LMM: Depois da guerra aberta, venda de capital privado da TAP está quase fechada

Mário Cruz / Lusa

Luis Marques Mendes

Luís Marques Mendes disse este domingo no seu habitual espaço de comentário na SIC que que está praticamente fechada a venda do capital privado da empresa portuguesa TAP a uma “grande companhia europeia”.

“As negociações não estão ainda fechadas, mas estão muito bem encaminhadas”, disse.

De acordo com o comentador político e antigo líder do PSD, faltam acertar apenas alguns detalhes: falta decidir se a venda do consórcio privado liderado por David Neeleman será total ou parcial. Resta saber “se sai apenas [David Neeleman] ou também o acionista português, que em princípio não sairá”, afiançou na SIC.

O Jornal de Negócios avança esta segunda-feira que a companhia aérea europeia em causa na venda do capital da TAP será a Lufthansa e que a transportadora se encontra neste processo de aquisição em parceria com a United Airlines.

Ainda sobre a TAP, Marques Mendes considerou que houve, na semana passada, uma “guerra aberta” entre o acionista privado da TAP e o ministro da tutela, Pedro Nuno Santos.

David Neeleman, recorde-se, defendeu a distribuição de prémios de desempenho, mesmo que a TAP feche o ano no vermelho. “Todas as companhias pagam prémios de desempenho, é a fórmula consagrada em todo o mundo para gerir quadros de forma mais eficiente. De resto, a TAP sempre pagou prémios e nos últimos 41 anos só deu lucro uma vez. E pagava prémios quando era 100% pública e isso nunca foi um problema”, disse Neeleman em entrevista ao jornal Observador.

Pedro Nuno Santos criticou a decisão no Parlamento, considerando que a atribuição destes prémios configura uma “falta de respeito para com a esmagadora maioria dos trabalhadores da TAP e para com os portugueses”.

O governante garantiu ainda que foi comunicado à empresa aérea portuguesa que não seriam permitidos prémios, tendo em conta os prejuízos de 100 milhões de euros.

Marques Mendes concordou com Pedro Nuno Santos, frisando que o “casamento” entre Neeleman e a tutela “não pode durar muito tempo”. “Numa altura em que a TAP previa lucros e passa a ter milhões de prejuízo, não faz sentido distribuir prémios. É do bom senso. [Prémios] a 1% dos trabalhadores? E então e os 99% dos outros? São enteados, não trabalharam? Não produziram? Não é justo, o ministro tem toda a razão”.

“Alguém fica desautorizado se houver distribuição de prémios. Ou fica a gestão privada da TAP ou fica o ministro”, alertou ainda Marques Mendes.

O capital da TAP é detido em 50% pelo Estado, em 5% pelos trabalhadores e em 45% pelo consórcio Atlantic Gateway de David Neeleman e Humberto Pedrosa.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ah grande Pedro Nunes Santos! Oxalá hajam muitos mais como ele na estrutura governamental, para ver se Portugal “entra nos eixos”. Está de parabéns.

RESPONDER

EMA encontra possível ligação entre vacina da Johnson & Johnson e coágulos, mas benefícios superam riscos

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) concluiu, esta terça-feira, que a vacina Janssen, do grupo Johnson & Johnson, tem uma "possível ligação" a casos muito raros de coágulos sanguíneos, mas insistiu que os benefícios do …

Emirados Árabes "empurram" Isabel dos Santos para fora do Dubai

Autoridades dos Emirados Árabes Unidos terão comunicado à empresária Isabel dos Santos "o desejo" de que esta abandone "tão cedo quanto possível" o Dubai. Uma posição que é vista como uma cedência a um pedido …

Ex-gestor do Grupo Espírito Santo vai ser julgado nos EUA. Pena pode chegar aos 65 anos

Paulo Murta vai ser julgado por um tribunal norte-americano após a sua extradição ter sido autorizada. Caso seja condenado, a sua pena pode chegar aos 65 anos. Paulo Murta, antigo gestor do Grupo Espírito Santo (GES) …

Horas após ser reeleito, Presidente do Chade morre vítima de ferimentos em combate

O Presidente do Chade, no poder há 30 anos, morreu, esta terça-feira, devido a ferimentos sofridos enquanto comandava o exército na luta contra rebeldes no norte do país durante o fim-de-semana. "O Presidente da República, chefe …

Iniciativa Liberal acusa comissão promotora de a tentar impedir de participar no desfile do 25 de Abril

A Iniciativa Liberal (IL) acusou, esta terça-feira, a comissão promotora do desfile do 25 de Abril de tentar impedir o partido de participar nas comemorações, pretendendo os liberais organizar o seu próprio desfile no mesmo …

EDP defende que venda de barragens não estava sujeita a imposto de selo

A EDP considera que a venda da concessão das barragens ao consórcio da Engie não beneficiou de isenção do Imposto do Selo prevista na lei desde 2020 porque a forma como a operação decorreu não …

Polícia Judiciária faz buscas na Câmara de Lisboa

A Polícia Judiciária (PJ) está, esta terça-feira, a fazer buscas na Câmara Municipal de Lisboa, nas instalações do departamento de gestão urbanística, situadas no Campo Grande, e nos Paços do Concelho. Ao que o jornal online …

Portugal regista mais 424 casos e cinco óbitos por covid-19

Portugal registou, esta terça-feira, mais cinco mortes e 424 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

Ministro reconhece que retoma do Ensino Superior tem de ser "gradual"

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior considerou, esta segunda-feira, que a retoma das atividades letivas tem de ser feita de forma “gradual e faseada”, mas mostrou-se satisfeito com a responsabilidade demonstrada por docentes …

Apenas uma em cada 500 pessoas foram vacinadas nos países pobres. Greta Thunberg apoia vacinação equitativa com 100 mil euros

Apenas uma em cada 500 pessoas, em média, foi vacinada contra a covid-19 nos países pobres, enquanto nos ricos uma em cada quatro já está parcial ou totalmente imunizada, revelou esta segunda-feira a Organização Mundial …