Verbas europeias para apoiar lay-off só chegam em setembro. Governo admite complicações

Tiago Petinga / Lusa

O ministro do Planeamento, Nelson de Souza, no Parlamento.

O ministro do Planeamento, Nelson de Souza, admitiu esta terça-feira que as verbas da União Europeia para apoio ao emprego só estejam disponíveis em setembro, o que “complica as contas” do Governo face ao “enorme esforço” de financiamento do ‘lay-off’.

O programa SURE, um dos instrumentos aprovados pela UE para salvaguardar postos de trabalho através de esquemas de desemprego temporário, “prova bem como temos dificuldade em concretizar o que tínhamos planeado“, disse Nelson de Souza numa videoconferência de imprensa organizada pela representação em Portugal do Parlamento Europeu (PE).

O ministro explicou que, inicialmente, o Governo português planeava financiar o regime de ‘lay-off’ através da reprogramação dos fundos do programa Portugal 2020, mas, quando o SURE foi aprovado, “depositou esperanças” em financiar através dele “esse enorme impacto que tem nas (…) contas”.

“O que sucede é que nós pensávamos, tínhamos acreditado, que esse instrumento seria rapidamente disponibilizado e o dinheiro disponível iria entrar mais rapidamente nos nossos cofres”, disse.

Mas, prosseguiu, “as últimas perspetivas é que se tudo correr bem, venha a ser disponibilizado lá para setembro, portanto isto já nos vem complicar aqui as contas“.

Nelson de Souza distinguiu estas medidas de apoio ao emprego do “desemprego em si”, em relação ao qual, defendeu, “a melhor forma de o combater (…) é reanimar e recuperar a economia”.

“Precisamos naturalmente de políticas ativas de emprego, de amortecer todo o impacto social que o desemprego vai criando, mas temos de combater estruturalmente o desemprego através da reanimação da economia, dos setores criadores de emprego, e isso passa por uma forte estratégia de reanimação da economia”, explicou.

“Aqui, é o plano de recuperação” económica e social europeu, que vai ser proposto pela Comissão Europeia em data ainda não determinada, de que Portugal precisa, disse. “Precisamos rapidamente deste fundo a funcionar”, frisou.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Mais música…
    Andaram a enrolar tudo e todos durante dois meses e agora… o dinheiro só vem em setembro…
    Ai Costa, Costa que o povo é mesmo muito estúpido e tu sabes bem aproveitar-te disso

  2. Por este andar os políticos acabam por perder a pouca credibilidade que lhes resta e a UE parece-me cada vez mais à beira do abismo.

  3. era chapa ganha, chapa gasta e viviamos bem, mentirosos a ser verdade tinhamos dinheiro e muito de lado para estas situações, sim que com tanto turismo durante anos.

RESPONDER

Texas vai permitir porte de armas em público sem ser necessária qualquer licença

O governador republicano do Texas assinou uma lei que permite o porte de armas em público, sem respetiva licença, a última de uma série de medidas que expandem este tipo de direitos nos estados conservadores …

Para já, Ivo Rosa escapa de um inquérito disciplinar do Conselho Superior da Magistratura

O Conselho Superior da Magistratura não vai abrir inquérito disciplinar a Ivo Rosa, pelo menos, para já. O órgão de gestão dos juízes concluiu que não há suspeitas de violação de caso julgado na decisão …

Mario Gómez: "O futebol é como a roupa, é de modas"

Comentário do antigo internacional alemão sobre as funções do ponta-de-lança atual. Mario não tem saudades dos relvados. Mario Gómez García, o homem que veio de Riedlingen, na República Federal da Alemanha, para marcar muitos golos. Figura …

A um mês dos Jogos Olímpicos, Tóquio pondera levantar estado de emergência

Os Jogos Olímpicos, que foram adiados no ano passado devido à pandemia, vão começar no dia 23 de julho. O Governo japonês está a ponderar levantar o estado de emergência em Tóquio. Tóquio está em estado …

Militares birmaneses acusados de incendiar uma aldeia

Uma aldeia foi destruída pelo Exército birmanês depois de confrontos entre militares e opositores da junta ditatorial. Dois idosos, que não conseguiram fugir, acabaram por morrer queimados. A aldeia de Kin Ma, na região de Magway, …

Ucrânia 2-1 Macedónia N. | “Synio-zhovti” relançam aspirações

A Ucrânia conquistou esta quinta-feira a sua segunda vitória em Europeus, depois de seis derrotas consecutivas, ao bater a estreante Macedónia do Norte por 2-1, em encontro disputado em Bucareste, com arbitragem pelo argentino Fernando …

Mais 1.233 casos de covid-19 em Portugal. Morreram duas pessoas

Esta quinta-feira, Portugal registou 1.233 novos casos e duas mortes na sequência da infeção por covid-19. Segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), foram registados, nas últimas 24 horas, mais 1.233 casos e …

Proibida circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa ao fim de semana

A situação epidemiológica em Portugal é agora "mais preocupante", pelo que "dificilmente" o país deverá desconfinar na próxima semana como estava previsto, anunciou esta quinta-feira a ministra Mariana Vieira da Silva. A ministra da Presidência, Mariana …

Lisboa alarga horários de vacinação para atingir as 65 mil pessoas por semana

Já a partir da próxima segunda-feira, os centros de vacinação em Lisboa vão ter horário acrescido. O objetivo é aumentar o número de doses de vacinas administradas por semana para cerca de 65 mil. A partir …

PS diz que portugueses não esquecem que Passos cortou a dobrar no SNS

Pedro Passos Coelho acusou a esquerda de "desqualificar" o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e a deputada socialista Sónia Fertuzinhos respondeu que os portugueses não esquecem que o Governo PSD/CDS cortou o dobro no SNS …