Turquia “a perder o controlo”. Número real de casos pode ser 10 vezes superior ao admitido pelo Governo

Erdem Sahin / EPA

A Turquia tem registado cerca de 1.260 novos casos diários e 20 óbitos por dia nas últimas duas semanas. No entanto, os números reais podem ser 10 vezes superiores.

O número de casos na Turquia tem aumentado nas últimas semanas, principalmente no sudente do país e na capital, Ancara. Porém, de acordo com o semanário Expresso, muitos desconfiam dos números divulgados pelo Governo.

O ministério está a esconder os dados reais. Ao lançar dados falsos, criou-se complacência na sociedade, e as pessoas continuam a sua vida normal, já que não estão a par da extensão real dos surtos”, acusou Yıldız Ok-Orak, líder do Sindicato de Trabalhadores da Saúde (SES) da província de Diyarbakir.

A Associação Médica da Turquia publicou um relatório que sugere que o número de casos pode ser até dez vezes superior aos dados oficiais, já que “muitos pacientes com sintomas covid-19 não são testados”.

O número oficial de novas infeções é o dobro do de recuperados. O Ministério da Saúde diz que a taxa de ocupação dos cuidados intensivos a nível nacional ronda os 65%, mas vários hospitais relatam situações de rutura. Em julho, o ministério da Saúde deixou de publicar o número de pacientes em cuidados intensivos.

Os líderes das associações médicas das províncias de Diyarbakır, Mardin, Van, Urfa, Antep e Batman falam de “unidades de cuidados intensivos ocupadas a 100%”, e de muitos doentes que não podem ser admitidos porque as enfermarias estão cheias.

Alpay Azap, em doenças infeciosas da Faculdade de Medicina da Universidade de Ancara e membro do painel científico de acompanhamento da pandemia a nível nacional, disse que o “vírus está a espalhar-se de forma descontrolada nas últimas semanas”.

Já a Sociedade de Medicina Torácica emitiu um comunicado segundo o qual a Turquia “estava a perder o controlo da pandemia”.

Governo atribui infeções à negligência da população

O Governo da Turquia nega estar a manipular o número de casos divulgado, defendendo que “desde o primeiro dia, a Turquia tem anunciado o número de casos de uma forma transparente”.

O ministro da Saúde, Fahrettin Koca, disse ainda que o aumento das infeções se deve a atos de negligência por parte da população, que não segue as instruções e regras.

A Turquia levantou a maior parte das restrições a 1 de junho, mas o uso da máscara continua a ser obrigatório na rua. Agora, os cidadãos com mais de 65 anos na capital e em nove outras províncias passaram a estar outra vez parcialmente confinados, estando proibidos de ir a mercados, parques, casamentos, funerais e outros locais com frequência pública.

Dezasseis milhões de crianças e jovens vão começar o próximo ano letivo em casa na próxima segunda-feira. O ensino vai manter-se à distância pelo menos até 21 de setembro.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Lá o maioral anda mais ocupado na promoção do islamismo, vai convertendo igrejas em mesquitas, é mais importante e certamente dará mais votos.

RESPONDER

Orbán vai rejeitar dinheiro do fundo de recuperação se tiver de revogar lei anti-LGBTQI

O primeiro-ministro húngaro assegurou, este sábado, que o país não vai aceitar o dinheiro do fundo de recuperação se tiver de ceder perante Bruxelas e revogar a lei anti-LGBTQI. Segundo a agência Europa Press, Viktor Orbán …

Avaria em rede europeia causou "apagão" parcial em Portugal e falhas no 112

O incêndio que queimou, este sábado, 500 hectares de vegetação no sudoeste de França esteve na origem dos cortes de energia em Espanha e Portugal, segundo a agência francesa Rede de Transmissão de Energia Elétrica …

Um tumor e duas fraturas nas vértebras dificultaram a vida deste dinossauro (mas não o mataram)

Quando foi descoberto na década de 1980, na Argentina, este hadrossauro foi diagnosticado com uma fratura no pé. Porém, uma nova análise agora mostra que este tinha um tumor, bem como duas fraturas nas vértebras …

Morreu Otelo Saraiva de Carvalho, capitão de Abril

O capitão de Abril morreu, este domingo, aos 84 anos, no Hospital Militar, confirmou o presidente da Associação 25 de Abril. A notícia foi confirmada ao jornal online Observador pelo presidente da Associação 25 de Abril, …

Pela primeira vez, cientistas viram chimpanzés a matar gorilas

Investigadores testemunharam, pela primeira vez, chimpanzés e gorilas a lutar entre si, confrontos esses que provocaram a morte de alguns deles. De acordo com o site Science Alert, as duas disputas foram observadas no Parque Nacional …

Vírus com 15 mil anos descobertos no gelo do Planalto do Tibete

Cientistas que estudam glaciares encontraram vírus com quase 15 mil anos em duas amostras de gelo retiradas do Planalto do Tibete, na China. Muitos deles, que sobreviveram porque se mantiveram congelados, são diferentes de todos …

Leite sem lactose em laboratório (e com a ajuda de membranas de óxido de grafeno)

As membranas de óxido de grafeno (uma forma oxidada do material) têm sido muito estudadas para a dessalinização da água e separação de corantes, mas as suas propriedades podem não ficar por aqui. Uma equipa de …

Cientistas criam material de "auto-reparação" mais resistente do mundo (e é perfeito para ecrãs de telemóveis)

Investigadores do Instituto Indiano de Educação e Investigação Científica (IISER, na sigla em inglês) podem ter encontrado o material perfeito para fazer os ecrãs de smartphones: transparente, resistente e que a capacidade de se "auto-curar" …

"A bitcoin vai criar a paz mundial"

A rainha das moedas digitais, se não construir a paz no planeta, vai ajudar na pacificação entre os seres humanos. É a opinião de Jack Dorsey. É o centro de atenções de muitos investidores, é o …

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …