Vaticano e diocese de Hong Kong alvo de alegados ataques informáticos

O Vaticano e a diocese de Hong Kong têm sido alvo de supostos ataques de piratas informáticos antes das negociações sobre as relações entre a Santa Sé e a China, revelou hoje a organização não-governamental Recorded Future

De acordo com aquela organização não-governamental norte-americana os alegados ataques informáticos estão a ser levados a cabo, alegadamente, pelo grupo “RedDelta” e começaram no passado mês de maio.

Anteriormente, uma notícia publicada no jornal The New York Times referia que a vigilância e os ataques informáticos contra o Vaticano têm como objetivo as negociações que estão marcadas para setembro.

O Vaticano ainda não comentou mas o Ministério dos Negócios Estrangeiros de Pequim negou qualquer tipo de envolvimento considerando o relatório da Recorded Future “especulativo”.

Segundo a organização Recorded Future, a Missão Hong Kong/China (Hong Kong Study Mission to China), a entidade que faz a ligação entre o Vaticano e Pequim, assim como o Instituto para as Missões foram alvo de ataques cibernéticos.

“A intrusão suspeita sobre o Vaticano permite ao grupo ‘RedDelta’ penetrar nas informações sobre as posições da Santa Sé antes da nova ronda negocial de setembro”, refere o relatório da Recorded Future.

O mesmo documento acrescenta que os ataques informáticos também obtêm “informações importantes” sobre as entidades católicas na Região Administrativa Especial de Hong Kong assim como vigia os grupos pró-democratas da antiga colónia britânica.

Ainda segundo o relatório, os “ataques” prolongaram-se pelo menos até 21 de junho e houve mesmo uma tentativa de obtenção ilegal de documentos da Secretaria de Estado do Vaticano nos contactos estabelecidos com Hong Kong.

Os 12 milhões de católicos chineses dividem-se entre os que pertencem à Associação Patriótica dos Católicos Chineses, fora da autoridade do Vaticano, e os grupos clandestinos da igreja leal ao Papa.

Os sacerdotes na clandestinidade assim como os fiéis são frequentemente alvo de perseguições e prisões na República Popular da China.

Em 2018, foi alcançado o princípio de um acordo, sem precedentes, entre a Santa Sé e Pequim sobre a designação de bispos, nomeadamente de sete bispos que não eram reconhecidos pelo Vaticano, um assunto de conflito entre os dois Estados.

Muitos católicos clandestinos mostraram reservas em relação ao acordo encarado como uma cedência ao regime comunista e traindo a lealdade dos fiéis em relação ao Papa.

Pequim nega a existência de programas financiados pelo Estado que visam a vigilância informática de segredos de outros países ou instituições.

No princípio do mês, os Estados Unidos disseram que foram detetadas intrusões informáticas chinesas e acusou dois cidadãos da República Popular da China por alegadamente estarem à frente de ataques contra empresas norte-americanas e de outros países.

As autoridades judiciais dos Estados Unidos disseram também que piratas informáticos que trabalham para Pequim atacaram empresas norte-americanas que estão a desenvolver projetos científicos relacionados com vacinas contra o SARS CoV-2.

A República Popular da China já respondeu que os Estados Unidos não têm provas sobre estes alegados ataques informáticos.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Preços das casas não subiam tanto há mais de dois anos

Os preços da habitação registaram uma subida de 2,5% em relação ao mês anterior. Não subiam tanto há mais de dois anos. O preço de venda das casas em Portugal Continental registou um aumento de 2,5% …

Tragédia de Pedrógão pode "repetir-se em vários locais deste país"

Após quatro anos do grande incêndio que vitimou 66 pessoas, a região de Pedrógão Grande está de novo em ponto de combustão. A 17 de junho de 2017 o incêndio de Pedrógão Grande matou 66 …

"Apocalipse dos insetos". Novos dados associam queda de população a barragens

A população de insetos está em declínio, naquilo a que chamam de "Apocalipse dos insetos". Um novo estudo associa este problema às barragens. Os insetos são o grupo de animais mais numeroso do planeta. Existem cerca …

PS com o pior resultado desde março de 2020. Direita rejubila

Na nova sondagem da Intercampus, realizada para o Jornal de Negócios e o CM/CMTV, todos sobem nas intenções de voto menos o PS. A mais recente sondagem da Intercampus, realizada para o Jornal de Negócios e …

Nova tabela de preços da ADSE adiada para setembro

A nova tabela de preços da ADSE sofreu mais um adiamento e só entrará em vigor em setembro, revelou a ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão. A nova tabela de preços …

Vacinação da faixa etária 20-29 começa a "meio de julho"

No habitual espaço de comentário na SIC, este domingo à noite, Luís Marques Mendes anunciou que a vacinação dos jovens entre os 20 e os 29 anos vai, afinal, começar a "meio de julho". A vacinação …

Cientistas descobrem compostos promissores para tratar cancro do fígado mortal

Investigadores descobriram algumas classes de terapêuticos que destroem as células tumorais fibrolamelares que crescem em ratos e testaram-nas em células humanas extraídas de tumores. As opções de tratamento para o cancro do fígado mortal, chamado carcinoma …

Governo sueco na corda bamba. Moção de censura pode fazê-lo cair

Depois de, neste domingo, ter falhado a tentativa de acordo parlamentar, o Governo sueco enfrenta hoje uma prova de fogo. Esta segunda-feira, o Governo da Suécia pode cair se o Parlamento aprovar a moção de censura. Segundo …

Conseguirão os humanos compreender baleiês? Cientistas acreditam que sim

Uma equipa de investigadores está a tentar recolher e decifrar os sons emitidos por cachalotes, para compreender a sua linguagem. Os cachalotes estão entre os animais mais barulhentos do planeta, produzindo sons de rangidos, batidas e …

NASA regressa a Vénus para perceber se o planeta já foi habitável no passado

A NASA está a regressar a Vénus para aprender como é que o planeta se tornou um deserto quente e venenoso — e se o planeta já foi habitável no passado. A NASA está finalmente a …