LMM: Depois da guerra aberta, venda de capital privado da TAP está quase fechada

Mário Cruz / Lusa

Luis Marques Mendes

Luís Marques Mendes disse este domingo no seu habitual espaço de comentário na SIC que que está praticamente fechada a venda do capital privado da empresa portuguesa TAP a uma “grande companhia europeia”.

“As negociações não estão ainda fechadas, mas estão muito bem encaminhadas”, disse.

De acordo com o comentador político e antigo líder do PSD, faltam acertar apenas alguns detalhes: falta decidir se a venda do consórcio privado liderado por David Neeleman será total ou parcial. Resta saber “se sai apenas [David Neeleman] ou também o acionista português, que em princípio não sairá”, afiançou na SIC.

O Jornal de Negócios avança esta segunda-feira que a companhia aérea europeia em causa na venda do capital da TAP será a Lufthansa e que a transportadora se encontra neste processo de aquisição em parceria com a United Airlines.

Ainda sobre a TAP, Marques Mendes considerou que houve, na semana passada, uma “guerra aberta” entre o acionista privado da TAP e o ministro da tutela, Pedro Nuno Santos.

David Neeleman, recorde-se, defendeu a distribuição de prémios de desempenho, mesmo que a TAP feche o ano no vermelho. “Todas as companhias pagam prémios de desempenho, é a fórmula consagrada em todo o mundo para gerir quadros de forma mais eficiente. De resto, a TAP sempre pagou prémios e nos últimos 41 anos só deu lucro uma vez. E pagava prémios quando era 100% pública e isso nunca foi um problema”, disse Neeleman em entrevista ao jornal Observador.

Pedro Nuno Santos criticou a decisão no Parlamento, considerando que a atribuição destes prémios configura uma “falta de respeito para com a esmagadora maioria dos trabalhadores da TAP e para com os portugueses”.

O governante garantiu ainda que foi comunicado à empresa aérea portuguesa que não seriam permitidos prémios, tendo em conta os prejuízos de 100 milhões de euros.

Marques Mendes concordou com Pedro Nuno Santos, frisando que o “casamento” entre Neeleman e a tutela “não pode durar muito tempo”. “Numa altura em que a TAP previa lucros e passa a ter milhões de prejuízo, não faz sentido distribuir prémios. É do bom senso. [Prémios] a 1% dos trabalhadores? E então e os 99% dos outros? São enteados, não trabalharam? Não produziram? Não é justo, o ministro tem toda a razão”.

“Alguém fica desautorizado se houver distribuição de prémios. Ou fica a gestão privada da TAP ou fica o ministro”, alertou ainda Marques Mendes.

O capital da TAP é detido em 50% pelo Estado, em 5% pelos trabalhadores e em 45% pelo consórcio Atlantic Gateway de David Neeleman e Humberto Pedrosa.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ah grande Pedro Nunes Santos! Oxalá hajam muitos mais como ele na estrutura governamental, para ver se Portugal “entra nos eixos”. Está de parabéns.

RESPONDER

Trump critica muro construído pelos seus apoiantes na fronteira com México

O Presidente dos Estados Unidos da América (EUA) criticou hoje um muro construído por apoiantes na fronteira americana com o México e que está em risco de ruir, defendendo que o objetivo do grupo era …

Estado de emergência devido a novo derrame de combustível no Círculo Polar Ártico

As autoridades russas declararam o estado de emergência na localidade de Tukhard, na Sibéria, devido ao derramamento de 44,5 toneladas de combustível num lago, naquele que é o segundo desastre ecológico no Círculo Polar Ártico …

Bélgica inclui Alentejo e Algarve na zona laranja com "maior vigilância"

Os viajantes que entrem na Bélgica oriundos do Alentejo e do Algarve serão sujeitos a “maior vigilância” devido à pandemia da covid-19, segundo o site do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) belga, que não especifica …

Infetado detido em Miranda do Douro por desrespeitar confinamento obrigatório

A GNR deteve em Miranda do Douro um homem, de 26 anos, por não respeitar o confinamento obrigatório que lhe foi decretado pela autoridade de saúde pública naquele concelho do distrito de Bragança. "O homem encontrava-se …

Sudão aprova criminalização da mutilação genital feminina

O Conselho Soberano, a mais alta autoridade do Sudão, aprovou a criminalização da mutilação genital feminina (MGF), uma prática muito antiga que continua generalizada no país, anunciou o Ministério da Justiça. O Conselho Soberano, composto por …

Andrzej Duda reeleito Presidente da Polónia

O chefe de Estado polaco venceu a segunda volta das eleições Presidenciais com 51,21% dos votos, derrotando o liberal Rafal Trzaskowski, anunciou, esta segunda-feira, a Comissão Eleitoral. Segundo a Comissão Eleitoral, Andrzej Duda conseguiu a reeleição …

Manifestantes criticam escolha de Macron para o Ministério do Interior. Ministro é acusado de violação

Ativistas dos direitos das mulheres protestaram, em França e no estrangeiro, contra a nomeação do novo ministro do Interior, acusado de violação, e do ministro da Justiça, que ridicularizou o movimento #MeToo. Ativistas dos direitos das …

Cinco meses depois, chefes de diplomacia da UE voltam a reunir-se em Bruxelas

A reunião contempla temas como o impacto da pandemia, a situação na Líbia, Hong Kong e na Venezuela, as relação da União Europeia com a Índia e África e o Processo de Paz do Médio …

Há 12 países que conseguiram escapar à pandemia

Tendo em conta os casos registados e comunicados oficialmente pelas autoridades, há 12 países no mundo que não registam qualquer caso de infeção. Segundo a universidade norte-americana Johns Hopkins, a covid-19 chegou a 188 países, mas, …

"Prisioneira em casa" há 4 meses. Algarvia já fez 14 testes e não se livra do coronavírus

A algarvia Tânia Poço está infectada com o novo coronavírus há quatro meses. Nesta altura, já não tem sintomas de covid-19, mas os testes que tem feito continuam a assinalar a presença do vírus naquele …