U.Lisboa entre as 250 melhores universidades do mundo. Harvard é nº 1

Manuelvbotelho / Wikimedia

Reitoria da Universidade de Lisboa

Reitoria da Universidade de Lisboa

A Universidade de Lisboa está entre as 250 melhores instituições de ensino superior do mundo, tendo subido mais de cem lugares no Ranking de Xangai, que continua a ser liderado pelas universidades americanas de Harvard e Standford.

As seculares instituições de ensino norte-americano, Harvard e Stanford, continuam a ocupar os dois primeiros lugares do “Academic Ranking of World Universities”, uma das mais prestigiadas avaliações feita às instituições de ensino superior pela Universidade Jiao Tong de Xangai.

Das mais de 1200 universidades analisadas, apenas 500 entram nesta lista, que este ano conta com três portuguesas: a Universidade de Lisboa, que fica próximo de um 200.º lugar; a Universidade do Porto e a de Coimbra (no grupo das 301-400 melhores e das 401-500 melhores, respetivamente).

A Universidade de Lisboa, que resultou da fusão entre a Técnica e a Clássica, é pela primeira vez avaliada como uma única instituição e sobe mais de cem lugares no ranking, pertencendo agora ao grupo que reúne as classificadas entre as 201.º e as 300.ª posições.

A lista só discrimina os lugares das universidades até ao 100.º lugar, criando depois grandes grupos (201-300; 301-400 e 401-500). No entanto, olhando para o gráfico percebe-se que a Universidade de Lisboa está entre as primeiras do seu grupo.

No ano passado, a Universidade Clássica ocupava uma posição algures entre o 301.º e o 400.º lugar e a Técnica entre o 401-500.

Já a Universidade de Coimbra, que entrou no ano passado pela primeira vez para o ranking, manteve-se inalterável em relação aos resultados conseguidos em 2013.

Além do ranking geral, Xangai faz também uma outra avaliação por grandes áreas do conhecimento e, neste campo, a Universidade de Lisboa surge no grupo das 76-100 melhores na área da Engenharia/Tecnologia e Ciências da Computação, seguindo-se depois a Universidade de Aveiro e a do Porto (ambas no grupo 151-200).

Harvard lidera ranking dominado por universidades americanas

O ranking de Xangai é feito tendo em conta inúmeros itens, tais como o desempenho académico per capita mas também as citações de artigos científicos realizados por investigadores das universidades; o número de alunos e professores que receberam o Prémio Nobel ou o Fields Medals também é tido em conta assim como os artigos publicados nas publicações Nature e Science.

Os resultados do ranking da Universidade Jiao Tong de Xangai mostram que as instituições norte-americanas continuam a liderar, já que nas dez universidades melhor cotadas, oito são norte-americanas e duas britânicas (Cambrigde em 5.º e Oxford em 9.º).

Tal como no ano passado, as universidades de Harvard e de Stanford aparecem em 1.º e 2.º lugar, seguindo-se o Massachusetts Institute of Technology (MIT), que recuperou o 3.º lugar que havia sido perdido em 2013 para a Universidade da Califórnia, Berkeley.

Entre as 500 melhores, 177 são americanas, 205 são europeias, 113 estão situadas na Ásia e Oceânia, havendo apenas cinco africanas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rorhwerk, o maior instrumento musical do mundo

Rohrwerk, uma obra de arte efémera, é a maior "fábrica do som" do mundo

Uma espécie de "pavilhão do som". Alunos da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, criaram um novo instrumento musical, o maior alguma vez construído. Com 45 metros de altura, a obra de arte imponente …

Costa já pediu desculpas às confederações patronais. "Houve um lapso"

O primeiro-ministro afirmou, esta sexta-feira, que já apresentou um pedido de desculpas às confederações patronais por o Governo ter aprovado duas medidas na área do trabalho sem antes as ter apresentado em Concertação Social. À chegada …

Luxemburgo torna-se o primeiro país da Europa a legalizar o cultivo e consumo de canábis

O Governo luxemburguês anunciou, esta sexta-feira, que o país será a primeira nação do Velho Continente a legalizar o cultivo e o consumo de canábis. De acordo com a nova legislação, explica o jornal The …

Prisão preventiva para suspeitos da morte de jovem no metro das Laranjeiras

Os quatro suspeitos da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa, ficaram em prisão preventiva, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial. Os quatro arguidos, com idades entre os …

Cristiano vs. Salah: Klopp não queria comparar mas comparou

Treinador do Liverpool não acredita que vai encontrar um adversário debilitado: "Eles são capazes de fazer coisas incríveis". É o grande jogo de futebol no Reino Unido e um dos mais aguardados em todos os países: …

Bastonário dos Médicos considera direção executiva do SNS "um disparate"

O bastonário da Ordem dos Médicos considera que a criação da direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, proposta no Estatuto do SNS aprovado esta quinta-feira, é "um disparate" e que há estruturas que podem …

João Leão no Parlamento: "A alternativa é um Orçamento apresentado pelo PSD"

O ministro das Finanças afirmou, esta sexta-feira, na Assembleia da República, que a alternativa à viabilização à esquerda da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) é um Orçamento feito pelo PSD. "A alternativa que …

Mais de 30 mil mulheres polacas recorreram a métodos de aborto ilegais ou no estrangeiro desde a alteração na lei

Proibição à interrupção voluntária da gravidez entrou em vigor no início deste ano e as  exceções só se aplicam a casos de violações, incestos ou quando a saúde da mãe está em risco. Pelo menos 34 …

Fenprof anuncia nova greve no dia 12 e concentração em frente ao Parlamento

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou, esta sexta-feira, a realização de uma concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de novembro e a adesão à greve nacional da Administração Pública marcada …

Luis Díaz será a prioridade do Newcastle

Valor de mercado será agora inacessível para os clubes italianos, escreve-se... em Itália. O novo Newcastle deverá atacar o mercado do futebol com estrondo, possivelmente já daqui a pouco mais de dois meses, e a prioridade …