Vacinados contra a covid-19 devem continuar a usar máscara, pois “ainda podem ser contagiosos”

(dr) Envato Elements

Uma imunologista da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, considera que é importante que as pessoas que já foram vacinadas contra a covid-19 continuem a usar máscara, uma vez que “ainda podem ser contagiosas”.

Michal Tal, imunologista da Universidade de Stanford, diz que “muitas pessoas pensam que, uma vez vacinadas, não precisam de usar mais máscara”, porem, a especialista defende que devem continuar a fazê-lo. A razão é simples: apesar de imunizados contra a doença, “ainda podem ser contagiosos”, referiu ao The New York Times.

Também o CEO da norte-americana Pfizer, concorda com esta perspetiva. Albert Bourla admite que ainda não se sabe se as pessoas vacinadas ainda podem ser portadoras do SARS-CoV-2 e transmiti-lo a outros. “Penso que é algo que precisa de ser analisado. Não temos a certeza sobre isso agora”, afirmou em declarações recentes à NBC News.

A vacina da Pfizer/BioNTech, que começou esta terça-feira a ser administrada no Reino Unido, revelou uma eficácia de 95% na prevenção da covid-19, segundo resultados finais do teste clínico em larga escala. Contudo, ainda não é claro se as pessoas que já foram imunizadas podem conter a propagação do novo coronavírus.

De acordo com o The New York Times, esta dúvida surge porque os ensaios clínicos da Pfizer, mas também os da Moderna, rastrearam apenas as pessoas vacinadas que adoeceram com covid-19. Desta forma, fica aberta a possibilidade de que algumas pessoas vacinadas possam ser infetadas sem apresentarem sintomas.

O nariz é a principal porta de entrada das infeções respiratórias, incluindo a que é provocada pelo novo coronavírus. É nesta zona que o vírus se multiplica rapidamente, levando o sistema imunitário a produzir anticorpos, que são específicos da mucosa, o tecido húmido que reveste o nariz, a boca, os pulmões e o estômago.

Caso um individuo seja exposto ao vírus pela segunda vez, estes anticorpos e as células imunológicas matam o vírus no nariz antes que este se espalhe para outras partes do corpo.

Por sua vez, as vacinas contra a covid-19 são injetadas e rapidamente absorvidas no sangue, onde estimulam o sistema imunológico a produzir anticorpos. Alguns desses anticorpos vão circular para a mucosa nasal, mas não é ainda claro qual é a quantidade.

Caso se constate que o número de anticorpos na mucosa nasal é insuficiente, o vírus pode replicar-se nesta zona e ser espirrado e exalado, infetando outras pessoas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Radiotelescópio encontrou a sua primeira estrela morta giratória. É um "farol cósmico gigante"

Com a ajuda de um radiotelescópio de baixa frequência na Austrália, uma equipa de astrónomos descobriu um pulsar - uma estrela de neutrões densa que gira rapidamente, enviando ondas de rádio para o cosmos. Pela primeira, …

FC Porto 1-0 Guimarães | Dragão já vê Sporting no horizonte

O Porto venceu no fecho da 28ª jornada da Liga NOS pela margem mínima, na recepção ao Vitória SC, e conseguiu o principal objectivo, que passava por somar os três pontos e reduzir para quatro …

Italiano faltou ao trabalho durante 15 anos, mas ganhou quase 600 mil euros

Um funcionário de um hospital no sul de Itália recebeu o salário durante 15 anos, apesar de nunca ter aparecido para trabalhar. De acordo com a polícia italiana, citada pela cadeia televisiva CNN, Salvatore Scumace está …

Google ficou sem o domínio na Argentina (e Nicolás achou que ia ser o novo dono)

Na última quarta-feira, um jovem argentino achou que ia ficar rico à custa da distração da Google no seu país. Acabou por não acontecer e tudo ficou resolvido. "Que pague a dívida externa", "que compre vacinas", …

Lola, a robô humanóide, dá "passos de bebé" (e equilibra-se com as mãos)

Uma equipa de cientistas está a ensinar a robô humanóide Lola a dar "passos de bebé", equilibrando-se com as suas mãos em vários pontos de contacto. Há muito tempo que os investigadores estudam a locomoção de …

Presidente da República veta decreto sobre inseminação post mortem

O Presidente da República vetou, esta quinta-feira, o decreto do Parlamento sobre inseminação post mortem, considerando que suscita dúvidas no plano do direito sucessório e questionando a sua aplicação retroativa. Na mensagem dirigida à Assembleia da …

Primeiro-ministro francês está a receber centenas de peças de lingerie no correio

O primeiro-ministro francês tem estado a receber roupa interior feminina na sua caixa de correio. Foi a forma encontrada pelas lojas de lingerie para protestarem contra as restrições da pandemia que as obrigam a estar …

Inteligência artificial "identifica" autores dos Manuscritos do Mar Morto

Investigadores da Universidade de Groningen, nos Países Baixos, recorreram à inteligência artificial para concluir que os Manuscritos do Mar Morto foram redigidos por vários escribas, o que abre uma "nova janela" para o estudo do …

Inteligência Artificial vai ajudar a identificar fontes de poluição no Bangladesh

A produção de tijolos é uma fonte de poluição que ameaça a saúde da população e do planeta, mas regular esta indústria pode ser uma tarefa difícil para as autoridades. Para resolver o problema, uma …

Portimonense 1-5 Benfica | "Águia" arrasa em solo algarvio

O Benfica regressou aos triunfos depois de ter vencido o Portimonense por 5-1, numa partida relativa à 28.ª jornada da Liga NOS, após o desaire registado na recepção ao Gil Vicente.  Porém, não foi um duelo …