Vaza-Jato. Novas mensagens mostram que Moro cometeu ilegalidades

O ex-juiz Sérgio Moro, atual ministro da Justiça do Brasil, agiu fora da lei na condição de processos da Operação Lava Jato, cometendo “irregularidades” que denunciam a sua parcialidade de atuação.

Esta é a conclusão de uma investigação da revista Veja, em conjunto com o The Intercept Brasil, que analisou 649.511 mensagens trocadas entre Sérgio Moro e procurados do Ministério Público encarregados das investigações do maior escândalo de corrupção política do Brasil, a Operação Lava Jato.

“As conversas ocorridas no ambiente de um sistema de comunicação privada (o Telegram) e divulgadas pelo site The Intercept Brasil mostraram que, no papel de magistrado, Moro deixou de lado a imparcialidade e atuou ao lado da acusação“, escreve a revista.

A equipa por trás da investigação chegou à conclusão que “o caso é ainda mais grave” do que parecia. “Moro cometeu, sim, irregularidades. Fora dos autos (e dentro do Telegram), o atual ministro pediu à acusação que incluísse provas nos processos que chegariam depois às suas mãos, mandou acelerar ou retardar operações e fez pressão para que determinadas delações não andassem”, refere a Veja.

Eros Grau, ex-ministro do Supremo Tribunal Federal brasileiro, afirmou que Sérgio Moro se comportou “como chefe do Ministério Público Federal, posição incompatível com a neutralidade exigida a um magistrado”. “Quando o juiz perde a imparcialidade, deixa de ser juiz.”

Desde a publicação do primeiro artigo sobre a Vaza Jato pelo The Intercept, Moro tem sempre dito que as mensagens foram obtidas de forma ilegal, que podem ter sido adulteradas e que, mesmo que sejam verdadeiras, não considera que demonstrem qualquer ilegalidade. Esta semana, na audição no Senado brasileiro, manteve a mesma posição.

“A condução dos processos da Lava-Jato não se deu de acordo com a lei”, refere a Veja, destacando que os diálogos “violam o devido processo legal, pilar fundamental do Estado de direito”, e “fica evidente que as ordens do então juiz eram cumpridas à risca pelo Ministério Público e que ele se comportava como parte da equipa de investigação” e “não como um magistrado imparcial”.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. intercePT não manda as mensagens todas as autoridades de qualquer país ou da ONU para que possam ser periciadas com isenção, só divulgar por partes sem a confirmação de ser verdade não se pode falar se uma pessoa agiu como divulgado.

  2. Mas o governo também não é limpo… também protege as corporações e bancos.. inocente sou eu !!!

  3. Apesar da mídia Internacional , que é esquerdista , do inimigo ser descomunal que é toda a Cultura pró corrupção brasileira, das patacoadas do Bolsonaro, Moro há de vencer pois é incansável , bom de briga e já suportou 2 sessões esdrúxulas no senado e Câmara.

RESPONDER

O RRS David Attenborough, navio virgem dos reinos polares, já saiu do estaleiro

O navio RRS Sir David Attenborough saiu finalmente do seu estaleiro. O já lendário navio vai agora ser sujeito a alguns testes antes de ser oficialmente entregue ao serviço, em novembro deste ano. A construção do …

Vulcões ativos produzem 30 a 50% da atmosfera de Io

Novas imagens rádio obtidas pelo ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) mostram, pela primeira vez, o efeito direto da atividade vulcânica na atmosfera da lua de Júpiter, Io. Io é a lua mais vulcanicamente ativa do nosso …

Descobertas pegadas fossilizadas com mais de 10 mil anos. São a trilha pré-histórica de uma mãe com um bebé ao colo

Uma equipa de investigadores internacional descobriu o trilho pré-histórico mais comprido do mundo no Novo México, nos Estados Unidos. O novo estudo conta a historia de uma mulher que carregou um bebé nos braços durante …

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …