Vacinação alargada a diabéticos, obesos e doentes oncológicos. Portugal vai dar vacina da Johnson

Manuel de Almeida / Lusa

A ministra da Saúde, Marta Temido (dta.), com a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, em conferência de imprensa

Marta Temido, ministra da saúde, Graça Freitas, directora-geral da Saúde, e Gouveia e Melo, coordenador da task force de Vacinação, fazem o balanço da primeira fase de vacinação contra a Covid-19 em Portugal, revelando mudanças nos critérios de prioridade para chegar a mais pessoas.

Numa altura em que Portugal se prepara para arrancar a segunda fase de vacinação contra a covid-19, há maior disponibilidade de vacinas no mercado, o que permite alargar os critérios para abranger mais pessoas.

Esta é a ideia central veiculada por Marta Temido, Graça Freitas e Gouveia e Melo no balanço sobre como tem decorrido o processo de vacinação.

Assim, para a segunda fase, serão incluídos, nos grupos prioritários, as pessoas com cancro activo (a fazer quimioterapia ou radioterapia), pessoas com situação de transplantação, pessoas com VIH, doenças neurológicas, doença mental (esquizofrenia), obesidade (acima dos 35% de massa corporal) e diabetes tipo II.

“A grande maioria dos diabéticos vai ser vacinada pela sua faixa etária. No entanto, abaixo dos 60 anos há diabéticos que já podem ter doença grave e, obviamente, entrarão no critério”, revela Graça Freitas.

“Vacinação rápida por faixas etárias decrescentes”

A directora-geral da Saúde nota uma “mudança” nos critérios que visa proceder à “vacinação rápida por faixas etárias decrescentes“, notando que o processo começará pelos “70 aos 79 anos, depois dos 60 aos 69 anos e assim sucessivamente”.

Marta Temido prevê que até à terceira semana de Maio todos os portugueses com 60 e mais anos tenham tomado a primeira dose da vacina.

Note-se que, nesta faixa etária, ocorreram 96% das mortes por covid-19 registadas em Portugal. Assim, a protecção desta população será determinante para combater a pandemia.

No final de Maio vão também ser vacinados os recuperados de covid-19 “que tenham tido doença há mais de seis meses”, como explica Graça Freitas.

Nesta altura, cerca de 7% da população portuguesa já está vacinada com as doses necessárias contra a covid-19, segundo dados da ministra da Saúde. Há 2 milhões de portugueses, ou seja, 20% da população, com uma dose da vacina.

Johnson & Johnson aprovada sem restrições

Marta Temido também revela que Portugal vai dar a vacina da Johnson & Johnson sem restrições, seguindo as recomendações da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) que considerou que os benefícios superam os riscos associados.

“Não há nenhuma razão para constrangimento da utilização das vacinas”, aponta o presidente do Infarmed, Rui Ivo, a propósito da vacina da Johnson & Johnson.

“Neste momento, temos a informação clara da EMA, entre os 60 e os 80 não há nenhuma questão que se coloque”, destaca Rui Ivo, reforçando que “a vacina está em condições de poder ser utilizada”.

Susana Valente Susana Valente, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma que pelos vistos no seu curto tempo de vida já está a criar problemas e quando assim é nada como as impingir aos mais idosos que é o que está destinado a esta também!

  2. Quando é que Portugal se deixa de picardias para com a Rússia e encomenda a vacina Sputnik V que é das mais eficazes e não tem efeitos secundários perigosos? Preferem impingir-nos o lixo das farmaceuticas que só pensam no lucro?

RESPONDER

Covid-19: Portugal com uma morte e 324 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje uma morte atribuída à covid-19, 324 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e uma ligeira subida no número de internamentos em enfermaria, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o …

Roma já tem uma máquina de venda automática de pizza

A capital italiana tem agora uma máquina de venda automática que faz pizzas em apenas três minutos. Os preços variam de 4,50 aos seis euros (e as opiniões sobre esta ideia também). Raffaele Esposito, o napolitano …

Morreu Bo, o cão de água português de Barack Obama

Bo, o cão de água português que o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, adotou em 2009 morreu este domingo com 13 anos, em consequência de um cancro, anunciou o político nas redes sociais. O cão …

Futuro pós-vacinação entre reforço de dose, controlo de variantes e medicamentos

A incerteza sobre a duração da imunidade das vacinas contra a covid-19 deixa o futuro do combate à doença entre o reforço da vacinação, a monitorização de novas variantes e o desenvolvimento de terapêuticas alternativas, …

Presidente da República promulga Carta de Direitos Humanos na Era Digital

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou este sábado a Carta de Direitos Humanos na Era Digital, aprovada em abril na Assembleia da República, segundo uma nota divulgada no site da Presidência. A lei, …

Depois de 17 anos no subsolo, biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos

Biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos. O aviso é de um grupo de cientistas que alerta que, dentro de alguns dias ou semanas, as cigarras da Ninhada X vão surgir depois de 17 …

Foguetão chinês regressou à Terra (e a maior parte desintegrou-se)

Um importante segmento do foguetão chinês desintegrou-se este domingo ao reentrar na atmosfera terrestre e caiu no oceano Índico, perto das Maldivas, anunciou a agência espacial da China. "De acordo com o percurso e análise, pelas …

"Se eu encaixar, eu sento-me." Os gatos adoram caixas ilusórias

Qualquer amante de gatos sabe que estes animais têm uma predileção inata por se sentarem em espaços fechados, mesmo que o espaço seja apenas um contorno bidimensional de um quadrado no chão.  Os cientistas analisaram esta …

Jet pack da Marinha britânica. Fuzileiros navais testam macacão Gravity em exercício de embarque

Quem melhor do que as organizações militares para testar e usufruir dos jet packs? A Marinha Real Britânica e os Fuzileiros Navais reais testaram um macacão a jato, desenvolvido pela empresa Gravity Industries. Esta semana, a …

Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar. "Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca …