Vem aí mais frio. Saiba o que fazer.

foto: shannonyeh.photography / flickr

foto: shannonyeh.photography / flickr

A partir de amanhã e pelo menos até quinta-feira as temperaturas vão baixar ainda mais. Os valores de temperatura que se têm feito sentir, abaixo do normal para um mês de novembro, acontecem de 10 em 10 anos, e a onda de frio deverá manter-se até ao próximo dia 5 de dezembro. A Protecção Civil e a Deco aconselham prudência e alguns cuidados.

Mantenha-se atento aos avisos das autoridades de saúde, do Instituto de Meteorologia e Geofísica e da Autoridade Nacional de Proteção Civil. Na estrada, tome particular cuidado com a geada, que torna o piso escorregadio. Em casa, a Protecção Civil chama a atenção para os sistemas de aquecimento (lareiras ou equipamentos eléctricos), para evitar intoxicações por inalação de gases.

A acumulação de monóxido de carbono em locais fechados pode ser fatal, pelo que deve deixar uma porta ou janela aberta para haver circulação do ar.

Temperaturas baixas agravam problemas cardíacos e respiratórios, como gripes e constipações. Em dias de mais frio, agasalhe-se bem e procure evitar mudanças bruscas de temperatura. Em situações extremas, o enregelamento e a hipotermia podem levar a amputações ou mesmo à morte. Vigie de perto crianças, idosos e doentes crónicos, que não têm grande percepção das mudanças climáticas.

Alguns conselhos da DECO para os dias de frio:

Encurte as horas entre refeições. Opte por sopas e bebidas quentes, como leite e chá. Se a saúde o permitir, ingira alimentos mais calóricos. É o caso do chocolate e dos frutos secos. Mas deve evitar as bebidas alcoólicas. O álcool faz o organismo libertar calor e arrefecer. Além disso, deprime o sistema nervoso central, o que diminui a capacidade de sentir o frio.

No banho, a água demasiado quente remove a protecção cutânea. Passe creme hidratante nas áreas mais expostas ao frio. Proteja sobretudo as mãos e os lábios, para não ficarem secos ou gretados.

Não pratique actividades físicas intensas, como correr ao ar livre. As temperaturas baixas não favorecem a circulação sanguínea e obrigam o coração a um esforço maior. No entanto, o exercício moderado aumenta a circulação sanguínea e a produção de calor. Mas evite arrefecer com peças de roupa transpiradas.

Vestir várias camadas de roupa é preferível a usar uma só peça, ainda que de tecido grosso. O ar entre as camadas funciona como isolante e ajuda a manter a temperatura.

Roupas muito justas ou que provoquem transpiração são desaconselháveis. As primeiras dificultam a circulação sanguínea e as segundas provocam perda de calor. Use ainda calçado isolante, para conservar a temperatura.

Proteja também o rosto, por exemplo, com um cachecol. Como se perde muito calor pela cabeça, o gorro é outro bom amigo.

Se for apanhado por uma chuva inesperada, mude de roupa o mais rápido possível. Meias ou outras peças molhadas não permitem conservar o calor.

O General Inverno não traz só coisas desagradáveis. Siga estas instruções e tem pelo menos uma boa desculpa para durante uns dias furar a dieta com o seu chocolate preferido e aquelas iguarias mais calóricas que compensam o mal que fazem com o bem que sabem.

ZAP / Deco

PARTILHAR

RESPONDER

Cientista revela por que os mosquitos só picam a algumas pessoas

O cientista Joop van Loon revelou o motivo pelo qual os mosquitos costumam picar mais algumas pessoas do que outras. De acordo com o especialista, são os compostos químicos presentes na pele dos humanos que …

ESA prepara-se para intercetar pela primeira vez um cometa puro

A Agência Espacial Europeia (ESA) desenvolveu um projeto que visa intercetar um cometa puro - um corpo celeste que nunca passou pelo Sistema Solar -, quando este se aproximar da órbita da Terra em meados …

Astrónomos encontraram uma nova (e surpreendente) cratera em Marte

Marte não se "magoa" facilmente mas, quando acontece, o resultado pode ser quase comparado a uma obra de arte. Uma cratera, descoberta em abril pela sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), é a prova disso. Notável não só …

Elon Musk alerta: Civilização pode colapsar daqui a 30 anos

De acordo com Elon Musk, uma "bomba populacional" vai surgir nas próximas décadas, quando uma população mundial cada vez mais idosa chocar com a queda das taxas de natalidade em todo o mundo. Esta não é …

O mundo árabe está menos religioso. Mas continua homofóbico

Há cada vez mais árabes que dizem não ter religião. Esta é a principal conclusão de uma grande sondagem feita a mais de 25 mil cidadãos de países árabes pelo centro de pesquisa Arab Network …

Tina morreu durante 27 minutos e foi ressuscitada 8 vezes. Quando acordou, escreveu "é real"

Uma mulher norte-americana entrou em paragem cardíaca em fevereiro de 2018 quando se preparava para fazer uma caminhada com o seu marido Brian. Depois de desmaiar, Brian ressuscitando-a duas vezes antes de os paramédicos chegarem para …

"Homem-árvore" pede que as suas mãos sejam amputadas

Abul Bajandar, um homem de 28 anos do Bangladesh conhecido como "Homem-árvore" devido às incomuns verrugas que nascem nos seus membros, pediu que as suas mãos fossem amputadas para aliviar as dores insuportáveis.  Bajandar sofre de …

EUA. Senadores republicanos do Oregon fogem para não aprovar lei ambiental

Senadores estaduais do Oregon, nos Estados Unidos (EUA), encontram-se a monte desde quinta-feira para não votarem uma lei ambiental. Procurados pela polícia, voltaram este domingo a faltar a uma sessão legislativa, impedindo que haja quórum …

O planeta enfrenta um "apartheid climático"

O planeta está confrontado com um “'apartheid' climático”. De um lado, os ricos que se podem adaptar melhor às alterações climáticas, e do outro, os pobres que vão sofrer mais, disse esta segunda-feira um especialista …

Governo repõe 40 horas semanais para trabalhadores do CNB. Greve mantém-se

A partir de 1 de julho, os trabalhadores da Companhia Nacional de Bailado (CNB) voltarão às 40 horas semanais, numa uniformização laboral com os trabalhadores do Teatro Nacional de São Carlos. A decisão foi comunicada, esta …