Dois vice-presidentes e vários altos dirigentes da FIFA detidos por corrupção

Marcello Casal Jr. / ABr

O presidente da FIFA, Joseph Sepp Blatter

Vários dirigentes da FIFA foram detidos esta quarta-feira na Suíça, a pedido da Justiça norte-americana, que solicitou a sua extradição para que sejam julgados por corrupção.

A operação foi levada a cabo pela polícia suíça, às primeiras horas do dia, no luxuoso hotel Baur au Lac, nos Alpes, onde os dirigentes se reuniam para o seu encontro anual. Segundo o The New York Times, após pedirem as chaves na receção, os agentes dirigiram-se aos quartos para realizar as detenções. Pelo menos dois homens saíram do hotel sem algemas.

Em comunicado, o Departamento de Justiça dos EUA informou que as autoridades suíças em Zurique prenderam sete suspeitos, nomeadamente Jeffrey Webb (CONCACAF), Eduardo Li (Costa Rica), Julio Rocha (Nicarágua), Costas Takkas (Ilhas Caimão), Eugenio Figueredo (Uruguai), Rafael Esquivel (Venezuela) e José Maria Marin (Brasil).

De acordo com três fontes com conhecimento direto do caso, estarão em causa suspeitas de corrupção nas duas últimas décadas, envolvendo os concursos para acolher os Mundiais de Futebol, bem como negócios de marketing e transmissão de jogos,

O diário afirma que a investigação representa uma ameaça ao presidente da FIFA, Joseph Blatter, apesar de este não ter sido acusado.

Entretanto, o Ministério da Justiça e a polícia da Suíça confirmaram a detenção, com acusações de corrupção, dos dirigentes, além de buscas na sede da FIFA, em Zurique, durante as quais apreenderam documentos e dados informáticos.

O ministério público suíço tinha instaurado em março um inquérito contra desconhecidos por “branqueamento de capitais e gestão danosa” na atribuição dos mundiais de futebol de 2018, na Rússia, e 2022, no Qatar.

“Os enriquecimentos ilícitos ocorreram, em parte, na Suíça”, esclareceu, numa nota, o ministério suíço da Justiça, acrescentando que este inquérito foi aberto a 10 de março de 2015.

As autoridades helvéticas indicaram que se prevê a sua extradição para os Estados Unidos, onde as autoridades de Nova Iorque os investigam por terem, alegadamente, aceitado subornos desde o início dos anos 1990.

No comunicado, as autoridades norte-americanas afirmam ter indiciado 14 pessoas por fraude, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha: nove dirigentes da FIFA e cinco executivos de empresas ligadas ao futebol.

De acordo com as autoridades, o grupo é acusado de armar um esquema de corrupção com subornos de pelo menos 150 milhões de dólares, que existe há pelo menos vinte e quatro anos.

Dois vice-presidentes

O New York Times identifica diretamente apenas Eduardo Li, da Costa Rica, mas afirma que Jack Warner, antigo vice-presidente da FIFA, “está entre aqueles que devem enfrentar acusações nos Estados Unidos”.

As autoridades norte-americanas “planeiam avançar com acusações contra mais de 10 dirigentes”, apesar de nem todos estarem em Zurique. Um deles é Jeffrey Webb, das Ilhas Caimão e vice-presidente da comissão executiva.

Na lista do jornal consta também Eugenio Figueredo, do Uruguai, vice-presidente da comissão executiva, e que era, até recentemente, presidente da Associação de Futebol da América do Sul.

Entretanto, a imprensa brasileira avança que José Maria Marin, ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol, está também entre os dirigentes detidos.

A detenção dos seis dirigentes da FIFA não surpreendeu Luís Figo, disse hoje à agência Lusa uma fonte da ex-candidatura do português, que relembra que a suspeição em torno do organismo foi um dos motivos “que o levou a desistir”.

Na quinta-feira passada, Luís Figo anunciou a desistência da candidatura à presidência da FIFA, marcadas para sexta-feira, comparando o atual estado do organismo que rege o futebol mundial a uma “ditadura”.

O anúncio de Figo surgiu horas depois de o holandês Mitchell van Praag ter desistido, anunciando o apoio ao jordano Ali bin Al Hussein, que se mantém na luta com o atual presidente, o suíço Joseph Blatter.

Futebol365 / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …

Parlamento aprovou Constitucional em Coimbra (mas PS ainda pode chumbar a saída de Lisboa)

O Parlamento aprovou, na generalidade, a proposta do PSD para transferir o Tribunal Constitucional (TC) e o Supremo Tribunal Administrativo (STA) de Lisboa para Coimbra. Mas a mudança só poderá ser concretizada depois da votação …