A Uber tem uma nova app para encontrar trabalho temporário

Depois da Uber e da Uber Eats, a plataforma lança esta sexta-feira, em Chicago, uma aplicação destinada ao recrutamento.

A Uber prepara-se para lançar, esta sexta-feira, uma nova aplicação que coloca as empresas em contacto direto com trabalhadores temporários, remunerados à hora e num modelo de vínculo semelhante ao que detém os trabalhadores da Uber e da Uber Eats.

Segundo o Expresso, a aplicação Uber Works será lançada apenas em Chicago, nos Estados Unidos, em regime experimental. Contudo, a aplicação não deverá demorar muito tempo a expandir-se a outros países.

Em comunicado divulgado na página oficial, a própria empresa já admitiu a intenção de expansão, revelando os contornos do projeto e como funcionará esta nova app, direcionada para o segmento do trabalho temporário. A aplicação já é vista por muitos como uma ameaça do gigante ao negócio do recrutamento profissional.

A Uber Works funcionará de forma quase instantânea. “A Uber Works quer tornar mais claros e seguros os processos de procura de emprego, levando aos candidatos todas as ofertas relevantes e horários numa determinada região”, explica a empresa.

Segundo a Uber, esta nova app poderá também dar um grande impulso à economia dos freelancers, garantindo que os profissionais que já trabalham desta forma recebam os seus pagamentos a tempo e horas e que possam dar o seu feedback a outros profissionais sobre a qualidade do empregador.

Por outro lado, para as empresas, o principal benefício será “aceder a uma imensa rede de profissionais qualificados” que facilitará os desafios de gestão.

Todas as ofertas são para funções temporárias“, adianta a empresa, referindo que, através da aplicação, os candidatos conseguem aceder a informações sobre oportunidades de trabalho disponíveis, local, horários ou turnos que deverão cumprir e o salário que é oferecido.

“Acreditamos que uma abordagem nova e tecnológica pode oferecer formas mais rápidas e fáceis de as pessoas conseguirem trabalho, oferecendo um maior olhar às muitas oportunidade de trabalho que estão disponíveis – melhorando a experiência tanto para trabalhadores como para empresas”, lê-se na publicação da Uber no blogue da empresa.

Uma séria ameaça

Para as empresas que fazem recrutamento de trabalhadores temporários, o sucesso da Uber Works pode constituir uma séria ameaça, uma vez que a app é quase instantânea na forma como divulga oportunidades e, pelo que se vê nas informações agora reveladas, é bastante transparente em matérias essenciais para os trabalhadores, como os horários e o salário proposto.

Segundo o Público, este grande passo da Uber surge numa altura em que o comportamento bolsista da empresa continua a dececionar.

Desde a admissão das ações em Wall Street, a bolsa de Nova Iorque, a cotação baixou 30%, tendo a empresa reportado perdas recorde de 5200 milhões de dólares (mais de 4700 milhões de euros) no segundo trimestre de 2019.

Analistas citados pela imprensa norte-americana afirmam que uma das razões para este fraco desempenho é a forte concorrência asiática. Outro fator de risco prende-se com a legislação, uma vez que a Uber tem, em diversos países, enfrentado braços-de-ferro judiciais contra a forma como opera.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …

Portugal tem cada vez menos água disponível

Portugal tem cada vez menos água disponível e nos próximos cem anos a precipitação em certas regiões do país, como o Algarve, pode sofrer uma redução de até 30%, alertou esta terça-feira a Associação Natureza …

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …

Suicídio entre militares norte-americanos aumenta 20% em época de covid-19

Os suicídios entre os militares subiram 20% este ano em comparação com o mesmo período de 2019, registando-se um aumento nos incidentes de comportamento violento à medida que as tropas lutam contra a covid-19 e …

Turista apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma. Arrisca ser condenado a prisão

Um turista foi apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma, em Itália, e arrisca ser punido com um até um ano de prisão. De acordo com o diário italiano La Repubblica, o turista, …

Função Pública. Fesap exige subida de remuneração mínima para 693 euros

A Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap) exige que a primeira posição da Tabela Remuneratória Única avance para 693,13 euros em 2021 e uma atualização do subsídio de refeição para seis euros. Estas duas medidas …