Só uma em cada sete pessoas tem acesso à imprensa livre no mundo

Steve Rhodes / Flickr

Vivian Ho , reporter do San Francisco Chronicle, detida quando cobria protestos (Powell Station, 2011).

Vivian Ho , reporter do San Francisco Chronicle, detida quando cobria protestos (Powell Station, 2011).

Só uma em cada sete pessoas tem acesso a uma imprensa livre no mundo, segundo um relatório publicado esta quinta-feira que aponta 2013 como o “ano mais negro” da última década para a liberdade de imprensa.

Egito, Turquia, Ucrânia mas também Estados Unidos estão entre os países apontados como tendo registado maiores perdas de liberdade de imprensa no relatório da organização Freedom House, que se realiza anualmente desde 1980.

Em 2013, segundo o relatório, apenas 14% da população mundial tinha acesso a uma imprensa “livre”, o que corresponde a uma em cada sete pessoas. Cerca de 44% da população mundial vive em países onde a imprensa “não é livre” e 42% em regiões onde os ‘media’ são “parcialmente livres”.

Classificando os países numa escala de um (menos restrições e mais liberdade) a 100 (mais restrições e menos liberdade), o relatório identifica a Suécia como o país onde a imprensa é mais livre, com 10 pontos, e a Coreia do Norte como aquele onde é menos livre, com 97 pontos.

Portugal é classificado com 18 pontos, mais um do que em 2012, em 22.º lugar.

Entre os países de língua oficial portuguesa, apenas Cabo Verde e São Tomé e Príncipe estão no grupo de países com imprensa livre, com 27 e 28 pontos, respetivamente.

Timor-Leste (35 pontos) e Moçambique (45) surgem no grupo de países de imprensa “parcialmente livre” e a Guiné-Bissau (67) e Angola (69) no grupo de países onde a imprensa não é livre.

Karin Karlekar / Twitter

Karin Karlekar, da Freedom House

Karin Karlekar, da Freedom House

A Guiné-Equatorial, candidata à adesão à Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), figura igualmente no grupo “não livre”, com 90 pontos, à frente apenas de Cuba, Bielorrússia, Eritreia, Uzbequistão, Tajiquistão e Coreia do Norte.

A avaliação geral do exercício da liberdade de imprensa caiu em 2013 para o nível mais baixo desde 2004 e o número de pessoas com acesso a ‘media’ livres foi o mais baixo desde 1996.

“As tendências gerais são decididamente negativas”, considerou Karin Karlekar, diretora de projeto do relatório.

“Observamos uma regressão geral da liberdade de imprensa, com governos e agentes privados que atacam jornalistas, seja impedindo-lhes o acesso a acontecimentos, seja censurando-os, seja despedindo-os por motivos políticos”, afirma a organização não-governamental num comunicado que acompanha o relatório.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

FC Porto, Aves. Benfica disciplinado. 821 pessoas num jogo... Os números da Liga

Um dia antes do início da I Liga 2020/2021, espreitamos o relatório 'Futebol em números', publicado no final de agosto pela própria Liga Portugal. Há muito para ler sobre a época passada, provavelmente a mais …

Presidente da Bielorrússia fecha fronteiras e coloca exército em alerta

O Presidente da Bielorrússia, alvo de seis semanas de protestos em massa exigindo a sua renúncia, anunciou esta quinta-feira que vai colocar as tropas em alerta máximo e fechar as fronteiras do país com a …

É viciado em sol? Não se preocupe, está-lhe nos genes

De acordo com um estudo realizado por investigadores do King's College London, a busca pelo sol está diretamente ligada aos nossos genes. Isso significa que o comportamento das pessoas em relação ao sol é dominado por …

Onda de pedras-pomes fez uma viagem pelo Pacífico (e traz nova vida à costa da Austrália)

Uma "onda" de pedras-pomes está a chegar à Austrália após uma longa viagem pelo Pacífico. As rochas vulcânicas produzidas na fase de ejeção dos gases contidos na lava, podem trazer um presente para o seu …

Não foram as estrelas de neutrões. A origem do ouro do Universo voltou a ser um mistério

Quando a humanidade detetou a colisão entre duas estrelas de neutrões em 2017, confirmou a teoria de longa data que as explosões criam elementos mais pesados do que o ferro. Assim, pensou-se ter a resposta …

Descoberta uma cripta secreta sob uma capela polaca. Pode levar ao lendário Santo Graal

O lendário Santo Graal, que terá sido usado por Jesus durante a Última Ceia para transformar o vinho em sangue, cativou a imaginação dos caçadores de tesouros durante séculos. Embora possamos nunca saber se esta relíquia …

Pedaço de cabelo de Lincoln (e um telegrama ensanguentado) leiloados por 81 mil dólares

Um anónimo pagou mais de 81 mil dólares (cerca de 71 mil euros) por uma mecha de cabelo de Abraham Lincoln. O exemplar foi retirado da cabeça de Lincoln um dia após a sua morte, …

Descobertos novos detalhes em Pietà de Miguel Ângelo

Uma equipa de especialistas estava a fazer trabalhos de limpeza na Pietà de Florença, esculpida pelo artista italiano Miguel Ângelo, quando encontrou detalhes desconhecidos da obra. Uma Pietà é um tema da arte cristã em que …

Microsoft afundou um data center em 2018. Dois anos depois, revela o que descobriu

Em 2018, a Microsoft aproveitou a tecnologia de submarinos para afundar um data center que poderia fornecer ligação à Internet durante anos na costa de Orkney. Agora, foi recuperado e os investigadores estão a testá-lo …

"James Bond da Filantropia". Bilionário cumpre sonho e doa toda a sua fortuna

Chuck Feeney cumpriu o seu sonho e está oficialmente falido. O empresário e filantropo queria doar toda a sua fortuna antes de morrer e assim o fez. Chuck Feeney é um empresário norte-americano de ascendência irlandesa …