Venezuela. Ordem de prisão para 18 suspeitos de ação contra Maduro

Erik S. Lesser / EPA

Manifestantes sairam às ruas de Caracas em apoio a Maduro e a Guaidó

Tarek Saab, Procurador-Geral da Venezuela, ordenou a detenção de um grupo de civis e militares que estiveram associados na ação pública de Guaidó no passado dia 30 de abril.

O procurador-geral da Venezuela, Tarek Saab, afirmou sexta-feira que ordenou a detenção de 18 civis e militares por alegado envolvimento na ação pública de Guaidó de 30 de abril contra o Governo de Nicolás Maduro.

Pedimos 18 mandados de detenção para civis e militares conspiradores, alguns com patente de tenente-coronel”, disse Tarek Saab no canal de televisão estatal VTV.

Segundo o procurador, no âmbito do processo judicial aberto pelo Ministério Público para investigar a ‘revolta’ de terça-feira em Caracas, foram realizadas 17 operações de investigação, sem precisar detalhes.

Obtivemos provas importantes. Eles (presos) vão ser muitos mais, provavelmente porque estão a trair muitos daqueles que foram presos”, disse.

Quanto aos envolvidos nos atos, sublinhou que “serão severamente punidos, porque são traidores da pátria”. Saab também se referiu ao líder do partido em que milita Juan Guaidó, Leopoldo López.

“Este homem tem estado lá por dias, ele não é um convidado, ele é um covarde que se escondeu lá. O senhor Leopoldo López sempre foi um covarde”, disse. O procurador acusou ainda Lopez de ter “levado à morte” as mais de 40 pessoas que perderam a vida nos protestos de 2014 contra o Governo de Maduro.

Um tribunal de Caracas ordenou a prisão de Lopez por violar uma medida cautelar que o impedia de fazer declarações políticas. O tribunal também ordenou que Leopoldo Lopez continue a cumprir a sua sentença na prisão militar de Ramo Verde, onde permaneceu até meados de 2017.

A crise política na Venezuela agudizou-se, na terça-feira, quando o autoproclamado Presidente Juan Guaidó, que é apoiado por cerca de 50 países, incluindo os Estados Unidos da América, desencadeou um ato de força contra o regime de Nicolás Maduro em que envolveu militares e para o qual apelou à adesão popular.

O regime de Maduro, que tem o apoio da Rússia, além de Cuba, Irão, Turquia e alguns outros países, ripostou considerando que estava em curso uma tentativa de golpe de Estado e não houve progressos na situação, aparentemente dominada pelo regime.

Nicolás Maduro, que tem sido alvo de forte contestação nas ruas, mas que aparentemente continua a controlar as instituições, viu as chefias militares confirmaram-lhe a lealdade, mantendo a situação do país num impasse.

Pelo menos cinco manifestantes morreram, três dos quais menores, e 239 ficaram feridos nos protestos que se seguiram ao levantamento liderado por Guaidó, segundo informações das Nações Unidas.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

PCP avisa: Abstenção é “apenas e só” para discutir o OE2021

O secretário-geral do PCP avisou este sábado que a abstenção anunciada pelo partido visa "apenas e só" fazer passar o Orçamento do Estado de 2021 a "outra fase de discussão" e recusou estar garantido um …

Convento medieval encontrado sob parque de estacionamento em Inglaterra

Uma equipa de arqueólogos britânicos encontrou um convento medieval, há muito perdido, debaixo de um parque de estacionamento em Inglaterra. Há muito que os arqueólogos britânicos especulavam sobre a potencial localização de um antigo convento medieval, …

Virgin Galactic leva cientista planetário ao Espaço pela primeira vez

O norte-americano Alan Stern será o primeiro a realizar experiências científicas financiadas pela NASA, a bordo de uma aeronave comercial da empresa espacial privada Virgin Galactic. A NASA revelou a semana passada que o cientista planetário …

Português responsável por limpeza de hospitais condecorado pela Rainha Isabel II

O português Maciel Vinagre pensou que era mentira ou engano ao ler a notificação de que tinha sido distinguido pela Rainha Isabel II pelo trabalho como responsável da limpeza de dois hospitais públicos britânicos durante …

Japonês inventa sacos de plástico "comestíveis" (para salvar o veado sagrado de Nara)

Um empresário local no destino turístico japonês de Nara desenvolveu uma alternativa aos sacos de plástico de compras para proteger o veado sagrado da cidade. Hidetoshi Matsukawa, que trabalha na Nara-ism, um agente de souvenirs, disse, …

Emissão do programa de Ricardo Araújo Pereira cancelada. Humorista em isolamento

O programa de Ricardo Araújo Pereira na SIC não será emitido este domingo, uma vez que o humorista se encontra em isolamento profilático depois de ter estado em contacto com uma pessoa infetada com covid-19. …

Erro clínico. Centenas de hóspedes em quarentena em hotel da Austrália vão ter de fazer teste ao VIH

Centenas de pessoas que estiveram em quarentena no hotel Victoria, na Austrália, vão ter de fazer o teste de doenças transmitidas pelo sangue, incluindo VIH, devido a um erro dos profissionais de saúde daquele local …

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …