Vacina da AstraZeneca começa a ser avaliada pela Agência Europeia de Medicamentos

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, sigla inglesa) iniciou na quinta-feira a avaliação da vacina produzida pela farmacêutica AstraZeneca contra a covid-19, processo que surge após os resultados preliminares dos estudos clínicos apontarem a produção de anticorpos.

Em comunicado, citado pela agência Lusa, a EMA indicou que o seu comité sobre medicamentos para uso humano “iniciou a primeira revisão contínua de uma vacina contra a covid-19, que está a ser desenvolvida pela empresa AstraZeneca em colaboração com a Universidade de Oxford”.

“O início da revisão contínua significa que o comité começou a avaliar o primeiro lote de dados sobre a vacina, que provêm de estudos laboratoriais”, acrescentou a EMA.

A agência europeia explica a decisão foi tomada após “resultados preliminares de estudos não clínicos e clínicos iniciais sugerirem que a vacina desencadeia a produção de anticorpos e células T”, isto é, de “células do sistema imunitário, as defesas naturais do organismo”, contra o vírus.

“Uma revisão contínua é um dos instrumentos regulamentares que a agência utiliza para acelerar a avaliação de um medicamento ou vacina promissora durante uma emergência de saúde pública”, adiantou a EMA.

Ainda assim, segundo esta entidade, “isto não significa que se possa ainda chegar a uma conclusão sobre a segurança e eficácia da vacina, uma vez que muitas das provas ainda estão por apresentar ao comité”.

“A revisão contínua continuará até estarem disponíveis provas suficientes para apoiar um pedido formal de autorização de comercialização”, conclui a EMA na nota de imprensa, que desencadeou um processo semelhante para dar aval à utilização do medicamento remdesivir para curar a covid-19.

A farmacêutica britânica AstraZeneca está a desenvolver uma potencial vacina contra o novo coronavírus em conjunto com a Universidade de Oxford, estando já numa fase avançada de ensaios clínicos em larga escala.

De acordo com os resultados dos primeiros resultados dos ensaios clínicos, divulgados em julho passado, esta possível vacina “parece segura e gera anticorpos”, mostrando então resultados promissores no que diz respeito à segurança e imunidade.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Capacete magnético mostra-se eficaz na redução de tumor cerebral

O diagnóstico de um cancro é sempre complicado, mas há partes do corpo onde a presença da doença pode ser mais ameaçadora. É o caso do glioblastoma, um tipo de cancro cerebral, que se não …

Engenheiros japoneses fizeram levitar objectos com "armadilha acústica"

Engenheiros japoneses descobriram uma forma de fazer pequenos objectos levitar usando apenas ondas sonoras, o que pode ser um passo importante para a tecnologia. A engenharia biomédica, o desenvolvimento de farmacêuticos e a nanotecnologia podem vir …

Juno fez a maior aproximação a Ganimedes das duas últimas décadas (e as imagens são de cortar a respiração)

A NASA divulgou, recentemente, um vídeo da sonda Juno a passar por Júpiter e Ganimedes, uma das suas luas. As imagens são de cortar a respiração. Juno visitou Ganimedes em junho. As imagens foram captadas no …

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …

Alemão foi forçado a remover estátua do pai por esta se parecer com Hitler

Um alemão foi obrigado a retirar uma figura de madeira de um cemitério, que seria para homenagear o seu falecido pai, por ter semelhanças com o antigo ditador nazi. As autoridades do município de Weil im …

Podcast evita morte de um condenado (seis vezes)

Curtis Flowers foi julgado seis vezes pelo mesmo promotor de justiça. Um programa de investigação mudou o seu destino. O promotor continua a acreditar que Curtis é culpado. A própria equipa responsável pelo 60 Minutes, programa …

EUA venderam álbum único dos Wu-Tang Clan (que pertencia a Martin Shkreli)

O álbum do grupo Wu-Tang Clan, confiscado em 2018 ao antigo gestor de fundos Martin Shkreli, também conhecido como "o empresário mais odiado do mundo", foi agora vendido pelo Governo norte-americano. Num comunicado divulgado esta terça-feira, …

Bezos ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA para entrar na corrida da próxima viagem à Lua

O empresário norte-americano ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA numa tentativa de reacender a batalha espacial entre a sua empresa, a Blue Origin, e a do "rival" Elon Musk, a SpaceX. De acordo com …

Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos. Segundo a rádio …