“Turistas do Instagram” multiplicam-se em Chernobyl. Escritor da série pede respeito

O escritor da série da HBO Chernobyl condenou a multiplicação de selfies e fotografias inapropriada tiradas por turistas e influencers que visitam o local do maior desastre nuclear da Ucrânia. Craig Mazin pediu respeito para todos os que sofreram com a catástrofe que atingiu a cidade em 1986. 

A produção norte-americana, que é já a série com melhor pontuação no IMBD, fez disparar o turismo na região entre 30 a 40%. Deu-se um boom turístico na cidade de Chernobyl e as fotografias nas redes sociais começaram a proliferar.

Vários influencers e turistas têm sido criticados nos últimos dias por utilizarem o local onde ocorreu um desastre para encenar fotografias para as redes sociais. Numa das publicações mais recentes, é possível ver uma jovem a pousar para a fotografia em fio dental. É este tipo de imagens impróprias que Mazin lamenta.

“É maravilhoso que Chernobyl tenha inspirado uma onda de turismo para a Zona de Exclusão (…) Mas sim, eu vi as fotografias que andam por aí”, escreveu esta quarta-feira na sua conta oficial no Twitter.

“Se visitarem o local, lembrem-se que uma tragédia horrível aconteceu lá. Comportem-se com respeito por todos aqueles que sofreram e se sacrificaram”, pediu.

Fazendo uma pesquisa nas redes sociais por localização ou tag com as palavras Pripyat e Chernobyl, as zonas mais afetadas pelo desastre, é possível ver inúmeras fotografias de pessoas a pousar no local do desastre. A Roda Gigante de Pripyat, que está dentro do parque de diversões abandonado da cidade, é um dos cenários mais populares, a par dos prédios abandonados e em ruínas.

Apesar das críticas, há também vários internautas que alertam que nem todo o turismo na zona é inapropriado ou protagonizado por influencers ou “turistas do Instagram”.

Atualmente, a zona é uma “cidade-fantasma” e não será habitável durante vários séculos. Os cientistas estimam que a concentração de elementos radioativos só deverá desaparecer em 24.000 anos. Chernobyl parou no tempo, sendo agora o espelho de uma das mais modernas cidades da antiga União Soviética.

Restam prédios abandonados num cenário pós-apocalíptico, onde a vegetação e a floresta invadem os edifícios. Em 1980, antes dos desastre, viviam na zona 50 mil pessoas. Hoje, vivem lá alguns animais selvagens.

Não há números certos sobre as vítimas do desastre de Chernobyl. As Nações Unidos estimaram 9.000 mortes devido a cancros relacionados coma. exposição à radiação, já a Green Peace estima 200.000 mortos em consequência de outros problemas de saúde associados à explosão. 31 pessoas morreram quando reator nuclear explodiu, sendo este o número oficial da União Soviética, que permanece inalterado desde 1987.

ZAP //

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …