Trump quer os professores armados nas escolas para acabar com os tiroteios

Shawn Thew / EPA

Donald Trump, estudantes, professores, vítimas Parkland

Donald Trump encontrou-se com estudantes, professores e familiares das vítimas de Parkland

O Presidente dos Estados Unidos recebeu na Casa Branca professores, estudantes e familiares das vítimas do tiroteio da Florida.

Donald Trump sugeriu esta quarta-feira que armar professores poderia ser a solução no que toca a prevenir massacres como o de quarta-feira da semana passada quando, numa escola secundária da Florida, um rapaz de 19 anos, Nikolas Cruz, entrou armado e fez um saldo de 17 mortes.

Depois de se reunir com os sobreviventes do tiroteio, o Presidente disse: “Se tivéssemos um professor especialista em armas de fogo, o ataque poderia terminar muito rapidamente”. Donald Trump admitiu saber que a ideia seria controversa, segundo a Reuters.

Em semicírculo, no restaurante Estatal da Casa Branca, o Presidente dos Estados Unidos ouviu professores, familiares das vítimas e estudantes que exigem mudanças para que novos massacres não voltem a acontecer.

Trump comprometeu-se a tomar medidas para melhorar a verificação de antecedentes de quem adquire armas, avança a RT.

Na reunião participaram seis estudantes de Parkland, a escola que foi tomada de assalto por Nikolas Cruz que, com uma semi-automática AR-15, matou indiscriminadamente quem aparecia à sua frente.

Por fim, o Presidente assegurou a todos os participantes da reunião que a sua Administração trataria de fazer um “finca-pé” para melhorar as comprovações dos antecedentes e da saúde mental dos alunos num esforço para tornar as escolas mais seguras.

Este tiroteio foi o 18º numa escola dos Estados Unidos, só este ano, e o segundo mais mortífero, desde o de Sandy Hook, que aconteceu em 2012 e fez 26 mortos.

De acordo com a Everytown Research, que contabiliza tiroteios em escolas e universidades desde 2013, 291 tiroteios tiveram lugar em escolas dos EUA desde 2013, ou seja, uma média de um por semana.

Trump usou cábula para se lembrar de mostrar empatia com vítimas de tiroteio

Durante a reunião, Donald Trump segurou uma folha que acabou por ser fotografada pelos jornalistas presentes. A folha tinha 5 pontos, como “O que gostariam que soubesse sobre a vossa experiência?”, “O que podemos fazer para vos ajudar a sentirem-se seguros?”.

O ponto três e quatro são impercetíveis, mas o que está a captar a atenção é o ponto cinco. “I hear you“, lê-se no último ponto, que traduzido à letra, seria “eu ouço-vos”, mas a expressão poderá ser traduzida como “Compreendo-vos”.

De acordo com o Jornal de Notícias, vários meios de comunicação norte-americanos e utilizadores de redes sociais criticaram o Presidente por, aparentemente, precisar de ser lembrado de mostrar empatia para com as vítimas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Brilhante!…
    Mas, o que se podia esperar do Trampa?!…
    Controlar/diminuir o numero de armas?! Não; vender ainda mais!…
    É que está mais que “provado” que quantas mais armas existirem, menor é a probabilidade de haver tiroteios – not!!…
    Daqui a pouco está armar os médicos nos hospitais, o carteiros nas ruas, os bombeiros, etc, etc…
    Está-se mesmo a ver que é assim que aos EUA vão deixar de ser o país com maior numero de mortos por armas de fogo… ou não!…

  2. Fica a dúvida se este gajo é estúpido ou burro mesmo. Colocar professores armados nas escolas para acabar com os tiroteios, é como pôr as raparigas da escola a vender sexo para acabar com as violações.

  3. Eu acho que falta um detalhe nesta ideia! Então que tal armar os alunos (todos)? Que melhor proposta do que esta para evitar estes massacres?
    O paspalhaço que está na Casa Branca é o espelho da sociedade que representa! O Far West na sua plenitude!
    Lamentável!

  4. Este Trump na prática é apenas mais um dos muitos milhões de americanos defensores da utilização de armas por qualquer cidadão com a agravante que ele é o presidente dessa cambada de loucos que ainda não conseguiram entender que vão no caminho errado!.

RESPONDER

O titanossauro mais antigo do mundo foi descoberto na Patagónia

Ninjatitan zapatai viveu há aproximadamente 140 milhões de anos, no início do Cretáceo, na atual Patagónia, na Argentina. Segundo os cientistas, o novo espécime fóssil de tiranossauro pode ser o mais antigo do mundo. Com cerca …

Volvo prepara mudança estratégica e apresenta o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge

A marca de automóveis sueca apresentou o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge. O modelo representa mais um passo no caminho para a eletrificação total da Volvo, já que esta semana a marca …

Benfica 2-0 Estoril | Águia carimba presença na final

O Benfica venceu o Estoril Praia por 2-0, no Estádio da Luz, e apurou-se para a final da Taça de Portugal, a segunda consecutiva do emblema “encarnado”. Os comandados de Jorge Jesus confirmaram a superioridade …

Um reator nuclear pode ajudar a resolver o mistério do desaparecimento de Amelia Earhart

Uma equipa de investigadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos, vai submeter uma folha de alumínio velha e gasta a um feixe de partículas do coração de um reator nuclear na esperança de …

Musk quer criar uma nova cidade no local de lançamento da SpaceX. Vai chamar-se Starbase

O empresário norte-americano Elon Musk está a tentar criar uma nova cidade chamada Starbase nas instalações de lançamento da SpaceX no Texas, nos Estados Unidos. As instalações da SpaceX no Texas estão localizadas em Boca Chica …

Chatbots: A tecnologia que "ressuscita" os mortos é cada vez mais uma realidade

Foi recentemente revelado que em 2017 a Microsoft patenteou um chatbot que, se construído, ressuscitaria digitalmente os mortos. Usando Inteligência Artificial e machine learning, o chatbot proposto traria o nosso ente querido de volta à …

Casal acertou no jackpot de 210 milhões de euros do Euromilhões (mas não registou o boletim)

Dois jovens britânicos pensaram que tinham ganho 182 milhões de libras (cerca de 210 milhões de euros), mas afinal o boletim não tinha sido registado por falta de dinheiro na conta online. Rachel Kennedy, de 19 …

A Islândia foi atingida por 17 mil terramotos na semana passada (e uma erupção pode estar iminente)

Mesmo para uma ilha vulcânica acostumada a tremores ocasionais, esta foi uma semana incomum para a Islândia. De acordo com o Escritório Meteorológico da Islândia, cerca de 17 mil terramotos atingiram a região sudoeste de …

Mulheres portuguesas trabalham mais uma hora e 13 minutos que os homens

As mulheres portuguesas trabalham em cada dia útil mais uma hora e 13 minutos do que os homens, entre trabalho pago e não pago, continuando a ter maior dificuldade em conciliar a profissão com a …

Três sismos acima de 7 na escala de Richter abalam a Nova Zelândia. Autoridades alertam para tsunami

A costa nordeste da Nova Zelândia foi esta quinta feira atingida por três sismos de magnitude acima de 7 na escala de Richter. A proteção civil emitiu um alerta de tsunami após o primeiro terramoto, …