Venda de carros cresce 28% por receio de aumento de impostos

Em agosto, as vendas de automóveis ligeiros cresceram 28%. A transição para um novo sistema de medição das emissões de CO2 gerou uma “antecipação de compras”.

As vendas de automóveis ligeiros cresceram 28% em agosto, segundo dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), que refere que a transição para um novo sistema de medição das emissões de CO2 gerou uma “antecipação de compras” deste tipo de veículos.

De acordo com a ACAP, no mês passado foram matriculados 15.281 automóveis ligeiros de passageiros novos, o que representa um crescimento de 28% face ao mesmo mês de 2017. O novo sistema de medição de emissões de CO2 WLTP (Worldwide Harmonized Light Vehicles Teste Procedure) entra em vigor este mês em substituição do NEDC (New European Driving Cycle).

Esta nova regulamentação implica a adoção de métodos para reduzir a discrepância entre os consumos anunciados e os consumos reais dos automóveis, estimando-se que possa provocar um agravamento no preço dos veículos, bem como a atualização das tabelas do Imposto Único Automóvel (IUC) e do Imposto sobre Veículos (ISV).

Inicialmente, o mercado acreditava que este impacto nos preços seria sentido já em setembro, no entanto, em 3 de agosto, as Finanças esclareceram que as tabelas do IUC e do ISV, por este motivo, só vão ser atualizadas através do Orçamento do Estado para 2019.

Entre janeiro e agosto, o número total de veículos matriculados em Portugal avançou 7,6%, face ao período homólogo, para 198.350 unidades, ainda de acordo com a ACAP.

Só em agosto, no total foram matriculados pelos representantes legais de marca a operar em Portugal 18.621 veículos, mais 25,4% em comparação com o mesmo mês do ano anterior.

Nos primeiros oito meses do ano, as matrículas de veículos ligeiros totalizaram 169.827, o que se traduziu num aumento de 8,4% em comparação com o mesmo período de 2017. Por seu turno, o mercado de ligeiros de mercadorias cresceu em agosto 17%, em comparação com o mês homólogo do ano anterior, para 2.894 unidades matriculadas.

Entre janeiro e agosto, foram registados 25.121 veículos, mais 3,9% do que no acumulado dos oito primeiros meses de 2017.

Já quanto ao mercado de veículos pesados, que engloba os tipos de passageiros e de mercadorias, verificou-se um aumento de 1,8% em agosto, face ao mesmo mês do ano anterior, para 446 veículos registados. Até agosto, as matrículas desta categoria totalizaram 3.402 unidades, menos 2,4% relativamente ao período homólogo de 2017.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nicolas Sarkozy vai mesmo ser julgado por corrupção

A justiça francesa validou definitivamente a realização do julgamento do ex-Presidente num caso revelado por escutas telefónicas em que é nomeadamente acusado de corrupção de um magistrado. De acordo com a AFP, o Tribunal de Recurso de …

Luís Filipe Vieira pediu informações sobre Keylor Navas em Madrid

O presidente do Benfica aproveitou a visita a Madrid para saber mais pormenores sobre a situação do guarda-redes dos merengues. O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, dirigiu-se na passada segunda-feira a Madrid para ultimar os …

Jovens que acusaram Harry de “traição da raça” condenados com pena de prisão

O caso remonta a dezembro de 2018, quando surgiram as primeiras notícias de uma investigação da BBC que envolvia a família real britânica. Um grupo neonazi era responsável por uma propaganda online onde sugeriam que o …

UEFA confirma três jogos de suspensão para Neymar

A UEFA anunciou, esta quarta-feira, que rejeitou o recurso do Paris Saint-Germain e manteve os três jogos de suspensão a Neymar, na sequência de insultos aos árbitros na partida com o Manchester United, da Liga …

Transportes estão cada vez mais cheios. Carris vai comprar 100 novos autocarros

A Carris vai lançar dois concursos para a aquisição de 100 novos autocarros, 70 dos quais a gás natural e 30 elétricos, anunciou o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina. Falando na apresentação da …

Apenas 59% dos habitantes da Europa ocidental confiam na vacinação. França é o país com mais dúvidas

Na Europa oriental, apenas metade da população olha para as vacinas como uma forma segura de prevenção de saúde. No caso da zona ocidental, o número sobe para os 59%, mas fica ainda distante dos …

César Peixoto é o novo treinador da Académica

O antigo futebolista é o novo treinador da Académica, sucedendo a João Alves no comando técnico dos estudantes, anunciou o clube que integra a II Liga portuguesa. César Peixoto vai ser apresentado às 17h00, em conferência …

Tribunal diz que ausência de resistência de vítima de violação é "desejo de sobreviver"

Quando as vítimas não resistem, revelam "o desejo de sobreviver a uma situação cujo controlo não detêm", adotando um comportamento de preservação, diz o Tribunal da Relação de Lisboa. O Tribunal da Relação de Lisboa considerou …

Draghi abre a porta a cortes nas taxas de juro

Mario Draghi afirmou esta terça-feira que se o objetivo de ficar abaixo dos 2% de inflação estiver ameaçado, "estímulos adicionais serão necessários". O presidente do BCE admitiu mesmo uma descida das taxas. O presidente do BCE, Mario …

SNS dá “sinais de cansaço” e tem sistema “que não é amigo do cidadão”

A Convenção Nacional da Saúde concluiu esta terça-feira que o SNS “dá sinais de cansaço” e avisa que os portugueses “não podem ter listas de espera de anos” por consultas ou cirurgias, nem ter “enormes …