Afinal, Vénus pode não ser tão semelhante à Terra como pensávamos

AOES Medialab / ESA

Uma nova investigação questiona a habitabilidade de Vénus, planeta que os cientistas consideram há pouco tempo numa outra investigação poder ter um clima habitável semelhante ao da Terra.

De acordo com a nova investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica especializada Journal of Geophysical Research: Planets, o segundo planeta do nosso Sistema Solar estava repleto de lava e não de água.

O novo estudo, conduzido por uma equipa de especialista do Instituo lunar e Planetário (LPI), sediado nos Estados Unidos, conseguiu determinar que o que inicialmente se aceitava serem rochas de granito são, na verdade, basalto, formado devido ao processo rápido de arrefecimento da lava, explica o Space.com.

A investigação baseou-se na análise de dados das terras altas de Ovda Regio, em Vénus. “Sabemos tão pouco sobre a superfície de Vénus”, começou por observar o co-autor do estudo, Allan Treiman, citado pelo mesmo portal.

“Se as terras altas de Ovda Regio são feitas de rochas basálticas, como a maior parte de Vénus, estas foram provavelmente trazidas até à sua altura atual por forças internas, possivelmente como as montanhas que resultam de placas tectónicas na Terra”, explicou.

O estudo anterior, publicado em setembro, dava conta do oposto, descrevendo Vénus como um mundo que poderia ter um clima temperado, capaz de abrigar água líquida antes que uma transformação catastrófica – que ocorreu há 700 milhões de anos – alterasse quase toda a sua superfície (80%).

Os resultados da investigação agora divulgada, ao apontarem para rochas basálticas, questionam o estudo anterior, uma vez que este composto pode ser formado na presença de água ou não. Os cientistas observaram ainda que a transformação que o planeta passou e que produziu uma explosão maciça de dióxido de carbono pode estar relacionada com a atividade vulcânica.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Já estou a ficar farto de tantas suposições/explicações sobre os planetas do nosso sistema solar. Para dizer a verdade nem na cor dos outros da Via Láctea acredito, quanto mais nos exoplanetas. Usem meios parcialmente sacrificaveis e recolham o que chegar da superfície ao espaço. Usem o orçamento com imaginação. Não me mandem poeira para os “olhos”.

Conquistadores espanhóis usaram técnicas indígenas para construir as suas armas

Um novo estudo concluiu que os invasores espanhóis foram obrigados a aprender com os indígenas da Mesoamérica sobre a produção de cobre. Descobertas arqueológicas em El Manchón, no México, apoiam a ideia de que invasores espanhóis, desesperados …

Açambarcamento de medicamentos por Portugal? "É um total absurdo", diz Infarmed

O Infarmed - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde reagiu à acusação feita por uma organização belga, que dizia que Portugal está a fazer um armazenamento excessivo de medicamentos essenciais para o tratamento …

Descoberto âmbar com 40 milhões de anos com duas moscas a acasalar

Há 40 milhões de anos, no supercontinente Gonduana, duas moscas que se encontravam a acasalar viram-se, inesperadamente, numa situação complicada. De alguma forma, este par de moscas de pernas longas (Dolichopodidae) ficou preso na seiva pegajosa …

40 marinheiros do porta-aviões Charles de Gaulle com sintomas de covid-19

Quarenta marinheiros do porta-aviões francês Charles de Gaulle apresentaram recentemente "sintomas compatíveis" com os da infeção pelo novo coronavírus e estão sob "observação médica reforçada", anunciou o Ministério da Defesa. "A partir de hoje, uma equipa …

Medidas para as prisões, apoios às empresas, suspensão de tarifas. Parlamento discute mais de 100 iniciativas

Medidas excecionais para prisões e banca, mais apoios às empresas ou à cultura ou a suspensão de propinas e das tarifas de gás e luz são alguns dos temas que vão passar esta quarta-feira pelo …

Trump tem "interesse financeiro" em farmacêutica que produz hidroxicloroquina (a sua "cura" para a Covid-19)

Donald Trump falou da hidroxicloroquina como uma potencial "cura milagrosa" para a Covid-19, apesar das recomendações contrárias de especialistas e da falta de estudos científicos válidos que confirmem os benefícios da substância. O The New …

Restos de bombas atómicas revelam longa vida dos tubarões-baleia

Cientistas estão a determinar a esperança de vida do maior peixe dos oceanos com a ajuda de testes de bombas atómicas realizados durante a Guerra Fria, entre os anos 50 e 60. Em perigo de extinção, …

Telescópio russo apanha o despertar de um buraco negro

O telescópio russo ART-XC do observatório espacial Spektr-RG detetou uma fonte brilhante de raios-X no centro da Via Láctea, que acabou por revelar ser o "despertar" do buraco negro 4U 1755-338. A descoberta ocorreu no passado …

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …