

Embora o Facebook não tenha especificado um motivo para o bloqueio, a cidade assumiu que o culpado tivesse sido o algoritmo anglófono do Facebook. “Uma hipótese, presumimos que a nossa página migrou para um servidor anglo-saxão que criou moderações e algoritmos que removem conteúdo ilegal e problemático”, escreveu o autarca.

“Podemos ficar felizes que as redes sociais assumam a responsabilidade, que removam conteúdo ilegal e problemático”, disse ainda Kieffer. “Mas o outro problema é considerar que o olhar humano tem a vantagem sobre a inteligência artificial.”

No seu site, o Facebook afirma que os nomes das páginas devem ser precisos e não podem conter frases que possam “ser abusivas”.

A palavra inglesa “bitch” é normalmente usava de forma pejorativa usada para uma ofender uma pessoa.

Por outro lado, essa hipótese não explica por que, noutros lugares, o Facebook permite o aparecimento da palavra, como é o caso, por exemplo, da publicação feminista Bitch Media.

Contactado pelo Gizmodo, o Facebook confirmou a remoção acidental, culpando uma “análise incorreta pelos nossos sistemas” e disse que o Facebook França entrou em contacto com Ville de Bitche.

Ville de Bitche, localizada na fronteira entre França e a Alemanha, resistiu a diversos conflitos, incluindo um cerco por austríacos na Guerra dos Cem Dias e, mais tarde, a ocupação nazi.

Outra cidade próxima chamada Rohrbach-lès-Bitche tomou medidas preventivas e rebatizou a sua página para Ville de Rohrbach em 12 de abril.

“Por precaução, para que a nossa página não seja suspensa, já que pode durar várias semanas ou mesmo meses, preferimos evitar qualquer problema e remover Les-Bitche junto a Rohrbach, obviamente temporariamente, até que este mal-entendido com o Facebook possa ser resolvido”, disse o autarca Vincent Seitlinger, em declarações à Rádio Mélodie. “Acho deplorável ver que hoje uma empresa como o Facebook pode facilmente suspender páginas que são regulares e oficiais.”

  Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A censura é feita por uma armada de gente nem sempre culta, pelos vistos 🙂
    Ou, temos que dar Vivas! ao algoritmo?
    Facebook meta agua até afundar.

RESPONDER

Homem budista a meditar

O tukdam - um estado mental "meio-morto" dos monges budistas - é o novo fascínio da ciência

Os monges budistas conseguem chegar a um estado de meditação tão profunda que não é detectada qualquer actividade cerebral. No Budismo no Tibete, há um conceito mítico conhecido como "thukdam" ou "tukdam". Acredita-se que este é …

Trofense 1-2 Benfica | Águias passam a rasar

O Benfica, da I Liga, venceu hoje o Trofense, da II Liga, por 2-1, no prolongamento, depois do 1-1 no tempo regulamentar, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e segue …

Como nasceu o mito dos vampiros? Mais doenças e menos Drácula

Os vampiros são um mito com séculos de história e que podem estar associados a doenças como a raiva e a pelagra — e não ao Drácula. O vampiro é uma imagem comum na cultura pop …

Edifícios impressos em 3D pelo exército norte-americano

Exército dos EUA pode agora imprimir edifícios de cimento em 3D em zonas de desastre

O objectivo da tecnologia é facilitar a construção de casas e pontes quando são precisas com urgência em zonas afectadas por catástrofes. O Corpo de Engenheiros do exército norte-americano pode agora imprimir quartéis, bunkers e outras …

Monumento Pillar of Shame, na Universidade de Hong Kong

Pillar of Shame foi, em tempos, um testemunho da liberdade de Hong Kong. Agora, dizem-lhe adeus

Em tempos, a escultura Pillar of Shame, plantada na Universidade de Hong Kong, foi um testemunho das liberdades da cidade. Agora, está a ser removida. Exposta há mais de 20 anos na Universidade de Hong Kong, …

Arquitetura em nome do amor. Homem constrói casa giratória para que a esposa possa escolher a vista

Na Bósnia, um autodidata de 72 anos construiu uma casa invulgar: a habitação gira 360 graus para mudar de vista. Algumas das mais bonitas obras arquitetónicas do mundo nasceram em nome do amor. É o …

Novo SEF deverá chamar-se Agência para as Migrações e Asilo

Afinal, já não vai haver um Serviço de Estrangeiros e Asilo (SEA) para substituir o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), mas sim uma Agência Portuguesa para as Migrações e Asilo (APMA). De acordo com o …

Pinto da Costa, presidente do FC Porto, com o guarda-redes Diogo Costa

Diogo Costa renova com o FC Porto até 2026

O guarda-redes Diogo Costa renovou contrato com o FC Porto até 2026, anunciaram os dragões, na tarde deste sábado. Diogo Costa, de 22 anos, aproveitou a lesão de Marchesín no início da temporada e assumiu a …

O algoritmo das plataformas de streaming afeta o que vemos (e quem somos)

As plataformas de streaming usam um algoritmo que afeta aquilo que vemos e o que queremos ver, moldando a nossa personalidade. Squid Game, o drama coreano distópico da Netflix, tornou-se a série mais vista lançada pela …

BPN e Banif custam mais do que alívio de IRS e subida de pensões

A despesa prevista no OE2022 para os veículos financeiros dos antigos Banif e BPN supera o valor previsto para medidas como o alívio no IRS e o aumento extra das pensões. Tal como destaca o Dinheiro …