Ventura não faz “fretes”. Chega não viabilizará Governo do PSD se não houver cedências

Para governar com a direita, o PSD precisa do recém-eleito Chega. No entanto, há características que separam os partidos: enquanto que os sociais-democratas se querem estabelecer ao centro, André Ventura estabelece linhas vermelhas e não cede na agenda mais extremista.

O PSD já mantém em marcha a “convergência” com o CDS-PP, depois da reunião entre Rui Rio e Francisco Rodrigues dos Santos, na quinta-feira. No entanto, apesar de a questão não se colocar por não ser relevante para as autárquicas, resta saber se a liderança social-democrata pensa relacionar-se com o líder do Chega, André Ventura.

Se o PSD pensar em governar, terá também de ponderar o resto da direita. Se com o CDS há pontos comuns nos programas que podem gerar entendimentos, em relação ao Chega fonte do núcleo duro do partido diz que, se as propostas forem boas, serão aceites.

Contudo, em declarações ao Expresso, a mesma fonte distancia-se do discurso xenófobo e extremamente conservador do partido. Ainda assim, admite que “se não há uma aproximação” a Ventura, “também não há uma linha vermelha”.

Ao mesmo semanário, o líder do Chega diz que não viabilizará um Governo do PSD se não houver cedência por parte dos sociais-democratas às principais bandeiras do partido. “Não quero fazer fretes, temos também os nossos pressupostos e linhas vermelhas. A nossa identidade”, declara André Ventura.

Desta forma, as exigências para um possível entendimento com o PSD passam por uma reforma do processo penal e no sistema judicial, que inclua medidas como a castração química para pedófilos, prisão perpétua para crimes de homicídio e trabalho obrigatório para os reclusos.

Quanto à reforma do sistema político, o destaque vai para a redução do número de deputados, redução dos salários dos políticos e alteração do sistema fiscal, nomeadamente o fim da taxa progressiva do IRS e a abolição do IMI.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Porto lança cartão da cidade para munícipes. Vantagens incluem descontos na cultura

O cartão foi lançado no dia 5 de abril e permite que os utilizadores tenham acesso a descontos em museus, teatros, piscinas e utilização gratuita do elevador dos Guindais. Destina-se aos moradores da cidade e …

Afinal, o SEF ainda não foi extinto. Governo vai publicar decreto-lei

Afinal, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) ainda não foi extinto. Segundo o Ministério da Administração Interna, o Governo vai "aprovar por decreto-lei a orgânica do novo serviço público [SEA] e as novas competências …

Mais quatro mortes e 553 casos nas últimas 24 horas

De acordo com a Direção-Geral da Saúde, Portugal registou nas últimas 24 horas 553 novos casos de covid-19 e quatro mortes associadas à doença. Portugal regista hoje mais quatro mortes relacionadas com a covid-19, 553 novos …

Familiares das vítimas do voo MH-17 na Ucrânia vão pedir indemnizações

Uma das advogadas das vítimas do voo MH-17 da Malaysia Airlines anunciou que 290 familiares apresentaram pedido de indemnização contra os quatro suspeitos do acidente. Uma advogada das vítimas do derrube do voo da Malasya Airlines …

1.º de Maio. CGTP duplica lotação, UGT festeja online com ex-ministros socialistas

As centrais sindicais voltam a estar divididas quanto às comemorações do 1.º de Maio. A CGTP vai organizar dois desfiles e duplicar a concentração na Alameda Dom Afonso Henriques; a UGT cancelou qualquer iniciativa presencial …

"Vice" da bancada do PS contestado por pedir autocrítica do partido sobre Sócrates

Pedro Delgado Alves defendeu que o PS deveria refletir sobre a ação de José Sócrates. O deputado foi contestado por outros dirigentes do grupo parlamentar, nomeadamente Ana Catarina Mendes, que reagiu de forma dura à …

Japão responde à China e garante que derrame de Fukushima será seguro

O vice-primeiro-ministro japonês, Taro Aso, reafirmou esta sexta-feira, em resposta às críticas da China, que a descarga da central nuclear de Fukushima aprovada pelas autoridades japonesas estará dentro dos limites de segurança da água potável. "Estou …

Ninguém quer "a batata quente" do caso Sócrates. Ivo Rosa e Carlos Alexandre com nota máxima

Os juízes Ivo Rosa e Carlos Alexandre foram avaliados com a nota máxima de "Muito Bom" pelo Conselho Superior da Magistratura em inspecções realizadas entre 2013 e 2018, ou seja, abarcando o período da investigação …

João Leão afasta criação de imposto de solidariedade para pagar crise pandémica

O ministro das Finanças, João Leão, argumenta que a criação de um imposto de solidariedade para pagar a crise pandémica não ajudaria nem seria benéfica. Em entrevista ao semanário Expresso, o ministro das Finanças, João Leão, …

Isabel de Castela ficou conhecida por cheirar mal. Novos documentos põem fim aos mitos

A famosa rainha Isabel I de Castela, em Espanha, era conhecida por se lavar pouco e cheirar mal. Contudo, documentos recém-descobertos mostram que possuía uma quantidade enorme de perfumes de grande valor. Isabel I financiou a …