Ventura condenado a pagar 3.370 euros por discriminação da comunidade cigana

Nuno Veiga / Lusa

O presidente do Chega, André Ventura, na II Convenção Nacional do partido

André Ventura foi condenado a pagar mais de 3.370 euros de multa por discriminação étnica na forma de assédio, decidiu a Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR).

Em causa estão publicações nas redes sociais que, no entender desta comissão, constituem uma forma de discriminação étnica da comunidade cigana. O Correio da Manhã teve acesso ao acórdão, que aponta ao candidato presidencial um “discurso de ódio”.

“Ainda esta semana uma família de etnia cigana espancou uma enfermeira e um segurança do hospital de Beja. A RTP ficou em silêncio. Quando se deram as agressões de Coimbra, os principais órgãos de informação públicos recusaram-se a referir a etnia dos agressores. Está a tornar-se uma obsessão, um tabu. É mais fácil e mais ‘in’ chamar racista a quem insiste em falar do problema. Inadmissível, somos nós todos que pagamos a RTP!”, escreveu o então vereador da Câmara Municipal de Loures.

Em agosto de 2018, em reação à notícia de que tinha sido constituído arguido após as duas declarações, André Ventura mostrou-se “espantado com o enquadramento jurídico, porque fala de discriminação racial e de assédio étnico”. Além disso, referiu que “é um ataque violentíssimo à liberdade de expressão”, falando em “perseguição a quem pensa diferente” e notando que vai argumentar com a “inconstitucionalidade” do processo.

Agora, mais de dois anos depois, em declarações ao CM, a posição de Ventura mantém-se. O deputado único do Chega disse que “isto é ridículo”, reiterou a “perseguição incompreensível” de que é alvo e prometeu levar o caso ao Tribunal Constitucional. “Nunca se viu tamanha perseguição a um líder político em Portugal”, atirou.

A CICDR entende que Ventura imputa as agressões a elementos da comunidade cigana sem que tal tenha ficado provado, o que induz uma “cadeia de estigmatização e de reforço de preconceitos”.

É uma “associação ofensiva e humilhante” e as declarações “instigadoras e potenciadoras de discursos de ódio”, lê-se ainda no acórdão citado pelo jornal.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Só quem nunca lidou com ciganos é que pensa que isto é racismo.
    Será que o fato dos ciganos não admitirem casamentos com pessoas de outras etnias também é racismo?

  2. Na minha terra andam sempre em tribunal. Quando algum lá tem que ir vai uma chusma para pressionar os juízes. Quando alguma tem que ir ver um familiar à pildra chama um taxe e apresenta a fatura na SS. Força Ventura. Chega-lhes!! É um tipo de gentalha que não interessa a ninguém. Não trabalham. Não pagam impostos.

  3. Em face desta e de outras demonstrações de discriminização étnica, a par de xenofobia e do discurso de ódio, não restam dúvidas de que se trata de uma afronta à Constituição. Assim sendo, eu questiono por que razão é que o partido a que este senhor preside, não é considerado inconstitucional.?

    • Vai lá lamber botas ao Costa, quando não houver dinheiro na segurança social para te pagar a reforma, um RSI ou subsídio de desemprego um dia, vais ver onde o seu dinheiro está a ser gasto…esta cambada de “ilegais” que só andam cá para roubar o povo português q trabalha e desconta.

      E eles o q contribuem para o pais? Além de assaltos, nao pagar impostos, conduzir sem carta, receber RSI a torto e a direto, porque q acha q moram em barracos?! Se fosse casa propria já não tinham direito a receber nada…pois é, se há coisa q essa gentalha não é é burra.

      Ninguém está acima do lei, todos deviam ter direitos e deveres…mas isto de falar em minorias e defende-los a torto e direito até meter dó já é uma palhaçada.

      Esta esquerdalha é q está a por o país na banca rota ao sustentar está gentinha, quem diz cig diz blacks e esses bairristas armados em gangs organizados, porque sim,.muitos deles é q andam a cometer crimes por cá, mas como são minorias ninguém os vai culpar…mas e óbvio, senão somos racistas, cuidado com isso, não se pode apontar os dedos aos criminosos q cá andam, pois nos é q somos racistas, ele não são…ui, não, longe disso!

      Como se costuma dizer, em país de português cego quem é das minorias é rei.

      Ganhem juízo, só são assim pois ainda não vos atingiu, um dia q entendam o q realmente se passa vão dar valor, o Ventura só está a defender o povo Português do q é seu…mas está gente anda cega com Costa’s e Rio’s q contribuem para o estado em q isto se encontra.

  4. É por isso, que este país, não passará da miséria que é. Os que condenam as verdades do Chega, são os piores ditadores e os que mais ódio espalham. É gente completamente desequilibrada. Força Chega.

  5. Por estas e por outras parecidas é que o CHEGA vai subindo na tabela.
    Onde isto chegou, nem a verdade é já permitido dizer neste país! Querem-nos obrigar a levar com todo o tipo de anormalidades, melhor dizendo, há que comer e calar! Vão ter a resposta nas próximas legislativas.

  6. A constituicao e para todos os cidadaes.
    Se e mal entendida e problema social e politico.
    Solucao e altera la para todos.
    Chega na mao do ventura denuncia e quer melhor para pais.

    Aqui ve se falta do estado na integracao de algumas comunidades.
    A cor da pele ou outras caracteristicas nao assusta os portugueses. Se cumprirem regras e educacao e cultura de um povo de maioria nao havera problemas. No entanto nao se admite desvios, ajudas constantes…

  7. O país está cheio de clandestinos… Portugal está transformado numa gigantesca feira da Vandoma…
    CHEGA!
    Carrega, Ventura!

RESPONDER

Governo espanhol avança com "plano de choque" para reduzir tarifas de eletricidade

Ministros do Governo de Sanchéz (PSOE) afirmam que o conjunto de medidas apresentadas conseguirão reduzir a fatura da eletricidade para os consumidores em 12% e reiteram a promessa feita de que o ano de 2021 …

Textor suspende compra de acções da Benfica SAD após dúvidas do clube (e Vieira diz que não recebeu a carta)

O empresário norte-americano John Textor anunciou que suspendeu o acordo com José António dos Santos, o "Rei dos Frangos", para a compra de 25% das acções da SAD do Benfica, até à realização das eleições …

Governo trava duplo combate à esquerda (e em ano de eleições, há muitos "nós" para desatar)

Em ano de eleições autárquicas, com o PS a visar a manutenção da maioria das Câmaras do país, o Governo socialista enfrenta um duplo combate com os parceiros de esquerda, com a revisão da lei …

Porto quer nova companhia para substituir a TAP — e já enviou proposta para Bruxelas

A Associação Comercial do Porto (ACP) enviou uma proposta para Bruxelas a defender a "criação de uma nova companhia aérea para voos intercontinentais a partir de Lisboa e o apoio à captação de rotas para …

Mais de 84% dos jovens dos 12 aos 17 anos com pelo menos uma dose da vacina

Mais de 84% dos jovens entre os 12 aos 17 anos já receberam pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, segundo dados da task force que coordena o processo de vacinação. Na segunda-feira, "cerca …

Seguido pelo Benfica, David Luiz explica porque assinou pelo Flamengo

David Luiz deu uma nega ao SL Benfica e optou pelo Flamengo. O defesa-central de 34 anos explicou a decisão que tomou de regressar ao Brasil. O Flamengo oficializou a contratação de David Luiz no sábado, …

Estatísticas apontam as duas melhores cidades para viver e fazer negócios (e a pior na gestão da pandemia)

Segundo a sétima edição do ranking elaborado pela Bloom Consulting, Porto e Lisboa são os melhores municípios para viver, para visitar e para fazer negócios. Já Albufeira é o concelho pior no que diz respeito …

O euro ganhou ao dólar e "decidiu" a transferência de Di María para o Benfica

A transferência de Di María para o SL Benfica apenas foi consumada devido à moeda de pagamento. O Rosario Central preferiu receber em euros do que em dólares. Não é novidade que quando Ángel Di María …

Há ambulâncias ilegais a fazer transporte de doentes

Há centenas de ambulâncias e veículos dedicados ao transporte de doentes que circulam ilegalmente sem vistoria. Em 24 operações de fiscalização levadas a cabo pelo INEM, foram instaurados 101 processos por infrações ao Regulamento do Transporte …

Caso EDP: Ex-gestor suspeito de corrupção pede prescrição

A defesa de Miguel Barreto, ex-diretor-geral da Energia, entregou um requerimento a pedir a extinção do procedimento criminal pelo crime de corrupção passiva. O antigo gestor é acusado de ter recebido cerca de 1,4 milhões de …