Turquia suspende relações diplomáticas de alto nível com a Holanda

BrookingsInst / Flickr

Recep Tayyip Erdogan, Primeiro-ministro turco e candidato à Presidência

A Turquia decidiu esta terça-feira suspender as relações ao mais alto nível,com a Holanda, anunciou, em Ancara, o vice-primeiro-ministro turco, Numan Kurtulmus.

O país ameaçou ainda rever o acordo estabelecido com a União Europeia para conter o fluxo de refugiados a entrar na Europa.

Em causa está a exigência turca da realização de comícios com a comunidade turca residente na Holanda para promover o voto na reforma constitucional que confere acrescidos poderes executivos ao Presidente Recep Erdogan.

“Existe uma crise muito profunda. Nós não criámos esta crise nem a trouxemos para este nível. Estamos a fazer exatamente o que eles nos fizeram, e não vamos permitir que os aviões que transportem diplomatas ou enviados holandeses aterrem na Turquia ou usem o nosso espaço aéreo. Aqueles que criaram esta crise são responsáveis por terminá-la”, afirmou Kurtulmus.

“Foi decidido que até que as nossas exigências sejam respeitadas, o embaixador da Holanda não será autorizado a regressar“, disse Kurtulmus à imprensa, no final de uma reunião do Governo turco.

O embaixador holandês em Ancara, Kees Cornelis van Rij, encontra-se atualmente a gozar férias fora da Turquia e a representação dos interesses da Holanda é desempenhada pelo encarregado de negócios.

Turquia diz que críticas da UE ao conflito com a Holanda “não têm valor”

A Turquia atacou esta terça-feira a União Europeia depois de o bloco ter criticado Ancara devido ao crescente conflito diplomático com a Holanda.

“A declaração míope da União Europeia não tem valor para o nosso país“, disse o ministro dos Negócios Estrangeiros turco. Na segunda-feira, Bruxelas pediu à Turquia que refreasse as suas declarações excessivas, depois de o Presidente Recep Tayyip Erdogan ter acusado a Holanda de agir como os nazis.

Segundo o governo turco, ao invés de acalmar a situação, a União Europeia está a “dar crédito à xenofobia e a sentimentos anti-turcos“, ao escolher ficar ao lado de países que violam acordos diplomáticos e a lei.

Em comunicado, o ministro Mevlüt Çavusoglu qualificou de “extremamente grave” o apoio da União Europeia à Holanda no conflito diplomático entre os dois países e acusou o bloco de ser “seletivo na aplicação dos valores democráticos e direitos fundamentais“, e evitar problemas ao mesmo tempo que recomenda “canais de diálogo”.

Na origem do conflito está a exigência turca de realização de comícios com a comunidade turca residente na Holanda para promover o voto na reforma constitucional que confere acrescidos poderes executivos ao Presidente Erdogan, pedido esse que foi negado.

A manifestação de cidadãos turcos tinha sido convocada nas redes sociais em protesto contra a proibição pelas autoridades holandesas da visita de dois ministros do Governo de Ancara à Holanda, e que pretendiam participar num comício de apoio ao referendo constitucional de 16 de abril.

A participação dos ministros turcos em reuniões para promover o voto dos imigrantes turcos em países europeus tem provocado tensão nas últimas semanas entre Ancara e várias capitais europeias.

O objetivo dos governantes da Turquia é que os seus cidadãos na diáspora votem, no referendo de 16 de abril,  “sim” ao reforço dos poderes do presidente do país.

No sábado, as autoridades holandesas impediram a aterragem do avião onde viajava o chefe da diplomacia turca, Mevlüt Çavusoglu, enquanto a ministra dos Assuntos Familiares, Fatma Betul Sayan Kaya, foi expulsa da Holanda para a Alemanha.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …