A vida selvagem abunda na área proibida de Chernobyl

Universidade da Geórgia

Uma equipa de cientistas identificou 15 espécies na área proibida de Chernobyl, que assim ficou rotulada após o acidente nuclear de 1986, dando novas e mais fortes evidências de que a vida selvagem está a proliferar em abundância na área.

Recorrendo a câmaras que utilizavam vísceras de peixes como iscas, uma equipa de investigadores da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, descobriu dez espécies de mamíferos e cinco espécies de aves.

“Estes animais foram fotografados durante a recolha de carcaças de peixes localizados na costa dos rios e canais da CEZ (Zona de Exclusão)”, disse James Beasley, professor de Ecologia e um dos autores do estudo.

“Tínhamos encontrado evidências de uma diversidade de vida selvagem na CEZ através da nossa investigação anterior, mas esta é a primeira vez que vemos águias de cauda branca, martas e lontras através das nossas câmaras”, explicou.

Beasley refere-se a outro estudo de 2015, no qual os cientistas forneceram a primeira evidência de que a vida selvagem – que incluía lobos cinzentos – existe em abundância nesta zona ecológica proibida que tem cerca de 1500 quilómetros quadrados que os humanos abandonaram após o acidente nuclear de 1986.

Os novos resultados, publicados na revista Food Webs, sugere que os recursos de nutrientes podem fluir para as paisagens e ficar disponíveis para animais selvagens terrestres e semi-aquáticos, como é o caso das lontras e martas.

Em comunicado, o autor principal do estudo, Peter Schlichting, explicou que a atividade de recolha de lixo pode conectar várias redes alimentares, mas os cientistas não sabem totalmente como é que isto acontece.

Para a nova investigação, entranhas de peixes foram coladas nas margens dos rio de Pripyat e em canais de irrigação próximos, imitando a atividade natural que ocorrem quando as correntes transportam carcaças de peixes mortos para a costa.

De acordo com os cientistas, 98% das vísceras foram consumidas durante uma semana por uma multidão de animais selvagens.

“Esta é uma taxa de recolha alta e, desde que todos os nossos foram consumidos por espécies terrestres ou semi-aquáticas, verifica-se que o movimento de recursos nutricionais entre os ecossistemas aquáticos e terrestres ocorre com mais frequência do que é frequentemente reconhecido”, explicou Beasley.

“Tendemos a pensar que os peixes e outros animais aquáticos permanecem no ecossistema aquático, o que mostra que, se uma proporção razoável de peixes mortos chega à costa, há um grupo inteiro de espécies terrestres e semi-aquáticas que transferem esses mesmos nutrientes aquáticospara a paisagem terrestre”, concluiu.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Seria interessante descobrir os efeitos da radioactividade nos animais. Será que esses efeitos são menos prejudiciais do que a presença do homem?

  2. Ainda tem dúvidas amigo Gonçalves??? Eu não. É só olhar a pegada humana neste último século. Destrói tudo por onde passa. Mas tenho esperança nos jovens de hoje de consciência mais ampla. E, no lugar que a Mulher vem, a pouco e pouco, re- conquistando.

RESPONDER

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …