Vice-presidente da Turismo Porto e Norte arguido na Operação Éter

Inácio Ribeiro / Facebook

Inácio Ribeiro, vice-presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal

O vice-presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) e ex-presidente da Câmara de Felgueiras é um dos arguidos no âmbito da investigação às Lojas Interativas de turismo (LIT) da TPNP.

O atual vice-presidente da Comissão Executiva da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) foi eleito para aquele cargo a 18 de janeiro deste ano para um mandato de cinco anos pela lista única encabeçada por Luís Pedro Martins.

José Inácio Ribeiro é também ex-presidente da Câmara Municipal de Felgueiras, cargo que exerceu durante dois mandatos, entre 2009 e 2017, tendo a inauguração da LIT daquele município ocorrido no seu executivo.

Para além de José Inácio Ribeiro, são arguidos já conhecidos no âmbito deste processo: Miguel Alves (presidente da Câmara de Caminha), Manuel Moreira (presidente da Câmara de Amares), António Vilela (presidente da Câmara de Vila Verde), Júlia Fernandes (vereadora em Vila Verde), Afonso Barroso (vereador em Vieira do Minho), José Damião Melo (vice-presidente da Câmara de Tarouca) e uma vereadora da Câmara de Mogadouro, segundo informações destas autarquias à Lusa.

No início de novembro, e questionado pela Lusa, o município de Felgueiras informou que ninguém foi constituído arguido e que desconhecia se algum técnico foi ouvido no âmbito deste processo.

A investigação sobre a instalação de Lojas Interativas de Turismo (LIT) insere-se no âmbito da Operação Éter, mas o Ministério Público (MP) decidiu abrir um inquérito autónomo exclusivamente sobre aquela matéria.

Em causa está a alegada “imposição”, por parte da TPNP, das empresas responsáveis pela instalação das lojas.

Três empresas ligadas a José Agostinho, arguido na Operação Éter, faturaram mais de 2,9 milhões de euros com Lojas Interativas de Turismo em negócios com pelo menos 53 autarquias e a Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP).

No Alto Minho, cinco de oito municípios com lojas de turismo foram alvo de buscas da PJ, tendo os presidentes das Câmaras de Caminha, Melgaço, Monção, Ponte de Lima e Vila Nova de Cerveira confirmado a presença de inspetores nos seus municípios.

No distrito do Porto, as Câmaras de Gondomar, Maia, Vila Nova de Gaia, Santo Tirso, Penafiel e Lousada confirmaram ter sido contactadas no âmbito das investigações às lojas de turismo feitas na sequência da Operação Éter, sobre alegada corrupção na Turismo Porto e Norte de Portugal.

As câmaras de Braga, Guimarães, Vila Nova de Famalicão, Celorico de Basto, Esposende, Vizela, no distrito de Braga, também confirmaram que foram investigadas pela PJ no âmbito da Operação Éter, mas em todos os casos não há conhecimento da constituição de qualquer arguido.

A Câmara de Vila Real revelou ter sido ouvida no âmbito da Operação Éter, mas disse “desconhecer em absoluto” se “alguém de Vila Real” foi constituído arguido. À semelhança de Vila Real, Mondim de Basto revelou que membros da autarquia foram ouvidos no âmbito deste processo e também fonte do município de Boticas contou terem sido pedidos “alguns elementos e documentos” sobre a instalação da loja.

No distrito de Aveiro, Santa Maria da Feira, Oliveira de Azeméis e Castelo de Paiva indicaram ter sido alvo de buscas por parte da Polícia Judiciária (PJ) no âmbito da Operação Éter.

Os presidentes das câmaras de Bragança e Torre de Moncorvo confirmaram igualmente investigações da PJ.

No âmbito da Operação Éter, o MP deduziu, a 25 de outubro, acusação contra 29 arguidos (21 pessoas individuais e oito entidades coletivas), incluindo o ex-presidente da TPNP, Melchior Moreira, que se encontra em prisão preventiva desde 18 de outubro de 2018.

No âmbito da Operação Éter foram ainda constituídos arguidos Isabel Castro, ex-diretora operacional da TPNP, Gabriela Escobar, ex-jurista daquela entidade turística, Manuela Couto, administradora da agência de comunicação W Global Communication (antiga Mediana), e José Agostinho, da firma de Viseu Tomi World.

Melchior Moreira tinha sido reeleito a 4 de Junho de 2018 para o seu quinto e último mandato na TPNP com 98,36% dos votos para um cargo que exercia desde 2008.

A Lusa tentou ouvir José Inácio Ribeiro, mas tal não foi possível até ao momento.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Bloco quer proibir banca de distribuir lucros (e pede ajuda ao PSD)

O Bloco de Esquerda quer proibir os bancos de distribuírem dividendos em 2020 e pede ajuda ao PSD para o conseguir. Em videoconferência, Mariana Mortágua lançou um desafio ao líder social-democrata. O Bloco de Esquerda anunciou …

Ordens duvidam dos números de infetados (e admitem fazer o seu próprio levantamento)

Segundo os números anunciados na quarta-feira, havia 1.124 profissionais de saúde e oito deles estavam internados em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI). Mas estes números não convencem as Ordens. De acordo com o Observador, o bastonário …

Europa tem que ser o seu "próprio Plano Marshall". Centeno defende solução sem o "estigma" da austeridade

Mário Centeno continua a incentivar uma solução conjunta assente na ideia da solidariedade europeia perante "uma crise inesperada e sem precedentes" devido à pandemia de Covid-19. Como presidente do Eurogrupo, o ministro das Finanças de …

Há mais de 10 mil infetados em Portugal e mais 20 mortes

O boletim epidemiológico da Direção-geral da Saúde deste sábado regista 10.524 casos de infeção por covid-19 em Portugal. Há mais 20 mortes, num total de 266 óbitos. Nas últimas 24 horas, até à meia-noite, foram registados …

Quase meio milhão de portugueses estão em lay-off. "Sistema é errado", diz Francisco Louçã

Uma semana depois de o Governo ter aberto a porta ao lay-off simplificado, mais de 22 mil empresas já recorreram a este novo regime. Atualmente, há 425.287 trabalhadores nessa situação. Francisco Louçã considera este sistema …

Costa "chocado" com caso da morte no aeroporto. Enfermeira, médico e polícias também investigados

Além dos três inspectores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que são suspeitos de terem agredido um cidadão ucraniano, que acabou por morrer, também há outros elementos do SEF, um médicos e uma enfermeira, …

Reino Unido ultrapassa número de óbitos da China. Itália ainda não conseguiu inverter a curva

O Reino Unido regista agora um número de óbitos superior ao número registado na China. Em Itália, embora o pico já possa ter sido ultrapassado, o país ainda não conseguiu inverter a curva epidemiológica. Nas últimas …

Keir Starmer substitui Jeremy Corbyn e é o novo líder do Labour

Keir Starmer, de 57 anos, que tem feito parte da equipa de topo de Jeremy Corbyn nos últimos três anos, no papel de secretário sombra do Brexit, é o novo líder do Partido Trabalhista. De acordo …

Marcelo vai pedir "apoio rápido e robusto" aos cinco maiores bancos do país

Marcelo Rebelo de Sousa vai reunir-se na próxima segunda-feira com os presidentes dos cinco maiores bancos portugueses para discutir o apoio que a banca pode dar às empresas e famílias. De acordo com semanário Expresso, o …

Turquia retém avião com ventiladores para Espanha

A ministra das Relações Exteriores de Espanha, Arancha González Laya, disse esta sexta-feira que as autoridades da Turquia retêm em Ancara um avião oriundo da China com ventiladores, para combater a pandemia de covid-19. A ministra …