Trump pede ao ministro da Justiça para arquivar inquérito sobre ingerência russa

Gage Skidmore / Flickr

O procurador-geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions

O Presidente dos EUA pediu, esta quarta-feira, ao ministro da Justiça para pôr fim ao inquérito sobre a alegada ingerência russa nas Presidenciais de 2016.

Numa mensagem publicada no Twitter, Donald Trump afirmou que a investigação está minada por conflitos de interesses do procurador especial Robert Mueller e manipulada pelos seus adversários políticos.

“É uma situação terrível e o Procurador-Geral Jeff Sessions deve pôr fim a esta caça às bruxas viciada, antes que continue a manchar o nosso país”, escreveu.

O comentário de Trump foi feito um dia depois do início do julgamento do seu ex-diretor de campanha, Paul Manafort, acusado de fraude e branqueamento de capitais, o primeiro julgamento que resulta da investigação de Mueller sobre a ingerência russa na campanha.

O Presidente norte-americano afirmou também que o julgamento de Manafort “não tem nada a ver com conspiração“. “Paul Manafort trabalhou com Ronald Reagan, Bob Dole e muitos outros destacados e respeitados líderes políticos. Trabalhou para mim muito pouco tempo”, escreveu ainda.

Manafort foi contratado pela campanha em março de 2016, promovido a diretor de campanha em maio e demitiu-se em agosto. “Porque é que o Governo não me disse que ele estava a ser investigado? Estas acusações antigas não têm nada a ver com conspiração – uma farsa!”, escreveu Trump.

A administração Trump mantém uma relação tensa com Mueller desde que foi nomeado, em maio de 2017, para dirigir o inquérito às suspeitas de ingerência russa na campanha presidencial para favorecer o candidato republicano.

Mueller foi nomeado pelo procurador-geral adjunto, Rod Rosenstein, depois de Sessions se ter escusado a fazê-lo por poder vir a ser ele próprio chamado a testemunhar, o que acabou por ocorrer. Nesse sentido, Sessions não tem competência para arquivar o inquérito.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Se está preocupado em não “manchar o país”, o melhor que tem a fazer é deixar de usar as redes sociais e falar o mínimo possível (e sempre com recurso a declarações escritas pelos acessores)!

RESPONDER

Governo altera excecionalmente limite de idade para tratamentos de fertilidade

O Governo está a rever a norma para alterar, de forma excecional, o limite de idade das mulheres que querem aceder aos tratamentos de fertilidade no setor público. Na segunda-feira, o Jornal de Notícias tinha avançado …

Gana é o primeiro país a receber vacinas financiadas pelo Covax

O programa Covax já começou a fornecer as primeiras remessas de vacinas contra a covid-19. O Gana foi o primeiro país a receber doses. Gana deve receber o primeiro lote de vacinas contra o SARS CoV-2, …

"Como produtos de exportação". Filipinas querem trocar os seus enfermeiros por vacinas da Europa

As Filipinas estão a pedir ao Reino Unido e à Alemanha que forneçam centenas de milhares de vacinas contra a covid-19 em troca do envio de enfermeiros filipinos para ajudar na linha de frente da …

Despacho da ACT limita capacidade de intervenção dos inspetores do trabalho

Um despacho assinado pela inspetora-geral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) está a limitar a capacidade de intervenção dos inspetores. A notícia é avançada esta quarta-feira pelo Jornal de Negócios, que escreve que o …

Só muda o preâmbulo. Decreto do novo estado de emergência já seguiu para o Parlamento

O novo decreto do estado de emergência já seguiu para o Parlamento. Marcelo Rebelo de Sousa só mudou o preâmbulo do documento. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, publicou esta quarta-feira o decreto do …

Governo já está a desenhar um plano de desconfinamento. Rio quer desconfinar por regiões ou concelhos

Depois de uma primeira ronda de audiências, onde anunciou que o decreto do novo estado de emergência será igual ao da última quinzena, Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta quarta-feira, o Bloco de Esquerda, o …

Serviços de inteligência desvalorizaram ameaça de invasão ao Capitólio

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos subestimaram o perigo de invasão ao Capitólio, admitiram vários responsáveis durante uma audiência no Senado, realizada esta terça-feira. Depois da absolvição do antigo Presidente dos Estados Unidos, que estava …

Polícias que prestam serviço no 112 não recebem subsídio desde setembro

Os agentes e militares que fazem a triagem das chamadas do 112 não auferem a gratificação mensal pelo serviço prestado ao Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) desde setembro do ano passado. Segundo o Jornal de Notícias, …

Contrariando ordem judicial, Malásia deportou mais de mil pessoas para Myanmar

A Malásia entregou 1086 cidadãos que tinham fugido de Myanmar aos militares que organizaram o golpe de Estado de 01 de fevereiro, estando entre esses requerentes de asilo já registados oficialmente junto da Organização das …

Assassino da jornalista Daphne Caruana Galizia condenado a 15 anos de prisão

Vincent Muscat, um dos três homens acusados do assassínio, em outubro de 2017, da jornalista anticorrupção de Malta Daphne Caruana Galizia, foi condenado a uma pena de 15 anos de prisão pelo tribunal da La …