Trump e Putin congratulam-se com cimeira “produtiva e útil”

Mauri Ratilainen / EPA

A cimeira bilateral entre Vladimir Putin e Donald Trump em Helsínquia

Os Presidentes dos EUA e da Rússia congratularam-se, em Helsínquia, com a sua primeira cimeira, que consideraram produtiva e muito útil, respetivamente.

“Acabo de concluir uma reunião com o Presidente Vladimir Putin sobre uma série de questões críticas para os nossos dois países. Tivemos um diálogo direto, aberto e muito produtivo”, declarou Donald Trump na conferência de imprensa conjunta no final da cimeira bilateral em Helsínquia, capital da Finlândia.

“As conversações decorreram num ambiente franco e de trabalho. Considero-as muito bem-sucedidas e muito úteis”, disse, por seu turno, o Presidente russo.

O chefe de Estado russo considerou não existirem “razões objetivas” para as dificuldades nas relações russo-americanas, assinalando que a Guerra Fria já terminou e que Rússia e EUA devem resolver os problemas em conjunto.

O Presidente norte-americano pronunciou-se no mesmo sentido, defendendo que Washington e Moscovo devem encontrar formas para “cooperar em relação a interesses partilhados”.

A propósito, Putin disse que Moscovo está pronto para prolongar a colaboração com Washington ao nível dos serviços de informações em relação ao terrorismo e às ameaças cibernéticas. “Os nossos serviços especiais trabalham com muito sucesso”, disse.

Putin reafirmou mais uma vez que Moscovo nunca interferiu nas eleições dos EUA. O Presidente russo disse que a “designada interferência russa” nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016 foi evocada pelo seu homólogo dos EUA durante a cimeira.

“Tive de repetir que o Estado russo nunca interferiu e não tem intenções de interferir no processo eleitoral interno norte-americano”, disse.

A suposta interferência de Moscovo nas eleições dos Estados Unidos constava da agenda da reunião, assim como os conflitos na Síria e na Ucrânia e o desarmamento nuclear.

No início do encontro, o Presidente norte-americano tinha dito que esperava conseguir um relacionamento “extraordinário” com o seu homólogo russo. “Penso que teremos um relacionamento extraordinário (…). O bom entendimento com a Rússia é uma coisa boa, não uma coisa má”, declarou Trump, adiantando crer que “o mundo quer” que os dois se deem bem.

Os dois chefes de Estado reuniram-se no Palácio Presidencial em Helsínquia, no centro da capital finlandesa, que tem uma longa tradição no acolhimento de cimeiras Leste-Oeste.

“Estou muito satisfeito por o encontrar”, disse também o Presidente russo. “Chegou a altura de falar longamente, tanto das relações bilaterais como dos diferentes pontos de tensão no mundo e são bastantes para lhes prestarmos atenção”, assinalou ainda.

No final do encontro privado entre os dois líderes, para o qual a Casa Branca tinha previsto 90 minutos e acabou por durar mais de duas horas, Trump assinalou que ambos tiveram um “começo muito bom”.

Trata-se da quarta vez que Presidentes norte-americanos e russos se encontram na capital da Finlândia depois de Gerald Ford e Léonid Brejnev (1975), George Bush e Mikhail Gorbatchev (1990) e Bill Clinton e Boris Ieltsin (1997).

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Juventude Popular defende que corrupção deve prescrever apenas ao fim de 20 anos

A Juventude Popular (JP) preparou um conjunto de "propostas contra a corrupção" e defende que crimes como corrupção ativa e passiva devem prescrever ao fim de 20 anos. A Juventude Popular (JP) defende que crimes como …

EUA abrem "a cada 10 horas" uma nova investigação contra a China

O Departamento Federal de Investigação (FBI) dos Estados Unidos tem mais de duas mil investigações abertas relacionadas com o governo chinês e abre uma nova “a cada 10 horas”, disse o diretor da instituição ao …

São Miguel em Alto Risco a partir das 00h00 de sexta-feira

A ilha de São Miguel, nos Açores, entra oficialmente em situação de Alto Risco de contágio a partir da meia noite desta sexta-feira. A ilha de São Miguel, nos Açores, vai passar para o nível de …

Grupo de enfermeiros recorreu de queixa arquivada contra bastonária

O grupo de enfermeiros que tinha feito uma participação disciplinar contra a bastonária por causa de comentários nas redes sociais que consideram violadores dos deveres deontológicos, recorreu do arquivamento da queixa para o Tribunal Administrativo …

Myanmar. Junta militar retém familiares de soldados para impedir fugas

Um capitão, que desertou do exército birmanês para se juntar ao movimento de oposição ao golpe militar de fevereiro, acusou a junta militar de reter familiares de soldados para impedir deserções. Lin Htet Aung, que desertou …

NATO segue Estados Unidos e anuncia retirada de tropas do Afeganistão

O secretário-geral da NATO anunciou, esta quarta-feira, que as tropas da Aliança irão começar a sair do Afeganistão a 1 de maio, prevendo a retirada total do país nos meses que se seguirão. "Tendo em conta …

Matrículas poderão ser renovadas automaticamente nos anos de continuidade de ciclo

As matrículas para o próximo ano letivo dos alunos do ensino obrigatório poderão ser renovadas automaticamente nos anos de continuidade de ciclo, se não houver alterações substantivas, de acordo com um despacho publicado na quarta-feira. O …

NOS avança com providência cautelar contra alteração das regras do leilão 5G

A NOS vai avançar com uma providência cautelar contra a alteração das regras do leilão propostas pela ANACOM, no dia em que termina o prazo para as operadores responderem. Na última quinta-feira, no 60.º dia de …

França aprova lei que alarga poder da polícia apesar de críticas e manifestações

O parlamento francês aprovou hoje um projeto de lei sobre segurança que visa alargar os poderes da polícia, apesar das críticas de ativistas dos direitos civis, que temem que a legislação ameace os esforços para …

Bancos dos Emirados estão a congelar contas da família dos Santos

Os bancos dos Emirados Árabes Unidos estão a congelar os bens da família dos Santos e de pessoas a ela relacionadas, respondendo a um pedido da justiça angolana efetuado a 13 de abril, avançou a …