Turistas invadem o Porto em tuk tuks, riquitós, segways – e até de helicóptero

tuktourporto / Facebook

-

Entre os ‘tuk tuk’ de inspiração tailandesa, ‘riquitós’ a lembrar o Vietname, autocarros descapotáveis, bicicletas, ‘segways’, táxis, comboios e até helicópteros, o Porto está a registar uma avalancha de novos transportes para acompanhar o aumento de turistas.

O crescente número de visitantes a chegar ao Porto via terra, mar e ar está a levar a um aumento da oferta ao nível de transportes e roteiros turísticos para acolher os milhares de turistas e, embora a maioria dos operadores turísticos seja unânime a dizer que “há espaço para todos”, eles clamam, por seu turno, por um regulamentos municipal e uma harmonização de regras.

“Há espaço para todos, desde que todos percebam qual é a sua função”, defende Rui Saraiva, diretor do departamento da Douro Azul nas áreas dos autocarros panorâmicos, cruzeiros rabelos e helicópteros, explicando que os ‘tuk tuk’ e os autocarros descapotáveis, por exemplo, não estão talhados para um serviço de aeroporto/hotel, mas sim os táxis.

Rui Saraiva diz que “não há mau ambiente” entre os vários operadores e que o que existe é uma “concorrência saudável“, e sublinha que se todos fizerem um bom serviço, “amanhã o Porto não vai ter apenas alguns milhões de turistas, vai ter algumas dezenas de milhões de visitantes“.

“É preciso acompanhar este crescimento com qualidade e com sustentabilidade futura”, sugere, acreditando que “se falharmos enquanto operadores turísticos, estamos a dar uma má imagem do destino do Porto”.

A constatação de que há espaço para todos também é partilhada pela empresa de um casal francês, a Ecolotour, que tem uma frota de oito ‘tuk tuk’ elétricos a circular no Porto com variados roteiros turísticos e com preços entre os 10 e os 95 euros.

Gonçalo Bessa, 24 anos, motorista e guia turístico de um desses triciclos elétricos no Porto e que fala quatro idiomas, conta à Lusa que a mais-valia dos transportes típicos da Tailândia é poderem circular nas ruas mais estreitas do Porto onde não chegam nem táxis, nem autocarros.

A convivência com os outros operadores é saudável, apesar de haver algum “choque direto” com os taxistas, que por vezes mandam “bocas pouco agradáveis” do género “welcome to China” (bem-vindos à China) e “apitam”, conta Gonçalo Bessa-

Pelo contrário, os motoristas dos autocarros turísticos são uma espécie de “paizinhos” para os ‘tuk tuk’, protegendo-os no trânsito e dando-lhes mesmo prioridade na passagem.

Florêncio Vaz, 58 anos e motorista de táxi no Porto há 31, diz que lhe desagrada “bastante” o “empate” que os ‘Tuk tuk’ e os riquexós causam no trânsito, por pararem de “qualquer forma, em qualquer lado e não estão preocupados se estão a criar boas condições de circulação ou não”.

Gilberto Santos, 70 anos e taxista há 34 anos, também acusa os ‘tuk tuk’ e ‘riquitós’ de não terem condições para transportar pessoas, mas constata que os turistas não vêm para o Porto para andar de táxi e que preferem experimentar alternativas.

Miguel Guimarães, impulsionador dos ‘riquitós’ no Porto – a imitar os riquexós do Vietname -, defende que todos os meios de transporte turísticos “têm lugar” na cidade.

“Todos preenchem lacunas que estavam por preencher” e os turistas, quando questionados, acusam que uma das deficiências do Porto é a “falta de transportes”, refere o motorista de um dos quatro ‘riquitós’ que existem no Porto desde há um mês.

Para circularem, os ‘riquitós’, que têm uma autonomia de cerca de 40 quilómetros e vieram dos EUA por um custo de seis mil euros cada um, precisaram de uma licença do Turismo a confirmar que eram uma empresa de atividades de animação turística.

Miguel Guimarães conta que tem havido “muita recetividade dos turistas“, principalmente de franceses, para fazer os percursos da Ribeira à Ponte da Arrábida, Afurada (Gaia), margem direita do Douro ou Passeio Alegre.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …

Encontrado templo milenar usado em rituais pagãos de veneração da água

O local tem 3.000 anos, onde investigadores encontraram 21 sepulturas, bem como várias peças de cerâmica e anéis de cobre. O templo era usado em rituais pagãos de veneração da água. Uma equipa de arqueólogos encontrou …

Elon Musk diz que inovações da Neuralink vão conseguir curar o autismo

Musk disse que a sua empresa Neuralink iria "solucionar uma série de doenças neurológicas", entre as quais o autismo. Contudo, o autismo não é uma doença relacionada com o cérebro, mas sim uma perturbação do …

"Indivíduos desconhecidos" terão obrigado Marinha a apagar vídeo do incidente do USS Nimitz com um OVNI

Vários membros da Marinha que testemunharam o famoso Incidente do USS Nimitiz, em 2004, disseram que "indivíduos desconhecidos" apareceram depois do acontecimento e obrigaram-nos a apagar as gravações de vídeo. Em novembro de 2004, um porta-aviões …

Coreia do Norte detonou bomba atómica equivalente a 17 "Hiroshimas"

Dados de um satélite japonês revelam que a explosão de um teste nuclear na Coreia do Norte, em 2017, terá sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou que …

Invenção financiada por Bill Gates pode invisivelmente resolver a malnutrição

Uma invenção financiada por Bill e Melinda Gates pode ser a solução para resolver o problema da malnutrição a nível mundial. O próximo passo é conseguir o apoio dos Governos locais. A malnutrição é um problema …

Com a ajuda de um radar, cientistas revelaram pegadas de mamutes e humanos pré-históricos

Espalhados pelo Monumento Nacional de White Sands, nos Estados Unidos, encontram-se os "rastos fantasma" de mamutes mortos há milhares de anos. Agora, investigadores conseguiram revelar pegadas de humanos. De acordo com o Science Alert, esta descoberta, …

A desertificação está progredir na Índia. Mas a solução pode estar no conhecimento tradicional

Quase 45% da área de Maharashtra está a transformar-se em deserto, assim como uma grande parte da Índia. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o ritmo da desertificação no país é agora …

Um dos videojogos mais famosos do mundo é acusado de propaganda anti-Rússia

Call of Duty é uma das franquias de maior sucesso na história dos videojogos, mas atualmente existem pedidos para boicotar o seu último lançamento devido à descrição de conflitos militares do jogo. Call of Duty: Modern …

Nova aplicação rastreia todos os seus passos em troca de descontos

Todas as pessoas gostam de aproveitar descontos, negócios e saldos. A Miles é uma nova aplicação que lhe oferece isso em troca de algo: a sua privacidade. A app rastreia todos os seus movimentos, disponibilizando descontos …